• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2007.tde-08102007-140116
Documento
Autor
Nome completo
Claudia Rios Cataño
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Clapis, Maria Jose (Presidente)
Haas, Vanderlei José
Parada, Cristina Maria Garcia de Lima
Título em português
Gravidez na adolescência: análise de resultados nutricionais, obstétricos e neonatais
Palavras-chave em português
estado nutricional
gravidez na adolescência
recém nascido
Resumo em português
A Gravidez na adolescência é um serio problema de saúde pública. No Brasil, cerca de 20% dos partos são de mães adolescentes, sendo que a maioria delas não conta com condições financeiras nem emocionais para assumir a maternidade. Considerando que a condição clínica e nutricional da gestante pode interferir nos resultados obstétricos, perinatais e clínicos dos recém-nascidos (RNs), o objetivo deste estudo foi analisar o estado nutricional, os resultados obstétricos e os parâmetros clínicos dos RNs de mães adolescentes, atendidas para resolução da gravidez na MATER- Maternidade do Complexo Aeroporto, no ano de 2005. Trabalhou-se na abordagem quantitativa, retrospectiva, com o levantamento de 585 prontuários. As analises foram realizadas empregando-se o programa SPSS, versão 15.0. As variáveis qualitativas foram analisadas por freqüências simples e medidas de associação; para as quantitativas, foram calculadas medidas de tendência central e dispersão ou variabilidade; nas associações bivariadas, utilizaram-se tabelas de contingência, bem como o coeficientes d de Sommer; na análise multivariavel, empregou-se o modelo de regressão logística múltipla por dicotomização dos desfechos de interesse. Encontrou-se que 46% das mães adolescentes finalizam a gravidez com baixo peso, 22,6% com sobrepeso e obesidade, e somente 36,4% com peso normal. Quanto ao tipo de parto, a maior incidência foi de parto vaginal (78,8%); também se observou que 93,5% das gravidezes foram a termo. Identificou-se 3,9% dos RNs com baixo peso e 98,6% dos casos com Apgar normal ao quinto minuto. Nas associações, encontrou-se relação fraca, estatisticamente significativa, entre o peso da mãe e o perímetro cefálico, estatura e peso do RN (? = 0,05). Na regressão logística multivariavel observou-se que o parto vaginal exerce um efeito protetor no risco de asfixia para um nível ? = 0,05 no apgar do quinto minuto (RC = 0,268), reduzindo o risco de asfixia em 70%. Concluiu-se que a idade materna, de forma isolada, não determina o comportamento obstétrico. A orientação nutricional é um aspecto determinante para o desenvolvimento satisfatório de mãe e criança.
Título em inglês
Teen pregnancy: analysis of the nutritional, obstetric and neonatal results
Palavras-chave em inglês
newborn
nutritional state
pregnancy
Resumo em inglês
Teen Pregnancy is a serious public health problem. In Brazil, 20% of births come from adolescent mothers and majority of them don't have financial or emotional conditions to take on maternity. Considereing that the clinical and nutritional condition of the mother may impact the obstetric results, prenatal and health of newborns (NBs), the objective of this study was to analyze the nutritional, obstetric results and clinical conditions of the teen mothers and their NBs comming from pregnancy resolution at MATER - Maternidade do Complexo Aeroporto, in 2005. This research is based on a retrospective review of 585 medical records and the statistical analysis undertook the SPSS programme, version 15.0. The qualitative variables were presented in simple frequency and contingency tables; measures of central tendency and variability were used for quantitative variables. The bivariate association was described by the Sommer d coeficient and the multivariable analysis included logistic regression modelling. The result indicates that 46% of the teen pregnant mothers were below normal weight, 22,6% were overweight and obese, and only 36,4% of the teen mothers were of normal weight. The prevaling method of birth was vaginal birth (78,8%); furthermore, among the vaginal birth cases, 93,5% of pregnancies went to full term. About 3,9% of the newborns were below normal weight. 98,6% of the cases had normal Apgar at 5 minute. A weak and statistically significant correlation was found between the mothers' weight and the newborns' cephalic perimeter, height and weight ( p? 0,05). It was observed that vaginal birth has a protecting effect on asfixia risk (? = 0,1) at 5 minute apgar (OR = 0,268) reducing it to 70%. It was concluded that isolated maternal age doesn't determine obstetric behavior. Nutrition is a determining aspect for a mother and child's development.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RiosCatanoClaudia.pdf (1,023.90 Kbytes)
Data de Publicação
2007-10-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.