• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2006.tde-10052007-165936
Documento
Autor
Nome completo
Iara Aparecida de Oliveira Sêcco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2006
Orientador
Banca examinadora
Robazzi, Maria Lucia do Carmo Cruz (Presidente)
Cassiani, Silvia Helena de Bortoli
Mauro, Maria Yvone Chaves
Nunes, Elisabete de Fátima Polo de Almeida
Zago, Marcia Maria Fontao
Título em português
Acidentes e cargas de trabalho dos trabalhadores de enfermagem de um hospital universitário do Norte do Paraná
Palavras-chave em português
Acidentes de trabalho
Carga de trabalho
Enfermagem
Riscos ocupacionais
Resumo em português
O processo de trabalho da enfermagem hospitalar, quando inadequado ao trabalhador que atua nessas instituições, pode trazer danos à sua integridade física e mental, por propiciar a ocorrência de acidentes de trabalho típicos (ATTs) e/ou desgastes de variadas naturezas a esse grupo, com repercussões pessoais, sociais e econômicas de expressiva monta. A presente pesquisa foi realizada em um Hospital Universitário da região Norte do Paraná (HU), por meio de abordagem quantitativa e qualitativa, desenvolvida em duas fases. A primeira, sob o referencial teórico da epidemiologia descritiva, objetivou analisar o perfil epidemiológico dos registros de ATTs notificados pela equipe, elaborar o relatório das ocorrências, estimar indicadores de risco e identificar as 5 Divisões de Enfermagem que apresentaram os seus maiores índices. A coleta de dados deu-se por meio das Comunicações de Acidentes de Trabalho e das Notificações de Acidentes de Trabalho com Material Biológico, realizadas no período entre 1997 e 2002. Para a análise e discussão dos resultados foi preparado banco de dados com a utilização do Programa Epi-Info versão 6.04 C e a Planilha Eletrônica Excel. A segunda fase, com abordagem metodológica da hermenêutica dialética, fundamentada no referencial teórico do materialismo histórico, constou de entrevistas semi-estruturadas das 5 enfermeiras Chefes de Enfermagem das Divisões que mostraram maiores indicadores de risco, da Enfermeira da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar e da Diretora de Enfermagem, com o objetivo de descrever as contribuições que o Relatório dos ATTs trouxe para o serviço, identificar as cargas de trabalho presentes nos processos de trabalho, analisar a relação entre essas cargas e as ocorrências de acidentes, e por fim, descrever medidas preventivas institucionais passíveis de implementação. Para a análise e discussão desses resultados foi utilizado o Programa Informatizado The Ethnograph v. 5.0. Como produto da analise dos dados qualitativos foram eleitas, como categoria analítica ATTs e o processo de trabalho de enfermagem hospitalar e, como categoria empírica, ATTs e as cargas de trabalho de enfermagem. Os resultados evidenciaram que o processo de trabalho no Hospital está organizado para atender a demanda dos usuários do Sistema Único de Saúde, atendimento esse realizado na lógica do modelo clínico, individual, curativo. Foram notificados 392 acidentes no período, sendo 89% (349) os ATTs, cujo coeficiente de risco médio anual (CRMA) estimado foi de 9,2 acidentes para cada 100 trabalhadores. Os mais acometidos foram os técnicos/auxiliares de enfermagem, com 93,9% (328) dos casos e CRMA de 10,4. Os acidentes que envolveram exposição aos materiais biológicos foram os mais presentes, com 64,2% (224) das ocorrências, mostrando o CRMA igual a 5,9; que atingiram, principalmente, as mãos dos trabalhadores no manuseio de perfurocortantes. As Divisões de Enfermagem que apresentaram os maiores indicadores de risco, em ordem decrescente, foram: Pronto Socorro, Centro Cirúrgico, Unidade de Terapia Intensiva Adulto, Divisão de Internamento e Divisão Materno-infantil. Verificou-se que o processo de trabalho de enfermagem mostrou-se dividido entre o manual, realizado majoritariamente pelos profissionais de nível médio, e o gerencial, realizado pelos enfermeiros, que estão, gradativamente, assumindo as atividades da assistência direta, especialmente nas unidades de atendimento ao paciente criticamente enfermo. As cargas de trabalho biológicas foram as que representaram os mais relevantes riscos conforme o ponto de vista da gerência, situação confirmada também nos indicadores de risco. As cargas mecânicas têm sido, aparentemente, potencializadas, dado o desgaste e o envelhecimento dos trabalhadores, chegando a impossibilitar parte do grupo de continuar na atividade laboral plena. As cargas químicas e físicas, pouco se levaram em conta, possivelmente em razão de pouco as conhecer o grupo dos trabalhadores. As cargas fisiológicas mostraram estar relacionadas à dupla jornada de trabalho, formal ou informal, às horas-extras e ao pouco tempo para o sono e o lazer. As psíquicas mostraram especial relevância, uma vez