• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2015.tde-29052015-105019
Documento
Autor
Nome completo
Natália Nunes Felix
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Laus, Ana Maria (Presidente)
Chaves, Lucieli Dias Pedreschi
Mello, Maria Cristina de
Título em português
Distribuição do tempo de trabalho da equipe de enfermagem em unidade de terapia intensiva neurológica
Palavras-chave em português
Carga de Trabalho
Neurologia
Recursos Humanos de Enfermagem
Unidades de Terapia Intensiva
Resumo em português
O conhecimento do tempo utilizado no cuidado ao paciente, pela equipe de enfermagem, é considerado uma ferramenta de gerenciamento da assistência e dos recursos humanos, possibilita a identificação dos parâmetros que auxiliam no dimensionamento ideal de profissionais para assistir a clientela. O presente estudo tem como objetivo identificar e analisar a distribuição do tempo de trabalho da equipe de enfermagem em uma unidade de terapia intensiva neurológica. Trata-se de um estudo de natureza quantitativa, descritivo, observacional e transversal, realizado na Unidade de Terapia Intensiva Neurológica de um hospital de grande porte e alta complexidade da cidade de São Paulo. Utilizou-se das intervenções/atividades de enfermagem identificadas para unidades de terapia intensiva no estudo de Mello (2011), categorizadas de acordo com o sistema padronizado de linguagem Classificação das Intervenções de Enfermagem (NIC) e classificadas em intervenções de cuidado direto, indireto, atividades associadas e de tempo pessoal. Os dados da pesquisa foram coletados pelo método de amostragem do trabalho, por meio de observações diretas das atividades/intervenções realizadas pelos profissionais de enfermagem, a cada 10 minutos, durante 24 horas, em janeiro de 2014. Foram obtidas 10.656 amostras de intervenções e atividades realizadas pelos profissionais de enfermagem em 96 horas de coleta de dados. As intervenções em que a equipe de enfermagem emprega maior tempo de trabalho são a Documentação (22,9%), Administração de Medicamentos (5,9%), Banho (5,4%) e Monitoração dos Sinais Vitais (4,4%). A intervenção realizada com maior frequência pelos enfermeiros é a Documentação (29,1%) e também pelos técnicos de enfermagem (21,6%). Constatou-se que a equipe de enfermagem da unidade despendeu 42,1% do seu tempo em intervenções/atividades de cuidado direto, 37,1% em intervenções de cuidado indireto, 16,6% em atividades pessoais e 4,2% em atividades associadas. Os enfermeiros despendem 55,4% do seu tempo de trabalho em intervenções de cuidados indiretos, 20,5% em intervenções de cuidados diretos, 16,4% em atividades pessoais e 7,7% em atividades associadas. Os técnicos de enfermagem empregam maior tempo de trabalho no cuidado direto (46,6%), cuidado indireto (33,2%), atividades pessoais (16,6%) e associadas (3,5%). A produtividade média da equipe de enfermagem atingiu 83,4%, considerada excelente conforme proposto na literatura. O estudo possibilitou uma compreensão mais objetiva do processo de trabalho da equipe de enfermagem da terapia intensiva neurológica e evidencia novas perspectivas de investigações que subsidiem o planejamento de recursos humanos de enfermagem em unidades de cuidados críticos.
Título em inglês
Nursing work time distribution in a neurological intensive care unit
Palavras-chave em inglês
Intensive care
Neurology
Nursing staff
Workload
Resumo em inglês
The knowlegmemt of time spent in nurse activities in patient care makes possible to identify parameters that helps to set up a method of quantifying number of professionals required to assist a unit and is considered management tool of health assistance and human resources. The aim of the present of study is to identify and analyze nursing work time distribution of a neurological intensive care unit. It is a quantitative, descriptive, observational and cross-sectional study, developed in the neurological intensive care unit of a large high-complexity hospital in the city of São Paulo. This research considers nursing activities and interventions identified by Mello (2011) for intensive care units, in according to the standardized language system Nursing Intervention Classification NIC and classified as direct and indirect care interventions, associated activities and personal time. Data were collected using the work sampling method, by means of the direct observation of the activities and interventions performed by the nursing professionals every 10 minutes, during 24 hours, in January 2014. 96 hours data were collected , 10,656 samples of interventions and activities performed by the nursing professionals were obtained Documentation (22.9%), were the most prevalent intervention followed by Medications task (5.9%), Bath (5.4%) and Vital Signs Monitoring (4.4%).Among registered nurses and technicians Documentation is the most frequent for both of them 29,1% and 21,6%. The nursing staff spent 42.1% of their time in direct care interventions 37.1% in indirect care 16.6% in personal activities and 4.2% in associated activities. Registered Nurses spent 55.4% of their time in indirect care interventions, 20.5% in direct care. 16.4% in personal activities and 7.7% in associated activities. Nursing technicians expended more working time in direct care (46.6%), followed by indirect care (33.2%), personal activities (16.6%) and associated activities (3.5%). The mean productivity of the nursing staff reached 83.4%, which is considered excellent as per the literature The present study provides an objective understanding of the working process of the nursing staff, in neurological intensive care unit and evidences new perspectives of research that support the planning of the nursing staff in critical care units.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Natalianunesfelix.pdf (1.78 Mbytes)
Data de Publicação
2015-06-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.