• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2004.tde-02062006-130121
Documento
Autor
Nome completo
Paula Hino
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2003
Orientador
Banca examinadora
Santos, Claudia Benedita dos (Presidente)
Rodrigues Junior, Antonio Luiz
Villa, Tereza Cristina Scatena
Título em português
"Distribuição espacial dos casos de tuberculose no município de Ribeirão Preto, nos anos de 1998 a 2002"
Palavras-chave em português
análise espacial
geoprocessamento
tuberculose
Resumo em português
O uso de mapas e a preocupação com a distribuição geográfica de doenças remonta a um passado bastante distante. Um exemplo clássico foi o trabalho realizado por John Snow, que utilizou o mapeamento para localizar casos de cólera, relacionando-os com as fontes de abastecimento de água. O processo saúde-doença ocorre em um espaço primariamente geográfico, sobre a qual, a ação dos homens ocorre. Apesar de seu grande potencial, as técnicas de representação espacial ainda são relativamente pouco utilizadas na área da saúde, devido, em parte, às dificuldades inerentes à manipulação deste tipo de informação. Este trabalho parte do pressuposto de que a distribuição espacial da Tuberculose não é uniforme, com diferenças entre países, estados, municípios e bairros. Dentro deste panorama, o objetivo deste trabalho foi estabelecer a distribuição espacial da doença no município de Ribeirão Preto de 1998 a 2002, buscando verificar dependência entre sua ocorrência e o espaço. Para elaboração do estudo, utilizou-se a base de dados secundários da Secretaria Municipal de Saúde do município de Ribeirão Preto- SP provenientes das fichas de notificação compulsória e digitalizados no programa computacional Epi-Tb, adaptado para esse fim. Inicialmente, procedeu-se à análise descritiva de algumas variáveis relacionadas à Tuberculose. Em seguida, efetuou-se o georreferenciamento dos casos de Tuberculose utilizando-se o software MapInfo 6.5. A análise estatística espacial foi realizada com auxílio do software Spring. Por meio da análise do padrão espacial existente no decorrer dos anos estudados, concluiu-se que para cada ano estudado houve um padrão para a distribuição espacial da Tuberculose em Ribeirão Preto, identificando-se áreas homogêneas de risco para a doença embora os casos estivessem sempre concentrados em uma faixa da região noroeste do município, consistindo de bairros de classe-média e/ou média baixa da população. Os resultados contribuem para o conhecimento da distribuição espacial da Tuberculose no município de Ribeirão Preto- São Paulo, ressaltando a importância da categoria espaço como alternativa metodológica para auxiliar no planejamento, monitoramento e avaliação das ações em saúde, direcionando as intervenções para diminuir as iniqüidades.
Título em inglês
"Spatial distribution of tuberculosis cases in Ribeirão Preto City during 1998 to 2002"
Palavras-chave em inglês
geoprocessing
spatial analysis
tuberculosis
Resumo em inglês
The map’s usage and the concerns about geographic distribution related with diseases are not a recent issue. A classical example of these is the John Snow survey –maps were used to locate cholera’s cases and related them with the water supplying. The health-disease process first happens in a geographic space, in where human actions occur. Despite its real power, the spatial representation techniques are fewer used in health sectors due to troubles in managing such information. This work begins from an assumption that the spatial distribution of Tuberculosis is not uniform. It has differences between countries, states, cities and also quarter cities. So, the aim of this survey was to establish the disease spatial distribution in Ribeirão Preto city from 1998 to 2002 by looking for a dependency of its occurrence and space. Secondary data from Municipal Health Department were used to elaborate this study. These data came from compulsory notification and were digitalized in a specific computer program. First of all, a descriptive analysis of some variables related with tuberculosis was made. Then, the spatial distribution of cases was realized by using the MapInfo 6.5 software. The spatial statistic analysis was made by utilizing the Spring software. The spatial analyses during the years demonstrate that each year has its own Tuberculosis spatial distribution in Ribeirão Preto, what reveals homogeneous areas for disease risk. Although many cases were concentrated in the northeast region in the city, which consists the quarters of medium and low economical income. The results contribute to show the Tb spatial distribution in RP-SP, they also reinforce the space category as a methodological alternative to manage, to monitor and to evaluate the health actions by directing interventions to decrease the iniquities.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PaulaHino.pdf (2.16 Mbytes)
Data de Publicação
2006-06-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.