• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
10.11606/T.22.2016.tde-04032016-194703
Document
Auteur
Nom complet
Valéria de Cássia Sparapani
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Ribeirão Preto, 2015
Directeur
Jury
Nascimento, Lucila Castanheira (Président)
Dupas, Giselle
Liberatore Junior, Raphael Del Roio
Petry, Arlete dos Santos
Titre en portugais
Um jogo feito pra mim: estrutura conceitual para o desenvolvimento de videogames para crianças com diabetes mellitus tipo 1
Mots-clés en portugais
Comportamentos saudáveis
Criança
Diabetes Mellitus Tipo 1
Enfermagem pediátrica
Videogames
Resumé en portugais
O diabetes mellitus tipo 1 é uma doença crônica que afeta principalmente a população infantojuvenil, e a sua incidência tem aumentado em todo o mundo. Diversos são os desafios enfrentados por essas crianças para o alcance do adequado manejo da doença. A não adesão ao tratamento e a escassez de intervenções estruturadas para essa clientela configuram a necessidade do desenvolvimento de novas estratégias educativas que sejam criativas, interativas e pautadas na valorização das suas necessidades e preferências. Nesse âmbito, os videogames têm surgido como estratégias educativas capazes de incorporar essas necessidades e promover a mudança positiva de comportamentos inadequados. Embora a literatura aponte o potencial uso dos videogames no suporte do manejo de doenças crônicas, registra-se a preocupação crescente sobre qual a melhor forma de desenvolver essas estratégias. A integração de princípios teóricos e metodológicos é recomendada, porém pouco descrita e explorada nos estudos. Este estudo objetiva desenvolver uma estrutura conceitual para fundamentar o desenvolvimento de videogames para crianças com diabetes mellitus tipo 1. Trata-se de um estudo metodológico que descreve os passos para o desenvolvimento dessa estrutura conceitual, considerando as Teorias de Mudança de Comportamentos em Saúde e a abordagem centrada no usuário como referenciais teóricos e metodológicos, respectivamente. Realizou-se estudo descritivo e transversal, de natureza quantitativa, para o levantamento do perfil das crianças e adolescentes com diabetes mellitus tipo 1, usuários de um hospital público do interior paulista, para conhecer com mais propriedade os futuros usuários do videogame. Em seguida, foram realizados dois ciclos de grupos focais, totalizando 11 grupos, com a participação de 21 crianças entre 7 e 12 anos. Realizou-se análise de conteúdo dedutiva e indutiva desses dados e elaborou-se a categoria central "Um jogo feito pra mim". Identificamos preferências quanto aos jogos de videogames e também as necessidades de aprendizagem relacionadas ao conhecimento sobre a doença e aquelas relativas às tarefas de autocuidado e, com isso, comportamentos inadequados dessas crianças. As crianças elencaram suas preferências quanto ao desenho de um videogame voltado para elas, com foco nos resultados identificados previamente. A seguir, relacionamos os resultados obtidos com os determinantes de mudanças de comportamentos em saúde e descrevemos, para cada um, suas influências no comportamento das crianças. Finalmente, a estrutura conceitual foi desenvolvida, mediante os passos cumpridos anteriormente, com base nas Teorias de Mudança de Comportamentos em Saúde e seus determinantes. A estrutura conceitual propõe um videogame que contempla seis fases, cada qual abordando um estágio de mudança de comportamento e determinantes específicos, alinhados às necessidades e preferências identificadas junto às crianças participantes. Apresentamos a aplicabilidade dessa estrutura, considerando cada fase proposta. Os resultados deste estudo contribuem para o avanço nas discussões de como as teorias de mudança de comportamento e seus determinantes devem estar relacionados ao desenho de tecnologias interativas. Ainda, este estudo auxilia pesquisas futuras cujos objetos de estudo sejam o desenvolvimento de videogames, para crianças com diabetes, que sejam agentes de mudanças e ao mesmo tempo criativos e divertidos
Titre en anglais
"A game made for me": conceptual framework for the development of videogames for children with type 1 diabetes mellitus
Mots-clés en anglais
Child
Healthy behaviors
Pediatric nursing
Type 1 Diabetes Mellitus
Videogames
Resumé en anglais
