• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Jaqueline Garcia de Almeida Ballestero
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Palha, Pedro Fredemir (Presidente)
Protti-zanatta, Simone Teresinha
Bollela, Valdes Roberto
Ruffino Netto, Antonio
Título em português
Atenção a Tuberculose Multirresistente no Brasil: aportes à organização das Redes de Atenção à Saúde e a Gestão da Clínica
Palavras-chave em português
Ação intersetorial
Doença crônica
Estudos de validação
Organização e administração
Tuberculose resistente a múltiplos medicamentos
Resumo em português
Tuberculose multirresistente é uma condição de saúde grave, cuja a assistência envolve diferentes pontos de atenção: Centro de Referência e Atenção Primária à Saúde, exigindo a organização resolutiva do Sistema de Saúde, de maneira articulada, coordenada e visando uma atenção integral. Este estudo teve por objetivo analisar a organização da assistência à tuberculose multirresistente, construir e validar uma ferramenta para Gestão da Clínica. Trata se de uma pesquisa desenvolvida em duas etapas. A primeira foi descritiva exploratória, com coleta de dados realizada entre junho e novembro de 2015, por meio de observação não participante nos Centros de Referência de cinco Estados brasileiros (quatro regiões), com duração aproximada de três dias em cada Centro. Os aspectos observados foram organização, fluxo de doentes, estrutura física, recursos humanos e sistemas laboratorial e de informação e registros, guiados por um roteiro dirigido construído pelos pesquisadores. Utilizou-se os fundamentos teóricos e elementos constitutivos da Rede de Atenção para analisar os dados. Na segunda fase foi desenvolvido um estudo metodológico, entre com construção de uma "Caderneta de Controle do Tratamento", como bases nos esforços e necessidades dos Centros visitados. O material foi validado junto a doze especialistas (profissionais de nível superior que atuavam há três anos ou mais na pesquisa ou assistência à doença), por meio da Técnica Delphi, entre outubro de 2016 e fevereiro de 2017. Os resultados descritivos apontaram para aproximações importantes quanto à organização segundo a economia de escala, concentração de recursos físicos e humanos nas referências, com atendimento qualificado à elevada demanda. Observou-se dificuldades para acesso dos usuários, enfrentadas pelas equipes com mecanismos que o facilitam geográfica e financeiramente. Não foi percebida a integração vertical/horizontal de serviços. Foram notadas redefinições das competências clínicas de diferentes categorias profissionais. Quanto à estrutura operacional, o centro comunicador foi o serviço especializado, há dificuldade de interação entre os pontos assistenciais, marcado pela ausência de prontuários clínicos informatizados. O sistema de apoio apresentou-se em processo de estruturação, com destaque ao SITETB, porém há dificuldades quanto à regulação de fluxos de pessoas. Nessa perspectiva a Caderneta validada tem por objetivo proporcionar maior integração entre os profissionais envolvidos na assistência. Foi composta por três grandes blocos: dados gerais: identificação (dados demográficos, informações sobre os serviços de saúde e aspectos clínicos) e registro do agendamento das consultas; informações aos doentes e familiares: sobre a doença, tratamento e medidas de precaução domiciliar e comunitária; e informações aos profissionais de saúde: sobre a doença, o tratamento diretamente observado, acompanhamento do tratamento, avaliação dos contatos e registros referentes ao manejo do caso. Os juízes sugeriram mudanças quanto à linguagem usada na Caderneta, sendo que ao final da segunda rodada todas as modificações foram aprovadas por 80% ou mais participantes. Foi possível presenciar avanços na organização da assistência à TBMR nos centros estudados. Contudo, há indícios de que a comunicação entre os diferentes pontos de atenção envolvidos não ocorre de maneira efetiva, comprometendo avanços na concretização do cuidado em rede e no controle da doença
Título em inglês
Attention to Multidrug-Resistant Tuberculosis in Brazil: contributions to the organization of Health Care Networks and Clinic Management
Palavras-chave em inglês
Chronic disease
Comprehensive health care
Intersectoral action
Organization and administration
Tuberculosis multidrug-resistant
Resumo em inglês
Multidrug-resistant tuberculosis is a serious health condition, which care involves different points of attention: Reference Center and Primary Health Care, demanding the resolute organization of the Health System, in an articulated, coordinated manner and aiming an integral care. This study aimed to analyze the organization of care for multidrug-resistant tuberculosis, and to build and validate a tool for Clinical Management. It is a research developed in two stages. The first one was a descriptive exploratory one, with data collected between June and November 2015, through non-participant observation in the Reference Centers of five Brazilian states (four regions), within approximately three days in each Center. It was observed the organization, patient flow, physical structure, human resources and laboratory and information systems and records, guided by a directed script built by the researchers. We used the theoretical foundations and constituent elements of the Attention Network to analyze the data. During the second phase a methodological study was developed, including the production of a "Handbook of Treatment Control", based in the efforts and needs of the Centers visited. The material was validated by twelve specialists (professionals of higher education who have worked for three years or more in the research or in the assistance to the disease), through the Delphi Technique, between October 2016 and February 2017. The descriptive results pointed to important approximations in terms of organization according to the economy scale, concentration of physical and human resources in the references, with qualified service to the high demand. It was observed difficulties for the access of the users, faced by the teams with mechanisms that facilitate it geographically and financially. Vertical / horizontal integration of services was not noted. There were redefinitions of the clinical competences of different professional categories. As for the operational structure, the communicating center was the specialized service; there is difficulty of interaction between the assistance points, marked by the absence of computerized medical records. The support system was in the process of structuring, with emphasis on SITETB, but there are difficulties in regulating the people flows. In this perspective, the validated Handbook aims to provide better integration among the professionals involved in the assistance. It was composed by three large blocks: i) general data: identification (demographic data, information on health services and clinical aspects) and registration of the appointment scheduling; ii) information to patients and their families: on the disease, treatment and home and community precautions; and iii) information to health professionals: about the disease, directly observed treatment, treatment follow-up, contact evaluation and records regarding case management. The judges suggested changes in the language used in the Handbook, and at the end of the second round all modifications were approved by 80% or more participants. It was possible to witness advances in the organization of TBMR care in the studied centers. However, there are indications that communication between the different points of attention involved does not occur in an effective way, compromising advances in the implementation of the network care and the disease control
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-01-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.