• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2014.tde-30032015-181311
Documento
Autor
Nome completo
Ariane Cristina Barboza Zanetti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Gabriel, Carmen Silvia (Presidente)
Bernardes, Andrea
Pereira, Leonardo Régis Leira
Título em português
Segurança do paciente e medicamentos potencialmente perigosos: adaptação transcultural de um questionário
Palavras-chave em português
Enfermagem
Segurança do paciente
Tradução (processo)
Resumo em português
Alguns medicamentos são notórios por possuírem risco aumentado de causar danos significativos ou fatais em decorrência de falhas durante o uso, sendo identificados como medicamentos potencialmente perigosos. Conhecimento e informação são aliados na prevenção de tais falhas, contudo, o conhecimento apresentado pelos profissionais de saúde para evitá-las é incerto. Nesse contexto, almejando obter um panorama do conhecimento inerente aos profissionais enfermeiros e formular mecanismos para uma intervenção futura, pesquisadores de nacionalidade chinesa elaboraram e validaram o Questionário de Medicamentos Potencialmente Perigosos, destinado a mensurar o conhecimento pertinente à prática envolvendo estes medicamentos. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi traduzir para a língua portuguesa brasileira e adaptar culturalmente o Questionário de Medicamentos Potencialmente Perigosos, verificando sua aplicabilidade no contexto brasileiro. Tratou-se de uma pesquisa metodológica, cujo rigoroso processo de tradução e adaptação transcultural compreendeu as seguintes etapas: tradução do chinês para o português brasileiro por dois tradutores independentes; síntese das traduções; retrotradução para a língua de origem; avaliação por um comitê de cinco juízes, que verificaram as equivalências semântica, idiomática, conceitual e cultural dos itens, e propuseram alterações; e pré-teste, cuja função foi julgar a clareza e a pertinência do conteúdo dos itens e proceder à versão final do questionário, sendo realizado em uma amostra composta por 30 enfermeiros que exerciam suas atividades em tempo integral ou parcial em um hospital de ensino do interior do Estado de São Paulo. No processo de tradução houve pequenas variações entre as traduções independentes que foram solucionadas após argumentação e consenso entre os tradutores. Na etapa referente à avaliação pelo comitê de juízes, os especialistas consideraram que a versão traduzida para o português apresentou equivalência semântica, idiomática, cultural e conceitual, mas alguns itens necessitaram de ajustes para se tornarem culturalmente cabíveis. No pré-teste a população-alvo foi interrogada quanto à clareza da redação e pertinência dos itens. Na primeira parte do questionário (Administração dos Medicamentos), os percentuais médios relativos à clareza da redação e pertinência dos itens foram de 93,3% e 89,6%, respectivamente. No tocante à segunda parte do questionário (Procedimentos Clínicos), o percentual médio referente à clareza da redação foi de 93,3%, enquanto que, em média, 85,3% dos sujeitos concordaram com a pertinência dos itens. Desse modo, com base nos aspectos metodológicos adotados neste estudo, o resultado apresentado pelo processo de tradução e adaptação transcultural do instrumento investigado foi considerado satisfatório, havendo equivalência entre a versão original e a versão traduzida do questionário, a qual se apresenta facilmente compreensível e adequadamente adaptada para o contexto brasileiro. Além disso, assume-se que o estudo propiciou um embasamento indispensável para o prosseguimento do processo de validação do questionário investigado
Título em inglês
Patient safety and high-alert medications: cross-cultural adaptation of a questionnaire
Palavras-chave em inglês
Nursing
Patient safety
Translation (process)
Resumo em inglês
Some medications are notorious for having an increased risk of causing significant harm or death due faults during their use, being identified as high-alert medications. Knowledge and information are allies in preventing such failures, however the knowledge presented by healthcare professionals to prevent them is uncertain. In this context, aiming to obtain an overview of the inherent knowledge to nurses and formulate mechanisms for a future intervention, researchers of Chinese nationality have developed and validated the Questionnaire of High-Alert Medications designed to measure the pertinent knowledge to the practice involving these medications. Thus, the aim of this study was to translate to Brazilian Portuguese and culturally adapt the Questionnaire of High-Alert Medications checking its applicability in the Brazilian context. It was a methodological study, in which the rigorous process of translation and cross-cultural adaptation included the following stages: translation from Chinese to Brazilian Portuguese by two independent translators; synthesis of translations; back translation into the source language; evaluation by a committee of five judges that verified the semantic, idiomatic, cultural and conceptual equivalence of the items, and have suggested changes; and pre-test, whose function was to judge the clarity and relevance of the content of the items and proceed to the final version of the questionnaire, which was conducted in a sample composed by 30 nurses who performed their activities in full or part time in a teaching hospital in the State of São Paulo. In the translation process there were minor variations between the independent translations that were resolved after argumentation and consensus among translators. In the stage related to the evaluation by the committee of judges, the experts considered that the translated version to Portuguese showed semantic, idiomatic, cultural and conceptual equivalence, but some items needed adjustments in order to become culturally appropriate. In the pre-test the target population was questioned about the clarity of writing and relevance of the items. In the first part of the questionnaire (Drug Administration) the average percentages for the clarity of writing and relevance of the items were 93.3% and 89.6%, respectively. In relation to the second part of the questionnaire (Clinical Procedures) the average percentage related to the clarity of writing was 93.3%, whereas, on average, 85.3% of the subjects agreed with the relevance of the items. Therefore, based on the methodological aspects adopted in this study, the result presented by the translation and cross-cultural adaptation process of the instrument was satisfactory and there was equivalence between the original and the translated version of the questionnaire, which presents itself easily understandable and properly adapted to the Brazilian context. In addition, it is assumed that the study provided an indispensable resource for the continuation of the validation process of the questionnaire investigated
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.