• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2013.tde-11062013-200401
Documento
Autor
Nome completo
Juliane de Almeida Crispim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Arcêncio, Ricardo Alexandre (Presidente)
Pinto, Ione Carvalho
Protti, Simone Teresinha
Título em português
O agente comunitário de saúde no controle da tuberculose em duas modalidades de Atenção Primária à Saúde no município de Ribeirão Preto/SP.
Palavras-chave em português
Agentes Comunitários de Saúde
Atenção Primária à Saúde.
Tuberculose
Resumo em português
O diagnóstico precoce da tuberculose é uma das prioridades do Plano Nacional de Controle da Tuberculose, sendo que nas visitas domiciliares dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) está prevista a detecção de casos entre sintomáticos respiratórios e contatos. Dada a importância deste ator no controle da doença, este estudo teve como objetivo analisar o desempenho do ACS no controle da tuberculose em duas modalidades de Atenção Primária à Saúde (APS). Trata-se de um estudo descritivo exploratório de corte transversal realizado no período de junho de 2009 a janeiro de 2010 com 39 ACS da Estratégia Saúde da Família (ESF) e 69 ACS da Unidade Básicas de Saúde (UBS) do município de Ribeirão Preto/SP. A coleta de dados ocorreu mediante a observação da estrutura das unidades de saúde investigadas (roteiro observacional) e por meio de entrevistas direcionadas aos ACS (instrumento com escala Likert de resposta). O plano analítico se deu em dois momentos, inicialmente procedeu à análise descritiva e bivariada, e posteriormente a Análise de Correspondência Múltipla (ACM). Os escores médios das respostas dos entrevistados aos itens do instrumento que continham escala Likert, foram analisados como insatisfatório (valores próximos de 1 e 2), regular (próximo de 3) e satisfatório (próximos de 4 e 5). De acordo com a observação, as modalidades de APS apresentaram fragilidades em relação à estrutura para consecução das ações de controle da tuberculose pelo ACS como ausência de insumos para detecção dos casos da doença, falta de rotina sistematizada e de profissionais responsáveis pelas ações de controle da tuberculose. No julgamento dos ACS, identificaram-se escores satisfatórios relacionados à capacitação e ao preparo dos mesmos para a realização de tais ações. Com relação ao desempenho do ACS, notou-se diferença com significância estatística na investigação dos comunicantes no domicílio, sendo que os ACS inseridos nas UBS questionam mais a presença de tosse entre os comunicantes quando comparados àqueles inscritos nas ESF. Observou-se em ambas as modalidades de APS, escores satisfatórios em relação à identificação de sintomáticos respiratórios na visita domiciliar, a participação dos ACS em discussões sobre a tuberculose na equipe e ao apoio institucional ofertado frente a uma situação de suspeita da doença, e escores insatisfatórios relacionados às ações desenvolvidas pelo ACS na comunidade. Na ACM identificou-se a correspondência entre as ações de controle da tuberculose e a interação dos ACS com a equipe, independente da modalidade de APS, na qual eles se inserem. Ao se cotejarem os resultados obtidos, aponta-se para a necessidade de mudanças no processo de trabalho, consubstanciadas pela qualificação, valorização e motivação do ACS. No que tange às fragilidades que fogem à sua governabilidade, cabe à gestão municipal apoiar dispositivos institucionais para produção em saúde condizente com a complexidade epidemiológica e social da tuberculose.
Título em inglês
The Community Health Agent in tuberculosis control in two Primary Health Care modes in Ribeirão Preto/SP.
Palavras-chave em inglês
Community Health Workers
Primary Health Care.
Tuberculosis
Resumo em inglês
The early diagnosis of tuberculosis is one of the priorities in the National Tuberculosis Control Plan. Home visits by Community Health Workers (CHW) are expected to include case detection among respiratory symptomatics and contacts. Given the importance of these agents in disease control, this study was aimed at analyzing the performance of CHW in tuberculosis control in two Primary Health Care (PHC) modalities. A descriptive and exploratory cross-sectional study was carried out between June 2009 and January 2010, involving 39 CHW from the Family Health Strategy (FHS) and 69 CHW from Primary Health Care Units in Ribeirão Preto, a city in São Paulo State, Brazil. Data were collected by observing the structure of the health units under analysis (observational script) and through interviews with the CHW (instrument with a Likert-type response scale). Analysis involved two phases. Initially, descriptive and bivariate analysis was applied, followed by Multiple Correspondence Analysis (MCA). The interviewees' mean answer scores to the instrument items that contained a Likert scale were analyzed as unsatisfactory (scores close to 1 and 2), regular (close to 3) and satisfactory (close to 4 and 5). According to the observation, the PHC modalities revealed weaknesses in their structure to allow the CHW to practice tuberculosis control actions, such as lack of inputs to detect cases of the disease, lack of a systemized routine and of professionals responsible for tuberculosis control actions. According to the CHW, satisfactory scores were identified regarding their training and preparation to accomplish these actions. Concerning the CHW' performance, a statistically significant difference was observed in the investigation of communicants at home, with the CHW working at Primary Health Care Units inquiring further about the presence of cough among communicants when compared to those working in FHS. In both PHC modalities, satisfactory scores were observed for the identification of respiratory symptomatics during home visits, the CHW' participation in tuberculosis discussions in the team and the institutional support offered when the presence of the disease was suspected, against unsatisfactory scores for the CHW' actions in the community. In the MCA, correspondence was identified between tuberculosis control actions and the CHW' interaction with the team, independently of the PHC modality. The comparison of the results obtained reveals the need for changes in the work process, in the form of qualification, valuation and motivation of the CHW. Regarding the weaknesses they have no control over, municipal managers are responsible for supporting institutional devices to produce health in accordance with the epidemiological and social complexity of tuberculosis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-06-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.