Type 1 diabetes mellitus is a chronic illness that mainly affects the child-juvenile population, and its incidence has increased all over the world. These children face different challenges to achieve the appropriate management of the disease. Non-compliance with the treatment and the lack of structured interventions for these clients entail the need to develop new educational strategies that are creative, interactive and based on the valuation of their needs and preferences. In that context, videogames have emerged as educational strategies capable of incorporating these needs and promoting positive change in inappropriate behaviors. Although the literature appoints the potential use of videogames to support the management of chronic illnesses, there is growing concern with the best way to develop these strategies. The integration of theoretical and methodological principles is recommended, but hardly described and explored in research. This study aims to develop a conceptual framework to support the development of videogames for children with type 1 diabetes mellitus. A methodological study was undertaken that describes the steps for the development of this conceptual framework, in view of the Health Behavior Change Theories and the User- Centered Design approach as theoretical and methodological frameworks, respectively. A descriptive and cross-sectional quantitative study was developed to survey the profile of children and adolescents with type 1 diabetes mellitus, who attend a public hospital in the interior of the State of São Paulo, so as to get to know the future videogame users more properly. Next, two cycles of focus groups were held, totaling 11 groups, in which 21 children between 7 and 12 years participated. These data were subject to deductive and inductive content analysis and a central category was elaborated named "A game made for me". We identified preferences regarding the use of videogames, as well as the learning needs related to the knowledge on the disease and to the self-care tasks and, thus, these children's inappropriate behaviors. The children listed their preferences for the design of a videogame aimed at them, focused on the previously identified results. Next, we relate the results obtained with the determinants of health behavior changes theories and we describe, for each of them, their influences on the children's behavior. Finally, the conceptual framework was developed through the steps developed earlier, based on the Health Behavior Changes Theories and their determinants. The conceptual framework proposed a videogame that consists of six phases, each of which addresses one stage of behavior change and specific determinants, aligned with the needs and preferences identified among the participating children. We present the applicability of this framework in view of each phase proposed. The results of this study contribute to advance in the discussions on how the behavioral theories and their determinants should be related to the design of interactive technologies. In addition, this study supports future studies aimed at developing videogames for children with diabetes, to serve as agents of change and, at the same time, be creative and funny
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2016-03-23
 
AVERTISSEMENT: Le matériau se réfère à des documents provenant de cette thèse ou mémoire. Le contenu de ces documents est la responsabilité de l'auteur de la thèse ou mémoire.
  • Nascimento, Lucila Castanheira, et al. DIABETES MELLITUS TIPO 1: EVIDENCIAS DA LITERATURA PARA SEU MANEJO ADEQUADO, NA PERSPECTIVA DE CRIANÇAS [doi:10.1590/S0080-62342011000300031]. Revista da Escola de Enfermagem da USP [online], 2011, vol. 45, p. 764-769.
  • Oliveira de, Beatriz Rosana Gonçalves, et al. Entrevista: técnica de coleta de dados em pesquisas qualitativas com crianças conduzidas por enfermeiros [doi:10.1590/S0034-71672010000200020]. Revista Brasileira de Enfermagem [online], 2010, vol. 63, p. 300-306.
  • Sparapani, Valéria de Cássia, et al. A criança com diabetes mellitus tipo 1 e seus amigos: a influência desta interação no manejo da doença [doi:10.1590/S0104-11692012000100016]. Revista Latino-Americana de Enfermagem (USP. Ribeirão Preto. Impresso) [online], 2012, vol. 20, p. 117-125.
  • Sparapani, Valéria de Cássia, et al. The use of puppets as a strategy for communicating with children with type 1 diabetes mellitus (vinculado à dissertação). Journal of Nursing Education and Practice , 2014.
  • Sparapani, Valéria de Cássia, e Nascimento, Lucila Castanheira. Crianças com diabetes mellitus tipo 1: fortalezas e fragilidades no manejo da doença [doi:10.4025/cienccuidsaude.v8i2.8211]. Ciência, Cuidado e Saúde [online], 2009, vol. 8, p. 274-279.
  • Sparapani, Valéria de Cássia, e Nascimento, Lucila Castanheira. Recursos Pedagógicos para a Educação de Crianças com Diabetes Mellitus Tipo 1. Saúde & Transformação Social / Health & Social Change, 2010, vol. 1, p. 113-119.
  • Sparapani, Valéria de Cássia, Jacob, Eufemia, e Nascimento, Lucila Castanheira. What is It like to be a child with type 1 diabetes mellitus. Pediatric Nursing, 2014.
  • SPOSITO, A. M. P., et al. ESTRATÉGIAS LÚDICAS DE COLETA DE DADOS COM CRIANÇAS COM CÂNCER: REVISÃO INTEGRATIVA (vinculado à dissertação de mestrado). Revista Gaúcha de Enfermagem (UFRGS. Impresso), 2013, vol. 34, p. 187-195.
