• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2012.tde-14012013-144646
Documento
Autor
Nome completo
Carla Santa Maria Marciliano Panobianco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Pinto, Ione Carvalho (Presidente)
Arcêncio, Ricardo Alexandre
Bulgarelli, Alexandre Favero
Título em português
Análise da satisfação profissional da equipe de enfermagem em uma unidade básica distrital de saúde de Ribeirão Preto-SP
Palavras-chave em português
Atenção Primária a saúde
Equipe de Enfermagem
Satisfação no Trabalho
Resumo em português
Trata-se de um estudo de corte transversal realizado em uma Unidade Distrital de Saúde de Ribeirão Preto-SP que teve como objetivo geral analisar a satisfação profissional das equipes de enfermagem do Ambulatório de Especialidades e do Pronto-Atendimento (PA) e como objetivos específicos: analisar o grau de importância dado a cada componente da satisfação profissional (autonomia, interação, status profissional, requisitos do trabalho, normas organizacionais e remuneração) para as equipes estudadas; analisar a satisfação profissional das equipes de enfermagem de uma Unidade Distrital de Saúde, com base em seus componentes. A população do estudo foi constituída de 23 profissionais da equipe de enfermagem do Ambulatório (05 Enfermeiros,10 Técnicos de Enfermagem e 08 Auxiliares de Enfermagem) e 20 profissionais da equipe de enfermagem do PA ( 06 Enfermeiros, 06 Técnicos de Enfermagem e 08 Auxiliares de Enfermagem). A coleta de dados foi realizada com a utilização do instrumento Índice de Satisfação Profissional (ISP), constituído de 15 questões pareadas que mediram a importância dos componentes de satisfação profissional para as equipes e uma escala tipo Likert de 44 itens que mediram o nível de satisfação profissional. Os dados obtidos por meio do questionário foram organizados, categorizados, codificados e digitalizados em planilha eletrônica do Microsoft Office® Excel 2007, sob a forma de banco de dados, seguindo a técnica da dupla digitação. Posteriormente foram processados no programa estatísticos Statistical Analisys System® (SAS) versão 9.1. A estatística descritiva foi utilizada para a caracterização e análise dos dados sociodemográficos das equipes de enfermagem do Ambulatório e PA. O escore do ISP foi obtido segundo instruções específicas fornecidas pela autora Stamps (1997b) no instrumento original e por Lino (1999), responsável pela tradução para a língua portuguesa, adaptação e validação do mesmo. Os resultados mostraram predominância do sexo feminino, sendo a média de idade de 45 anos no Ambulatório e 41 anos no PA. Após a eliminação de seis itens da escala total identificados como inconsistentes, o coeficiente Alfa de Cronbach indicou uma confiabilidade de 0,78 no Ambulatório, 0,66 no PA, demonstrando ser um instrumento confiável. Quanto ao nível de importância atribuída aos componentes da satisfação profissional, verificou-se que a equipe de enfermagem do Ambulatório considerou o componente Interação como o mais importante, seguido dos componentes Status Profissional, Requisitos do Trabalho, Normas Organizacionais, Remuneração e Autonomia. A equipe do PA considerou o componente Interação também como o mais importante, seguido dos componentes Status Profissional, Normas Organizacionais, Autonomia, Requisitos do Trabalho e Remuneração. Em relação ao nível de satisfação profissional, verificou-se que a equipe de enfermagem do Ambulatório estava mais satisfeita com o componente Interação, seguido dos componentes Autonomia, Remuneração, Requisitos do Trabalho, Normas Organizacionais e Status Profissional. Já no PA estavam mais satisfeitos com o componente Autonomia, seguido dos componentes Interação, Remuneração, Requisitos do Trabalho, Status Profissional e Normas Organizacionais. Os valos de ISP encontrados foram 8,29 para o ambulatório e 7,64 para o PA, evidenciando a pouca satisfação no ambiente do trabalho.
Título em inglês
Analysis of the Professional Satisfaction of the Nursing Team of a District Basic Health Unit of Ribeirão Preto-SP
Palavras-chave em inglês
Job Satisfaction
Nursing Team
Primary Healthcare
Resumo em inglês
This is a cross-sectional study conducted in a District Health Unit of Ribeirão Preto- SP, which aimed to analyze the professional satisfaction of the nursing team of the Specialty Outpatient Clinic and the Emergency Service (ES), with the specific aims: to analyze the degree of importance given to each professional satisfaction component (autonomy, interaction, professional status, work requirements, organizational policies and remuneration) by the teams studied; and to analyze the professional satisfaction of the nursing teams of a District Health Unit, based on the components. The study population consisted of 23 professionals of the Outpatient Clinic nursing team (05 Nurses, 10 Nursing Technicians and 08 Auxiliary Nurses) and 20 professional of the ES nursing team (06 Nurses, 06 Nursing Technicians and 08 Auxiliary Nurses). Data collection was performed using the Professional Satisfaction Index (PSI) instrument, consisting of 15 paired questions that measure the importance of the professional satisfaction components for the teams, and a Likert type scale of 44 items that measures the level of professional satisfaction. The data obtained through the questionnaire were organized, categorized, coded and digitalized into a Microsoft Excel® 2007 spreadsheet, in a database format, following the double entry technique. The statistical program Statistical Analysis System® (SAS) version 9.1 was subsequently used to process the data. Descriptive statistics were used for the characterization and analysis of the social-demographic data of the nursing teams of the Outpatient Clinic and the ES. The PSI score was obtained following specific instructions provided by the author Stamps (1997b) in the original instrument, and by Lino (1999), responsible for the Portuguese translation, adaptation and validation. The results showed a predominance of females, with a mean age of 45 years in the Outpatient Clinic and 41 years in the ES. After the elimination of six items from the total scale identified as inconsistent, the Cronbach's alpha coefficient indicated a reliability of 0.78 in the Outpatient Clinic and 0.66 in the ES, demonstrating the reliability of the instrument. Regarding the level of importance attached to the professional satisfaction components, it was found that the nursing team of the Outpatient Clinic considered the Interaction component to be the most important, followed by the Professional Status, Work Requirements, Organizational Standards, Remuneration and Autonomy components. The team of the ES also considered the Interaction component to be the most important, followed by the Professional Status, Organizational Standards, Autonomy, Work Requirements and Remuneration components. Regarding the level of professional satisfaction, it was found that the nursing team of the Outpatient Clinic was more satisfied with the interaction component, followed by the Autonomy, Remuneration, Work Requirements, Organizational Standards and Professional Status components. In the ES the team was more satisfied with the Autonomy component, followed by the Interaction, Remuneration, Work Requirements, Professional Status and Organizational Standards components. The PSI values found were 8.29 for the outpatient clinic and 7.64 to for the ES, evidencing the low satisfaction in the work environment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.