• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2014.tde-07012015-141025
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Sterci da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Fortuna, Cinira Magali (Presidente)
Pereira, Maria José Bistafa
Silva, Eliete Maria
Título em português
O processo de trabalho do enfermeiro  na supervisão ao agente comunitário de saúde em equipes de Saúde da Família
Palavras-chave em português
Agentes Comunitários de Saúde
Atenção Primária à Saúde
Programa Saúde da Família
Supervisão de Enfermagem
Resumo em português
Este estudo teve como objetivo analisar o processo de supervisão de enfermeiros na ESF aos agentes comunitários de saúde, buscando analisar as concepções desses profissionais, suas práticas e identificar a presença de escapes e interjogo no cotidiano da supervisão. O estudo teve por referencial teórico o processo de trabalho e as relações de poder. Trata-se de um estudo qualitativo, que teve como estratégias de coleta de dados: entrevista, observação sistemática e grupo focal entre os meses de junho a setembro de 2013. Foram realizadas dezoito entrevistas com enfermeiros de ESF pertencentes à uma região de saúde do estado de Goiás, 80 horas de observação sistemática em duas ESF e dois encontros de grupo focal com Agentes comunitários de saúde em um dos municípios da região estudada escolhidos por conveniência. Após transcrição, o material empírico resultou em trezentas e dezenove páginas. Este material foi submetidos à Analise de Conteúdo Temática, e após a categorização e triangulação dos dados foram identificadas as seguintes categorias: 1. "Concepções sobre supervisão", 2. "Dia a dia da supervisão" e 3. "Interjogo no trabalho da supervisão. Entre os resultados há predomínio da concepção de controle e fiscalização em relação a supervisão realizada, principalmente, por meio de instrumentos impressos e visitas domiciliares, constituindo relações verticalizadas e impositivas. Identificamos também nas concepções dos enfermeiros a tentativa realização da supervisão como um processo que busca fazer junto e com a perspectiva educativa. Os ACS entendem a supervisão como controle do acompanhamento das famílias e compreendem a vertente educativa como base do trabalho do supervisor. Enquanto prática, percebe-se que o enfermeiro realiza a supervisão com mais ênfase na ação fiscalizadora e controladora, não se evidenciou a tendência educativa como verbalizado nas entrevistas. No cotidiano do trabalho, existem relações fragilizadas, conflituosas e distanciadas entre enfermeiros e ACS. A gestão de saúde local influencia na forma como a supervisão é realizada e o uso do poder politico partidário foi discutido e observado. Sobre os escapes e o interjogo na supervisão, percebemos que enfermeiros e ACS utilizam de seu autogoverno para conformar suas práticas e para "fugir" do controlar e do ser controlado. Concluímos que a supervisão realizada não proporciona as mudanças pretendidas pela ESF, e que os trabalhadores estruturam sua atuação pautadas no modelo de atenção à saúde médico centrado.
Título em inglês
Nursing's work process in supervising community health's agent in teams of Family Health Program
Palavras-chave em inglês
Community Health Workers
Family Health Program
Nursing
Primary Health Care
Supervisory
Resumo em inglês
This study aimed to analyze supervision's process of registered nurses in FHP (Family Health's Program) to community health workers, trying to analyze the conceptions of these professionals, their practices and identify the presence of leaks and interplay in everyday supervision . The study had as theoretical framework the process of work and its power in relationships. This is a qualitative study, which had as data collection strategies: interviews, systematic observation and focus group from the month of June to September 2013.Eighteen interviews with FHP nurses who belong to the state of Goiás were performed, 80 hours of systematic observation in two FHPs and two focus group meetings with community health agents in one of the municipalities of the study area chosen for convenience. After transcription, the empirical data resulted in three hundred and nineteen pages. This material was subjected to thematic content analysis, and after categorization and triangulation of data the following categories were identified: 1. "Conceptions of supervision," 2. "Day to day supervision" and 3. "Interplay in the work of supervision. Among the results are prevailing notion of control and inspection in relation to the supervision performed, mainly through printed instruments and home visits, being vertically integrated and imposed relations. We also identify the conceptions of nurses attempting the supervision's realization as a process which seeks to work together and with the educational perspective. FHP understand supervision as control and monitoring of families and understand the educational component as the basis of supervisor job. As practice, we realize that the nurse execute supervision with more emphasis on supervisory and controlling action, no evidence of the educational trend as voiced in interviews were identified. In daily work, there are fragile, conflicted and distant relationships between nurses and FHPs. The management of local health influences the way in which supervision is carried out and the use of partisan political power was observed and discussed. About the leaks and the interplay supervision, we realize that nurses and FHPs use their self-government to conform their practices to "escape" the action of control and being controlled. We conclude that monitoring does not provide the changes required by the FHP, and that workers structure their activities guided in the medical-centered health care model.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
JULIANASTERCIDASILVA.pdf (750.26 Kbytes)
Data de Publicação
2015-01-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.