• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2004.tde-27082004-170041
Documento
Autor
Nome completo
Renata Karina Reis
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2004
Orientador
Banca examinadora
Gir, Elucir (Presidente)
Pela, Nilza Teresa Rotter
Takahashi, Renata Ferreira
Título em português
"Convivendo com a diferença: o impacto da sorodiscordância na vida afetivo-sexual de portadores do HIV/AIDS"
Palavras-chave em português
assistência em HIV/aids
casais sorodiscordantes
sexo seguro
sexualidade
Resumo em português
Com o advento da terapia antiretroviral houve um aumento significativo na sobrevida e qualidade de vida dos portadores do HIV/aids. Esta nova realidade traz novas possibilidades de conviver com a aids, sendo a sorodiscordância uma delas. Este estudo teve como finalidade descrever e analisar o impacto da sorodiscordância na vida afetivo-sexual de portadores do HIV/aids que convivem com parceria heterossexual com status sorológico discordante. Como referencial teórico utilizou-se o conceito da vulnerabilidade. O local de estudo foi o ambulatório especializado no atendimento do HIV/aids do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Ribeirão Preto-SP. Os dados foram coletados através de entrevista individual gravada e organizados e analisados com base na Análise de Prosa de André (1983). A partir dos dados emergiram nove temas: A percepção da invulnerabilidade, A descoberta da soropositividade ao HIV, Via de Infecção, Revelação do diagnóstico para o parceiro, A sexualidade, Vulnerabilidade da parceria sexual, Uso do preservativo, Saúde Sexual e Reprodutiva, A convivência. Os casais sorodiscordantes enfrentam inúmeros desafios após a descoberta de soropositividade em um dos parceiros, precisando desenvolver estratégias para o manejo de dificuldades para a vivência da sexualidade, para a manutenção do sexo seguro até a convivência com o parceiro soronegativo. Estas dificuldades não são de responsabilidade exclusiva do casal, cabendo aos profissionais de saúde assumirem a sua responsabilidade social no enfrentamento destes desafios impostos pela sorodiscordância. Ficou evidente que a necessidade de acolher também o parceiro soronegativo no atendimento e que os casais sorodiscordantes merecem atenção específica dos serviços de saúde. A falta de serviços de saúde específicos a casais sorodiscordantes é um dos fatores que aumenta a vulnerabilidade do parceiro soronegativo, quando este não é evidenciado no atendimento e quando as questões trazidas pela sorodiscordância não são abordadas adequadamente. Apontamos a necessidade de alternativas assistenciais, promovendo uma mudança na prática assistencial vigente, centrada no modelo biológico. A assistência a estes indivíduos deve ser realizada por equipes interdisciplinares que contemple os aspectos da dimensão afetivo-sexual trazidos pela sorodiscordância, sendo necessária capacitação e sensibilização dos profissionais de saúde envolvidos no atendimento. A equipe de enfermagem ocupa um importante papel na assistência ao portador do HIV/aids e suas ações devem transcender os aspectos clínicos e terapêuticos, incluindo a sexualidade, a prevenção e manutenção de sexo seguro, que se apresentam como expressivos componentes de risco entre parceiros sorodiscordantes.
Título em inglês
Living with the Difference: the impact of serodiscordance on the affective and sexual life of HIV/aids patients.
Palavras-chave em inglês
HIV/Aids care
mixed-status couples
safe sex
sexuality
Resumo em inglês
The appearance of antiretroviral therapy brought about a significant increase in the survival and quality of life of HIV/aids patients. This new reality entails new possibilities for living with aids, one of which is serodiscordance. This study aimed to describe and analyze the impact of serodiscordance on the affective and sexual life of HIV/aids patients whose heterosexual partner has a different HIV status. The concept of vulnerability was used as a theoretical reference framework. This study was carried out at the specialized HIV/aids care clinic of the University of São Paulo at Ribeirão Preto Medical School Hospital das Clínicas, Brazil. Data were collected through individual interviews, which were recorded. Data organization and analysis was based on Prose Analysis by André (1983), which gave rise to nine themes: perception of the invulnerability, the discovery of HIV seropositivity, infection way, revealing the diagnosis, sexuality in mixed-status couples after discovering HIV/aids infection, vulnerability of the seronegative partner, use the condom; reproductive health, relationship. After discovering seropositivity in one of the partners, mixed-status couples face countless challenges and need to develop coping strategies for difficulties related to sexual activities, maintaining safe sex and living with a seronegative partner. Not only the couple is responsible for these difficulties. Health professionals should assume their social responsibility in facing the challenges imposed by serodiscordance. We observed that seronegative partners have to be included in care activities, and that mixed-status couples deserve specific attention from health services. The lack of specific health services for mixed-status couples is one of the factors responsible for increased vulnerability of the seronegative partner, when (s)he does not appear in care and no adequate treatment is given to serodiscordance-related issues. We point towards the need for care alternatives with a view to promoting a change in current care practices, which focus on the biological model. Care for these persons has to be realized by interdisciplary teams and consider the affective and sexual aspects caused by serodiscordance, which leads to the need for increased training and awareness of the health professionals involved. The nursing team plays an important role in HIV/aids care and its actions have to go beyond clinical and therapeutic aspects and including sexuality, prevention and safe sex maintenance, which reveal to be important risk components in mixed-status couples.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
mestrado.pdf (990.88 Kbytes)
Data de Publicação
2004-08-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.