• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2012.tde-15082012-131956
Documento
Autor
Nome completo
Paula Batista Luize
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Canini, Silvia Rita Marin da Silva (Presidente)
Gir, Elucir
Toffano, Silmara Elaine Malaguti
Título em português
Condutas dos profissionais de enfermagem de um hospital especializado em oncologia que sofreram exposição a material biológico.
Palavras-chave em português
Acidentes de trabalho
Condutas Terapêuticas
Equipe de enfermagem
Exposição a agentes biológicos
Notificação de Acidentes de Trabalho
Resumo em português
Introdução: os acidentes ocupacionais envolvendo material biológico são uma preocupação para as instituições de saúde, uma vez que podem causar sérios agravos à saúde dos profissionais. Os trabalhadores de enfermagem têm sido os mais acometidos por esses acidentes e m edidas profiláticas são essenciais para minimizar o risco de soroconversão aos patógenos veiculados pelo sangue. Objetivo: avaliar as condutas relatadas pelos profissionais de enfermagem que sofreram exposição a material biológico referentes à notificação do acidente por meio da CAT e a procura por atendimento clínico especializado. Materiais e Métodos: trata-se de um estudo de corte transversal realizado num hospital especializado em oncologia do interior paulista, aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da referida instituição. No momento da coleta de dados trabalhavam no hospital 518 profissionais de enfermagem, 51 recusaram participar e 26 estavam afastados, assim a população foi composta por 441 profissionais que aceitaram participar do estudo, mediante a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Os dados foram coletados por meio de entrevistas individuais, realizadas no próprio loca l de trabalho, no período de 01/01/2011 a 30/06/2011, e analisados por meio de estatística descritiva, utilizando-se o programa Statistical Package for the Social Sciences, versão17.0. Resultados: dos 441 sujeitos entrevistados, 82 referiram ter sofrido 127 acidentes com material biológico nos doze meses que antecederam a data da entrevista. Ressalta-se que 57,3% dos profissionais acidentados realizaram a conduta corret a, ou seja, notificaram o acidente por meio da Comunicação de Acidente de Trabalho e procuraram atendimento clínico especializado, porém 42,7% não adot aram nenhuma conduta após o acidente. Quanto aos motivos alegados pelos profissionais de enfermagem para não notificarem o acidente por meio da CAT e não procurar o atendimento clínico especializado o mais freqüente foi considerar a notificação desnecessária, subestimando o risco do acidente (72,1%). Conclusão: o presente estudo permitiu identificar a prevalência de subnotificação dos acidentes com material biológico pela equipe de enfermagem e também os principais motivos aleg ados pelos profissionais que não adotaram a conduta preconizada na instituição. Acredita-se que esses resultados podem contribuir para a elaboraç ão e implementação de medidas visando aumentar a adesão às condutas pós-exposição e consequentemente melhorar a segurança dos trabalhadores.
Título em inglês
Conduct of nursing professionals from a specialized oncology hospital who were exposed to biological material
Palavras-chave em inglês
Exposure to biological material
Nursing team
Occupational accidents
Occupational Accidents Registry
Therapeutical Aproaches
Resumo em inglês
Introduction: occupational accidents involving biological material are a concern for the health institutions, since it can cause serious damage to the health of professionals. The nursing team has been most affected by such accidents, thus preventive measures are essential to mi nimize the risk of seroconversion to bloodborne pathogens. Objective: to evaluate the conducts reported by nursing professionals, who were exposed to biologic al material, relating to notification of the accident through the COA and the demand for specialized clinical care. Materials and Methods: this is a cross-sectional study conducted in a specialized oncology hospital in the interior of São Paulo State, approved by the Research Ethics Committee of that institution. At the time of data collec tion, 518 nursing professionals worked in the hospital; 51 refused to participate and 26 had work leave, so the population was composed of 44 1 professionals who accept ed to participate in the study by signing the consent form. Data we re collected through individual interviews performed in the workplace from 01/01/2011 to 30/06/2011, and analyzed using descriptive statistics, through the Statistica l Package for the Social Sciences, version 17.0. Results: of the 441 subjects interviewed, 82 reported having suffered 127 accidents with biological material in the tw elve months preceding the interview date. It is highlighted that 57.3% of the injur ed professionals made the right conduct, i.e., reported the accident through the Communication of Occupational Accidents (COA) and sought specialized clinical care; how ever 42.7% did not adopted any conduct after the accident. Regarding the reasons given by nursing staff for not reporting the accident through the COA and not seek specialized clinical care, the most frequent were they did not consider it important to report, underestimating the risk of accident (72.1%). Conclusion: this study identified the prev alence of the underreporting of accidents with biological material by the nursing staff and also the main reasons given by the professionals who have not adopted the conduct recommended by the institution. It is believed that these resu lts may contribute to the development and implementation of measures to incr ease adherence to post-exposure conduct and thus to improve the safety of professionals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PAULABATISTALUIZE.pdf (440.74 Kbytes)
Data de Publicação
2012-09-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.