• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2014.tde-03022015-103612
Documento
Autor
Nome completo
Michelle Darezzo Rodrigues Nunes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Nascimento, Lucila Castanheira (Presidente)
Lima, Regina Aparecida Garcia de
Menossi, Maria José
Scrideli, Carlos Alberto
Tacla, Mauren Teresa Grubisich Mendes
Título em português
Avaliação da fadiga em crianças e adolescentes hospitalizados com câncer e sua relação com padrão de sono e qualidade de vida relaconada à saúde
Palavras-chave em português
Adolescente
Câncer
Criança
Distúrbios do sono
Enfermagem pediátrica
Fadiga
Qualidade de vida relacionada à saúde
Resumo em português
OBJETIVO: Crianças e adolescentes com câncer apresentam sintomas múltiplos que incluem fadiga, perturbações do sono, dor e náuseas. Esses sintomas estão associados à diminuição da qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS). O objetivo desta pesquisa foi avaliar: a) fadiga, padrão de sono e QVRS de crianças e adolescentes hospitalizados com câncer; b) relações entre fadiga, padrão de sono e QVRS; c) fatores como idade, sexo, diagnóstico de câncer, motivo da internação, tempo em quimioterapia, uso de corticosteroides, níveis de hematócrito e hemoglobina e dias pós-quimioterapia que podem ter efeitos significativos na fadiga, sono e QVRS. PRESSUPOSTO TEÓRICO: A Teoria de Gerenciamento de Sintoma (TGS) foi utilizada para fundamentar esta pesquisa. TGS é constituída por três componentes que estão inter-relacionados: a experiência do sintoma, o gerenciamento do sintoma e resultados, que estão inseridas no contexto da pessoa, da saúde-doença e do meio ambiente. MÉTODO: O delineamento da pesquisa foi quantitativo, descritivo e transversal. Participantes preencheram a PedsQL(TM) Escala Multidimensional do Cansaço para mensuração da fadiga, Actigraph de pulso, por no mínimo três dias, como dispositivo para avaliação do padrão de sono e o PedsQL(TM) Inventário Pediátrico de Qualidade de Vida, Módulo Genérico e Módulo Câncer, para avaliação da QVRS. RESULTADOS: Participaram 38 crianças e adolescentes hospitalizados com câncer e em seguimento em um hospital público do interior paulista. Os resultados demonstraram escores muito baixos de fadiga (63,8 ± 18,5) e qualidade de vida (QVRS) (genérica: 61,1 ± 17,0; câncer: 59,1 ± 16,7). Duração do sono foi 3,4 ± 1,9 horas. Variações na fadiga podem ser explicadas por: 1) diagnóstico de tumores de sistema nervoso central, tempo em tratamento quimioterápico e QVRS total (câncer) (81,1%); 2) diagnóstico de sarcoma, tempo em tratamento quimioterápico, dores e machucados, ansiedade a procedimentos, dificuldades cognitivas e aparência física (89,6%); e 3) QVRS total (câncer) e duração do sono (74,7%). CONCLUSÕES: Crianças e adolescentes hospitalizados com câncer experienciam fadiga, distúrbios do sono e baixa QVRS. Enfermeiros precisam avaliar a fadiga, o sono e a QVRS. Futuros estudos são necessários para investigar estratégias de gerenciamento eficazes que podem diminuir a fadiga, melhorar o sono e aumentar a QVRS em crianças e adolescentes hospitalizadas com câncer
Título em inglês
Assessment of fatigue in hospitalized children and adolescents with cancer and its relation with the sleep pattern and health-related quality of life
Palavras-chave em inglês
Adolescent
Cancer
Child
Fatigue
Health-related quality of life
Pediatric nursing
Sleep disorders
Resumo em inglês
PURPOSE: Children and adolescents with cancer experience multiple symptoms, such as fatigue, sleep disturbance, pain, and nausea. These symptoms are associated with lower health-related quality of life (HRQoL). The purpose of this research was to examine: a) fatigue, sleep patterns, and HRQoL in hospitalized children and adolescents with cancer; b) relationships among fatigue, sleep patterns, and HRQoL; c) factors, such as age, gender, cancer diagnosis, reason for hospitalization, length of chemotherapy, use of dexamethasone, hematocrit and hemoglobin levels and days post-chemotherapy that may have significant effects on fatigue, sleep and HRQoL. THEORETICAL FRAMEWORK: The Symptom Management Theory (SMT) was used as a guiding framework for the research. SMT consists of three components that are interrelated: symptom experience, symptom management strategies and outcomes, which are embedded in the context of person, health/illness, and environment. METHODS: The research design was quantitative, descriptive and cross-sectional. Participants completed the PedsQL(TM) Multidimensional Fatigue Scale to measure fatigue, wore the wrist Actigraph for the minimum of three days to assess sleep patterns, and the PedsQL(TM) Pediatric Quality of Life Inventory (Generic and Cancer) to assess HRQoL. RESULTS: The participants were 38 children (9.7 ±1.3 age in years) and adolescents (14.8 ± 1.4 age in years) hospitalized with cancer at a public hospital in the interior of the State of São Paulo, Brazil. The results demonstrated low fatigue scores (63.8 ± 18.5) and quality of life (HRQoL) scores (generic: 61.1± 17.0; cancer: 59.1 ± 16.7). Sleep duration was 3.4 ± 1.9 hours. Variations in fatigue levels may be explained by: 1) a diagnosis of brain tumor, the length of chemotherapy and total HRQoL (81.1%); 2) a diagnosis of sarcoma, length of chemotherapy, pain and hurt, procedural anxiety, cognitive problems and physical appearance (89.6%); and 3) the total HRQoL (cancer) and sleep duration (74.7%). CONCLUSIONS: Hospitalized children and adolescents with cancer experience fatigue, sleep disturbance, and low HRQoL. Nurses need to assess fatigue, sleep, and HRQoL. Future studies are needed to investigate effective management strategies that may decrease fatigue, improve sleep, and increase HRQoL in hospitalized children and adolescents with cancer
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.