• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2014.tde-06022015-183542
Documento
Autor
Nome completo
Diene Monique Carlos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Maria das Graças Bomfim de (Presidente)
Marques, Walter Ernesto Ude
Padua, Elisabete Matallo Marchesini de
Silva, Lygia Maria Pereira da
Silva, Marta Angélica Iossi
Título em português
O cuidado em rede a famílias envolvidas na violência doméstica contra crianças e adolescentes - o olhar da Atenção Básica à Saúde
Palavras-chave em português
Adolescente
Atenção Primária à Saúde
Criança
Família
Rede Social
Violência Doméstica
Resumo em português
A violência envolvendo crianças e adolescentes tem se apresentado nas últimas décadas com tal gravidade e frequência, que diferentes esferas da sociedade têm se mobilizado para o desenvolvimento de conhecimentos que enfrentem esta problemática. A especificidade encontrada no que se refere ao local de maior ocorrência destes incidentes - o espaço sagrado do lar - e à repetição com que estes atos ocorrem, torna este fenômeno ainda mais complexo, e de difícil intervenção para todos os profissionais envolvidos no cuidado à criança e ao adolescente. Pelo significativo papel que a Atenção Básica à Saúde (ABS) possui no cuidado a essa população e a suas famílias, o objetivo deste estudo foi contribuir para a compreensão do cuidado em rede às famílias envolvidas na violência doméstica contra crianças e adolescentes (VDCCA), estruturado a partir da ABS, sob a ótica de profissionais dos Centros de Saúde do município de Campinas, estado de São Paulo. Para apreender o objeto de estudo proposto, a autora aproximou-se do Paradigma da Complexidade, tomando como referência Edgar Morin, um de seus principais autores. Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa, configurando-se como pesquisa social estratégica, fundamentada no pensamento complexo. Este referencial possibilita um olhar para as interações e contextos com a perspectiva transdisciplinar e multidimensional, buscando abarcar a realidade como se apresenta. Participaram do estudo 41 profissionais de cinco Centros de Saúde do município de Campinas, cada qual pertencente a um de seus cinco Distritos de Saúde. A coleta de dados foi realizada por meio de mapas mínimos da rede social institucional externa, grupos focais e entrevistas semiestruturadas. As noções de compreensão e contextualização direcionaram a análise dos dados, bem como os princípios dialógico, recursivo e hologramático, por meio dos quais os dados coletados foram articulados com o referencial proposto. Emergiram duas temáticas: (1) O lugar da VDCCA na ABS, com as subcategorias: (a) "A gente faz parte da população da onde a gente trabalha" - O(s) território(s) na atenção básica à saúde de famílias envolvidas na VDCCA e (b) "A gente só faz o que é indispensável mesmo" - A atenção básica à saúde das famílias envolvidas na VDCCA; e (2) "Cada um dentro do seu quadradinho" - o(s) nós do cuidado em rede. Considerando a complexidade do cuidado em rede a famílias envolvidas na VDCCA, e o(s) território(s) onde ela ocorre, que guardam estreita relação com o contexto da ABS, compreendeu-se a necessidade de superação do ainda vigente paradigma tradicional, centrado no modelo biomédico e fragmentado, para um cuidado transdisciplinar, interinstitucional e intersetorial, implicando novas (trans)formações no "saber-fazer" o cuidado de famílias envolvidas na VDCCA
Título em inglês
The in-network care for families involved in domestic violence against children and adolescents: the perspective of Primary Health Care professionals
Palavras-chave em inglês
Adolescent
Child
Domestic violence
Family
Primary Health Care
Social network
Resumo em inglês
Violence involving children and adolescents has been occurring with such severity and frequency that different spheres of society are mobilizing to develop knowledge to tackle this problem. The frequency and specificity of the place in which such violent incidents occur (i.e. the sacred space of the home) make this phenomenon even more complex, hindering interventions by professionals involved in the healthcare provided to children and adolescents. Considering the significant role that Primary Health Care (PHC) plays in caring for this population and the families involved, this study aimed to contribute to the understanding of the care provided by the healthcare network to families involved in domestic violence against children and adolescents (DVACA) from the perspective of the health professionals of the Health Centers of the city of Campinas in the State of São Paulo (SP). In order to grasp the study object, we established a research strategy within qualitative social research. This approach was based on the principles of the complexity paradigm, proposed mainly by Edgar Morin. This theoretical framework provides interdisciplinary and multidimensional views of the context and interactions addressed in this study, seeking to address the context as it appears. The study included 41 professionals from five Community Health Centers in the city of Campinas, each belonging to a different Health District. Data collection was performed by means of minimum maps of relationships of the external social institutional network, focus groups and semi- structured interviews. The collected data were contextualized and analyzed on the basis of the complexity paradigm and its dialogic, recursive and holographic principles. Two themes emerged from these analyses: (1) the place that DVACA occupies in PHC services; this theme was further divided into two subcategories: (a) "We are part of the population we serve" - the areas covered by primary health care units, and (b) "We do only what is necessary" - the adequacy of the PHC care provided to families involved in DVACA. The second theme was "Every jack to his trade" - the barriers to in-network health care services. Data analysis indicated a close correlation between the complexity of the support provided to families involved in DVACA in the primary care network setting, the location of such occurrences, and the current PHC context. Thus, it has become evident that the traditional paradigm currently adopted (the fragmented biomedical model) should be overcome by transdisciplinary, inter-agency and inter-sectorial approaches. These changes entail new transformations in the professional know-how on caring for families involved in DVACA
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.