• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Patricia Aroni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Galvao, Cristina Maria (Presidente)
Ciol, Márcia Aparecida
Dantas, Rosana Aparecida Spadoti
Ribeiro, Renata Perfeito
Título em português
O uso do picolé mentolado para manejo da sede do paciente no pré-operatório: ensaio clínico randomizado
Palavras-chave em português
Cuidados de enfermagem; Enfermagem; Ensaio clínico controlado randomizado; Menta; Sede
Resumo em português
A sede é definida como o desejo de beber água. É considerada um sintoma multifatorial, pois o estímulo proporcionado pode ser influenciado pela necessidade de hidratação, ou seja, normalizar os níveis de volemia e osmolaridade plasmática, ou pode ser desencadeado por diferentes fatores pessoais e culturais do indivíduo. O objetivo do estudo foi comparar a intensidade e o desconforto da sede em pacientes no período pré-operatório, após vinte minutos da degustação do picolé mentolado com a sede de pacientes que receberam o cuidado usual. Trata-se de ensaio clínico aleatorizado com tratamento em paralelo, prospectivo e monocêntrico. A amostra do estudo foi composta de 40 pacientes cirúrgicos no período pré-operatório, os quais foram alocados em dois grupos, sendo 20 no grupo controle e 20 no grupo experimental. O paciente alocado no grupo controle (cuidado usual) recebeu as orientações dadas pela equipe de saúde, conforme rotina da instituição de saúde. O paciente alocado no grupo experimental recebeu um picolé mentolado, com, no mínimo, três horas de antecedência do horário programado para o procedimento cirúrgico. Para a coleta de dados elaborou-se instrumento, o qual foi submetido a validação de face e conteúdo por cinco juízes. A intensidade e o desconforto da sede foram os desfechos primários mensurados. A intensidade da sede foi mensurada por meio da Escala Numérica (zero sem sede e dez a pior sede que a pessoa já sentiu), e o desconforto da sede pela Escala de Desconforto da Sede Perioperatória (pontuação varia de zero a 14 pontos, sendo que 14 corresponde ao desconforto mais intenso relacionado com a sede). As médias de intensidade da sede inicial foram diferentes entre os grupos investigados, sendo 5,3 (dp 1,8) para o grupo controle, e 6,6 (dp 1,6) para o grupo experimental (p=0,02). As médias relativas ao desconforto inicial da sede também foram discrepantes, 5,2 (dp 2,9) para o grupo controle, e 8,0 (dp 3,7) para o grupo experimental (p<0,001). Os resultados do ensaio clínico aleatorizado evidenciaram significativamente a diminuição da intensidade e do desconforto da sede de pacientes, após vinte minutos da degustação do picolé mentolado com a sede de pacientes que receberam o cuidado usual (p<0,001 para os dois desfechos). O picolé mentolado mostrou-se como estratégia viável para o manejo da sede em paciente no período pré-operatório. As evidências geradas na condução do estudo podem auxiliar, na tomada de decisão da equipe de saúde, acarretando a melhoria do cuidado prestado ao paciente, por meio da implementação de estratégia de fácil aplicação e barata para o manejo da sede. Outro aspecto relevante consiste na produção de conhecimento sobre a problemática, escasso tanto no cenário nacional, quanto internacional
Título em inglês
The use of mentholated popsicle to assist the preoperative patient's thirst: randomized clinical trial
Palavras-chave em inglês
Aleatory randomized clinical trial; Mint; Nursing; Nursing cares; Thirst
Resumo em inglês
Thirst is defined as the desire of drinking water. It is also considered a multifactorial symptom for two plausible reasons. The first refers to the provided stimulus that may be influenced for the hydration need. To put it differently, such necessity seeks to balance the volume levels and the plasmatic osmolarity. The second one is justified due to it is initiated by the person's various personal and cultural factors. This investigation aimed at comparing the intensity and discomfort that thirst caused in patients. The period analyzed refers to the preoperative twenty minutes after the patients ate the mentholated popsicle in comparison to patients who received the usual assistance. This randomized clinical trial was carried out with a parallel, prospective, and monocentric treatment. The sample had 40 surgical patients within the perioperative period. They were divided into two groups, namely: 20 belonged to the control group and 20 belonged to the experimental one. The patients placed into the former received the expected assistance from the health team. Regarding the patients placed into the latter, they received one mentholated popsicle at least three hours before the surgical arranged time. The data collecting tool developed was submitted to five judges' face and content validation. The intensity and discomfort of thirst were the measured primary findings. The former was measured by using the Numeral Scale in which the number zero represents no thirst and the number ten, the most intense thirst the patients reported they have ever felt. The latter was evaluated by applying the Discomfort Scale of Preoperative Thirst whose pointing may vary from zero to fourteen. In such scale, the occurrence of fourteen corresponds to the most considerable discomfort the patients reported they have ever experienced. In terms of intensity of thirst, the initial averages were different regarding both investigated groups, scored 5,3 (dp 1,8) to the control one and 6,6 (dp 1,6) to the experimental one (p=0,02). The averages concerning the thirst initial discomfort also presented discrepancy, scored 5,2 (dp 2,9) to the first group and 8,0 (dp 3,7) to the second one (p<0,001). The results of this randomized clinical trial significantly evince the decrease of thirst intensity and discomfort on patients who ate the mentholated popsicle in comparison to the ones who received the usual assistance (p<0,001 to both outcomes). The mentholated popsicle seemed to be a feasible strategy to assist patients in the preoperative period. The evidences produced throughout the investigation may support decision makings by the health team and, consequently, improve the patient's given support. It might happen by the implementation of an inexpensive and effortless application of such strategy. Moreover, another relevant aspect concerns to the knowledge production due to the features this study shed lights on, which sparse in both national and international scenarios
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PATRICIAARONI.pdf (2.38 Mbytes)
Data de Publicação
2018-05-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.