• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2006.tde-18012007-170147
Documento
Autor
Nome completo
Maria Helena Dantas de Menezes Guariente
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2006
Orientador
Banca examinadora
Zago, Marcia Maria Fontao (Presidente)
Berbel, Neusi Aparecida Navas
Caliri, Maria Helena Larcher
Laus, Ana Maria
Soubhia, Zeneide
Título em português
Articulação da atividade investigativa com a prática profissional-processo e produto de enfermeiras apoiadas por um núcleo de pesquisa
Palavras-chave em português
cultura organizacional
etnografia
pesquisa em enfermagem
Resumo em português
A pesquisa em Enfermagem é uma atividade que tem possibilitado avanços na prática assistencial. No Brasil iniciou-se com os programas de pós-graduação, sendo as enfermeiras professoras as detentoras desta prática. As enfermeiras assistenciais têm procurado, ao longo dos anos, superar barreiras de ordem particular e institucional na sua realização. Instituições de ensino e empregadoras de serviços de saúde buscam promover o desenvolvimento profissional das enfermeiras implementando estratégias que incentivem a atividade investigativa no contexto profissional. Seguindo essa tendência a Diretoria de Enfermagem do Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná criou em 1999 o Núcleo de Pesquisa em Enfermagem (NUPE), para apoiar as enfermeiras na realização de pesquisas. Tem-se, neste estudo, o objetivo de interpretar os sentidos atribuídos pelas enfermeiras assistenciais na participação em um serviço de incentivo à pesquisa e integrá-los em significados socialmente construídos, por meio da análise interpretativa. O quadro teóricometodológico foi delineado com base em conceitos e princípios educacionais e na cultura organizacional, visando-se interpretar como as enfermeiras constroem a atividade da pesquisa no cotidiano profissional mediante serviço de apoio inserido na instituição hospitalar. Para isso, a etnografia, como método, e o estudo de caso, como estratégia, possibilitaram a aproximação necessária do contexto cultural das envolvidas. Os dados foram coletados em entrevistas individuais e grupais, em depoimentos escritos direcionados por questões e em análise documental. O contexto histórico-estrutural do serviço foi descrito pelo olhar da diretora de enfermagem e secretária do NUPE, em exercício no período de 1999 a 2002. A produção científica nestes anos apresentou 129 projetos de pesquisa e 151 trabalhos científicos elaborados pelas enfermeiras. Destes, 36 foram publicados em periódicos e 6 premiados em eventos científicos. Os artigos, em grande parte, construídos coletivamente e publicados em diversos veículos de divulgação, relacionam-se ao Campo Temático Assistencial e Organizacional. Sobre o processo vivenciado, as enfermeiras aludiram sentidos da atividade investigativa na prática assistencial no que tange à valoração desta, ao papel de aprender por meio dela, além dos movimentos inerentes e ainda, do fato de ser uma tarefa árdua, que demanda empenho pessoal. Os significados, analisados sob o prisma do rito de passagem, evidenciaram os movimentos dos sujeitos e da instituição: no período pré-liminar, pela impregnação do fazer sem questionar; no período liminar, pela inserção das enfermeiras junto ao NUPE; e no período pós-liminar, com sinais de ruptura dos velhos paradigmas e abertura às novas perspectivas. Observou-se, no contexto cultural, o desenvolvimento de estratégias e ações pela mobilização dos atores e da instituição com o despertar para a atividade investigativa, o criar na postura de realizadoras de pesquisa, com repercussões intramuros e extramuros à instituição, percebidas no desenvolvimento pessoal-profissional e na valorização do trabalho desenvolvido. A pesquisa, apoiada pela organização e desejada pela enfermeira, consubstancia-se como estratégia científicopedagógica na formação permanente de enfermeiras assistenciais e agrega repercussões positivas para a assistência prestada. No âmbito de serviços de saúde conceber a realização de pesquisa em favor da produção do conhecimento e desenvolvimento profissional requer uma mudança na cultura organizacional por meio de inovações, tempo e interesse dos envolvidos.
Título em inglês
The investigative articulation of activity with the professional practice: process and product of assistant nurses supported by a Research Nucleus
Palavras-chave em inglês
ethnography
nursing research
organizational culture
Resumo em inglês
The nursing research is an activity that has advanced in the assistant practice. In Brazil it started with pos-graduation programs, with nurse teachers as possessing this practice. The assistant nurses have been looking for many years to overcome barriers of particular and institutional order to get concreted. Education and health service institutions try to promote the professional development of nurses implementing strategies which encourage the research activities in the professional context. Following the tendency of the Nursery Board of Directors of the Regional University Hospital of North Paraná a Nursing Research Nucleus was created in 1999 (NUPE) to support the nurses during their researches. The aim of this study is to analyze the conferred meanings given by assistant nurses in their participation on the research incentive and include them in built social meanings, by interpretative analysis. The theoretical and methodological view was designed from concepts and educational principles and organizational culture, trying to interpret how nurses deal with research activity in their daily professional lives with support service provided in their hospital institution. For this reason, the ethnography as method, and the case of study as strategy, made the necessary approach to the cultural context of the ones involved in the process possible. The data were collected by individual and group interviews, written statements and documental analysis. The historical and structural context of the service was described through the nursing director and NUPE secretary?s view, working in the period from 1999 to 2002. The scientific production in these years present that the nurses created 129 research projects, 151 scientific works. From these, 36 were publicized in scientific newspaper and 6 awarded in scientific events. The articles, in general, were collectively written and publicized in different means, related to the assistant and organizational thematic field. About the experienced process, the nurses mentioned meanings of the research activity in the assistant practice referring to increasing the value in it, the role of learning through it, besides the movements and finality related to it, and furthermore, being a really hard task which demands personal dedication. The meanings, analyzed through the ritual process, show the movements of the subjects and from the institution during the preliminary period, by doing without asking; during the current period by the insertion of nurses into NUPE and during the pos period, with rupture signals to the old paradigms and an opened mind to new perspectives. The development of strategies and actions to mobilize the subjects and the institution were observed in the cultural context with the consciousness to the research activity, the creation of the role of research, the repercussion inside and outside the institution, realized during professional and personal development and having their work developed with an increased value. The research supported by the organization and desired by the nurse, consolidates as scientific and pedagogical strategy in the constant assistant nurse training and adds positive repercussions to the given assistance. In the health area, accepting the research realization in favor of knowledge production and professional development requires changes in the organizational culture through innovations, time and interests of the ones involved.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-01-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.