• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2018.tde-03072018-152421
Documento
Autor
Nome completo
Thais Zamboni Berra
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Arcêncio, Ricardo Alexandre (Presidente)
Palha, Pedro Fredemir
Chiaravalloti Neto, Francisco
Serpa, Carla do Rosário Delgado Nunes de
Título em português
Áreas de risco de mortes por tuberculose e sua relação com a vulnerabilidade social em município do nordeste do Brasil
Palavras-chave em português
Análise espacial
Mortalidade
Tuberculose
Vulnerabilidade Social
Resumo em português
Introdução: A Tuberculose é a primeira causa de morte por doença infecciosa no mundo e sua relação direta com a pobreza somada a exclusão social além de outros fatores, fazem com que a doença perpetue como um problema de saúde pública existente há muito tempo. Portanto, objetivou-se investigar as áreas de risco para a mortalidade por TB e sua relação com a vulnerabilidade social em Natal - RN. Métodos: Estudo ecológico cujas unidades de análise foram os setores censitários. A população do estudo foi composta pelos casos de óbito por TB como causa básica registrados no Sistema de Informações sobre Mortalidade no período de 2008 a 2014. A análise das variáveis sociodemográficas foram realizadas software IBM SPSS Statistics 23.0, por meio de estatística descritiva dos parâmetros quantitativos com cálculo de frequências absolutas e relativas. A geocodificação dos endereços dos casos e das unidades de saúde foram realizadas através do software TerraView 4.2.2. Para identificar as áreas de alto ou baixo risco para a mortalidade por TB foi utilizada a técnica de estatística de varredura realizada através do software SaTScan 9.2. Com a finalidade de comparar as áreas de alto e baixo risco espacial, utilizou-se o Índice de Vulnerabilidade Social construído por Medeiros e, posteriormente, o Índice Moran Bivariado foi aplicado para verificar a relação do risco espacial de morrer por TB com o Índice de Vulnerabilidade Social. Todos os mapas temáticos foram construídos através do software ArcGis versão 10.5. Resultados: foram identificados 154 óbitos por TB sendo em sua maioria pessoas do sexo masculino, com idade entre 15 e 59 anos, raça/cor parda e estado civil solteiro. Foram geocodificados 96,6% dos casos de óbitos e dentre as unidades de saúde geocodificadas, a maioria deu-se no distrito Oeste. A técnica de análise de varredura espacial identificou três aglomerados estatisticamente significativos, sendo dois de alto risco (RR=5,77 IC95% = 5,19 - 6,34; RR= 3,82 IC95% = 3,38 - 4,24) e um de baixo risco (RR = 0,34 IC95% = 0,08 - 0,76). As áreas de alto risco para mortalidade por TB apresentaram predominantemente setores censitários classificados como vulnerabilidade social moderada. Quando analisada a associação das áreas de alto risco para a mortalidade por TB com domínios do IVS, o domínio estatisticamente significativo foi "característica do entorno dos domicílios" (I = 0,010; p = 0,001). Conclusão: A identificação de áreas de risco para a mortalidade por TB e compreender sua relação com a vulnerabilidade social permitem o direcionamento das ações intersetoriais de controle da doença às populações conhecidamente mais afetadas
Título em inglês
Areas of Risk of Tuberculosis Deaths and their Relationship with Social Vulnerability in a Municipality of Northeastern Brazil
Palavras-chave em inglês
Mortality
Social vulnerability
Spatial analysis
Tuberculosis
Resumo em inglês
Introduction: Tuberculosis is the leading cause of death due to infectious disease in the world and its direct relationship with poverty and social exclusion, as well as other factors, has perpetuated the disease as a longstanding public health problem. Therefore, the objective was to investigate the risk areas for TB mortality and its relationship with social vulnerability in Natal - RN. Methods: An ecological study whose units of analysis were the census tracts. The study population was composed of cases of death due to TB as a basic cause registered in the Mortality Information System from 2008 to 2014. The analysis of the sociodemographic variables was performed by IBM SPSS Statistics 23.0 software, using descriptive statistics of the quantitative parameters with calculation of absolute and relative frequencies. The geocoding of the addresses of the cases and the health units were performed using the TerraView 4.2.2 software. In order to identify areas of high or low risk for TB mortality, the scan statistic technique performed using the SaTScan 9.2 software was used. In order to compare areas of high and low spatial risk, the Social Vulnerability Index constructed by Medeiros was used and, later, the Moran Bivariate Index was applied to verify the spatial risk ratio of dying from TB with the Index of Social vulnerability. All thematic maps were built using ArcGis software version 10.5. Results: 154 deaths from TB were identified, mostly male, aged 15-59 years, race / color and single marital status. 96.6% of the cases of deaths were geocoded and of the geocoded health units, most of them occurred in the western district. The spatial sweep analysis technique identified three statistically significant clusters, two of which were high risk (RR = 5.77, 95% CI = 5.19 - 6.34, RR = 3.82, 95% CI = 3.38, 4.24 ) and one of low risk (RR = 0.34 95% CI = 0.08-0.76). The high risk areas for TB mortality presented predominantly census tracts classified as moderate social vulnerability. When the association of high-risk areas with TB mortality with IVS domains was analyzed, the statistically significant domain was "characteristic of the household environment" (I = 0.010, p = 0.001). Conclusion: The identification of risk areas for TB mortality and understanding their relationship with social vulnerability allows the targeting of intersectoral disease control actions to populations that are known to be most affected
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
THAISZAMBONIBERRA.pdf (4.69 Mbytes)
Data de Publicação
2018-08-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.