• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2006.tde-15122006-143850
Documento
Autor
Nome completo
Lígia Carreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2006
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues, Rosalina Aparecida Partezani (Presidente)
Goncalves, Lucia Hisake Takase
Marcon, Sonia Silva
Marques, Sueli
Zago, Marcia Maria Fontao
Título em português
Cuidado da família ao idoso portador de doença crônica: análise do conceito na perspectiva da família
Palavras-chave em português
cuidado
doença crônica
família
idoso
Resumo em português
O envelhecimento populacional vem sendo alvo de atenção no Brasil, uma vez que está ocorrendo um aumento significativo do número de idosos na população. Observa-se que juntamente com essa transição demográfica, ocorre a transição epidemiológica. A preocupação com doenças infecto-contagiosas perde lugar para a alta prevalência das doenças crônicas não-transmissíveis, e a população idosa é a mais acometida por essas doenças. Nesta situação, a família desempenha um papel fundamental na manutenção e controle da doença de seus membros, pois cabe a ela arcar com a continuidade do cuidado ao indivíduo no seu processo de viver. Assim, o estudo tem como objetivo construir um modelo conceitual de cuidado familiar ao idoso com condição crônica, com base nos significados construídos nas interações sociais, identificando, deste modo, como a família vivencia o processo de cuidar do idoso com condição crônica e interpretando os significados do cuidado familiar à este idoso. Utilizou-se como referencial metodológico a Teoria Fundamentada nos Dados e o referencial teórico do Interacionismo Simbólico. Participaram da pesquisa oito famílias de idosos com doença crônica não-transmissível. As famílias foram selecionadas a partir da Equipe de Saúde da Família 15 do município de Maringá-PR, sendo as mesmas acompanhadas no período de agosto de 2005 a maio de 2006. Para o desenvolvimento da pesquisa, utilizou-se como técnica de coleta de dados a observação participante, entrevistas e análise de documentos, realizadas nos domicílios das famílias. A participação em diferentes momentos da vida das famílias e seus membros idosos, bem como os depoimentos permitiram compreender a vivência do cuidado ao idoso com doença crônica, expressa através de conceitos desenvolvidos em três processos: A identificação da doença crônica do idoso, A convivência com a cronicidade da doença do idoso e Os serviços de saúde na vida das famílias. O primeiro processo é constituído por quatro categorias analíticas, sendo estas: A vivência das dificuldades na fase aguda da doença; O processo de adaptação; O reconhecimento da cronicidade da doença; e A perspectiva do futuro incerto. O segundo processo também é composto por quatro categorias: A presença do idoso independente na família; A vivência do cuidado ao idoso dependente; Estratégias utilizadas no cuidado do idoso; e Perceber-se vulnerável. O terceiro processo é formado por uma categoria analítica: O serviço público de saúde no cuidado ao idoso. A organização desse modelo teórico revelou que, na construção de significados sobre o viver e envelhecer com a presença da doença crônica, a capacidade funcional do idoso é um fator significativo e determinante no processo de cuidar e ser cuidado.
Título em inglês
Family care to the elderly with chronic disease: concept analysis from the family's perspective.
Palavras-chave em inglês
care
chronic disease
elder
family
Resumo em inglês
The population aging has turned into the target of attention in Brazil, since a significant increase of the number of the senior citizens is going on. It is observed that while the demographic transition happens, there is also the epidemiological transition. The concern with contagious diseases loses its position to the high prevalence of non-transmissible chronic diseases, and the elderly population is the most affected by those diseases. In this situation, the family has a fundamental role in the maintenance and control of the disease of its members, for it is the family duty to continue caring for the individual in the living process. Therefore, the present study aims to build a conceptual model of the care of the family towards the aged person in chronic condition, based on the meanings built in the social interactions, identifying, this way, how the family lives the process of caring for the elderly with chronic condition and interpreting the meanings of care of the family towards the elder. As a methodological reference the Grounded Theory and the theoretical reference of the Symbolic Interactionism were used. Eight families of senior people with non-transmissible chronic disease participated of the research. The families were selected through the Family Health Team 15 in Maringá, and they were followed from August 2005 through May 2006. For the evolution of the investigation, participant observation, interviews and documents analysis in the families' residences were used as data gathering. The participation in different moments of the families and their seniors' life, and also their testimonies permitted to understand the experience of caring for the elder with chronic disease, expressed through developed concepts in three processes: Identifying the chronic disease, Living with the chronicity of the disease and the Health services in the families' life. The first process is constituted by four analytical categories. They are: Living the difficulties in the acute phase of the disease; The adjustment process; The recognition of the chronicity of the disease; and The perspective of an uncertain future. The second process is also formed by four categories: The presence of the independent aged in the family; The living of the care towards the dependent aged; Strategies used on the caring of the elder; and Perceiving oneself as vulnerable. The third process is formed by an analytical category: The health public service towards the caring for the elder. The organization of this theoretical model revealed that, in the construction of meanings about living and aging with the presence of a chronic disease, the capacity of the elder is a significant factor and it is determinant in the caring and being cared process.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-03-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.