  • Amaral, Mariana Junco, et al. Diabetes mellitus 1: evidências da literatura para seu adequado manejo, na perspective de crianças. In III Congresso Brasileiro de Enfermagem Pediátrica e Neonatal e XVI Encontro Catarinense de Enfermagem Pediátrica, Florianópolis, 2009. III Congresso Brasileiro de Enfermagem Pediátrica e Neonatal e XVI Encontro Catarinense de Enfermagem Pediátrica., 2009. Resumo.
  • Amaral, Mariana Junco, Sparapani, Valéria de Cássia, e Nascimento, Lucila Castanheira. Crianças e adolescentes com diabetes mellitus tipo 1: fortalezas e fragilidades no manejo da doença. In 16º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - SIICUSP, Ribeirão Preto, 2008. Anais - 16º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.São Paulo : Universidade de São Paulo, 2008. Resumo.
  • ANDRADE, R. C., Sparapani, Valéria de Cássia, e NASCIMENTO, L. C. Type 1 diabetes mellitus management in school: chirldren's opinion. In VIII Conference Global Network of Who Collaborating Centres for Nursing & Midwifery, São Paulo, 2010. VIII Conference Global Network of Who Collaborating Centres for Nursing & Midwifery., 2010. Resumo.
  • MICA, T. M., Sparapani, Valéria de Cássia, e NASCIMENTO, L. C. Interviewing children in qualitative research: using puppets. In VIII Conference Global Network of Who Collaborating Centres for Nursing & Midwifery, São Paulo, 2010. VIII Conference Global Network of Who Collaborating Centres for Nursing & Midwifery., 2010. Resumo.
  • Oliveira de, Beatriz Rosana Gonçalves, et al. A entrevista como técnica de coleta de dados em pesquisas com crianças e adolescentes realizadas por enfermeiros. In 60º Congresso Brasileiro de Enfermagem - CBEn: Espaço de Cuidado, Espaços de Poder: Enfermagem e Cidadania, Belo Horizonte, 2008. Anais do 60º Congresso Brasileiro de Enfermagem - CBEn: Espaço de Cuidado, Espaços de Poder: Enfermagem e Cidadania.Belo Horizonte : Associação Brasileira de Enfermagem - Seção MG, 2008. Resumo.
  • SILVA, R.L.F., et al. A percepção das necessidades de aprendizagem entre crianças sobre o manejo do diabetes mellitus tipo 1. In 18º Congresso Brasileiro Multidisciplinar em Diabetes, São Paulo - SP, 2013. 18º Congresso Brasileiro Multidisciplinar em Diabetes: traduzindo a atualização científica para a prática.São Paulo : Associação Nacional de Assistência ao Diabético, 2013. Resumo.
  • SILVA, R.L.F., et al. Necessidades de aprendizagem para o manejo do diabetes Mellitus tipo I na percepção da criança. In I Simpósio de Humanização e VII Encontro de Humanização da Cia do Riso, Ribeirão Preto, 2012. Resumo dos Anais do I Simpósio de Humanização e VII Encontro de Humanização da Cia do Riso., 2012. Resumo.
  • Sparapani, Valéria de Cássia, et al. A utilização de fantoches como estratégia de comunicação com crianças com diabetes mellitus tipo 1 em pesquisa qualitativa. In III Congresso Brasileiro de Enfermagem Pediátrica e Neonatal e XVI Encontro Catarinense de Enfermagem Pediátrica, Florianópolis, 2009. III Congresso Brasileiro de Enfermagem Pediátrica e Neonatal e XVI Encontro Catarinense de Enfermagem Pediátrica., 2009. Resumo.
  • Sparapani, Valéria de Cássia, e Nascimento, Lucila Castanheira. Crianças e adolescentes com diabetes mellitus tipo 1: fortalezas e fragilidades no manejo da doença. In Congresso Brasileiro de Ensino e Pesquisa em Saúde da Criança e do Adolescente, Rio de Janeiro, 2008. Revista da Sociedad de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro.Rio de Janeiro : Sociedad de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro, 2008. Resumo.
  • Sparapani, Valéria de Cássia, Oliveira, S.C., e NASCIMENTO, L. C. Grupo Operativo com crianças e adolescentes com diabetes mellitus tipo 1 e seus cuidadores: relato de experiência. In 18º Congresso Brasileiro Multidisciplinar em Diabetes, São Paulo, 2013. Anais do 18º Congresso Brasileiro Multidisciplinar em Diabetes., 2013. Resumo.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2018. Tous droits réservés.