que se apresentam de maneira insidiosa, expressando a penosidade do trabalho na vida do trabalhador; ainda, a historia de vida, as dificuldades socioeconômicas pelas quais tem passado um contingente expressivo dos trabalhadores terminam por potencializá-las. O número insuficiente de pessoal, o elevado índice de absenteísmo não previsto, as contingências históricas e sociais vivenciadas na instituição pública fazem com que a realidade dos acidentes fique relegada a um segundo plano, dada a emergência de outras situações existentes no cotidiano. A instituição de espaços de discussão sobre a realidade do trabalho de enfermagem, a maior participação dos trabalhadores nas entidades de classe, as ações educativas amplamente desenvolvidas no Hospital, a implementação do trabalho desenvolvido pelo Setor de Medicina Ocupacional são algumas das medidas preventivas que podem contribuir expressivamente para a melhora das condições de vida e trabalho dessa população, que, se por um lado cuida da saúde dos outros, necessita por outro que a sua própria seja igualmente cuidada.
Título em inglês
Job-related accidents and workload of nursing professionals in a University Hospital of Northern Paraná
Palavras-chave em inglês
Job-related accidents
Nursing
Occupational risks
Workload
Resumo em inglês
The work of hospital nursing, whenever inadequate to the workers in this type of labor setting, may be harmful to the mental and physical integrity of workers as it is likely to cause typical accidents and/or damages of several types with highly personal, social and economical impact. This qualitative and quantitative research was carried out in a university hospital of northern Paraná in two phases. Under the theoretical referential of the descriptive epidemiology, the first phase was meant to analyze the epidemiological profile of job-related accidents as notified by the team, to have a report of events, to estimate risk indicators, and to identify the five Divisions of Nursing with the highest risk indices. The data collection was made from the Communications of Job-related Accidents and Notifications of Job-related Accidents as caused by Biological Material in the period between the years 1997 and 2002. The analysis and the discussion of results were based on the data bank using the Epi-Info version 6.04 C program and the Excel Electronic Plan. The second phase of the research, with a dialectic hermeneutic approach and a historical materialism theoretical reference, comprehended semi-structured interviews with 5 Head Nurses from the Nursing Divisions with the highest risk indices, with a nurse from the Committee of Hospital Infection Control and with the Director of the Nursing Division, in order to identify their workload, to analyze the relationship between the workloads and the rate of accidents, and to describe the institutional preventive measures that were likely to be adopted. The computerized Ethnograph v. 5.0 program was used for the analysis and the discussion of these results. As a product of the qualitative data analysis the jobrelated accidents and the hospital nursing work were considered as analytical categories and the job-related accidents and the nursing workload, as empirical categories. The results evidenced that the work in the Hospital is organized in a way to meet the demands of patients from the Brazilian Unified Health System following a clinical, individual, and curative model. There were notifications of 392 accidents in the period under analysis, 89% (349) with average annual risk rate of 9.2 accidents for every 100 workers. Nursing assistants accounted for 93.9% (328) of the cases with 10.4 of risk rate. Most frequent accidents were related to exposition to biological material, 64.2% (224) and 5.9 risk rate, and involving the workers hands due to the use of perforating and cutting objects. In a decreasing rate, the Nursing Divisions with the highest indices of risk were: Emergency Ward, Surgery Theater, Adult Intensive Care Unit, Hospitalization Division and Maternity and Child Division. It was verified that the nursing work was divided between the manual work, most of it carried out by average level professionals, and the managerial work, performed by those nurses who are gradually taking over the duties of direct assistance, especially in the units for critically ill patients. The biological workloads presented the highest rate of relevant risks from the perspective of management and confirmed by their indices of risk. The mechanical workloads have been apparently potentialized due to workers aging and tiredness; a fact that has prevented some of them from keeping their full labor schedule. The chemical and physical loads have not been taken into account; maybe because the group knows very little about them. It was evidenced that the physiological loads related to the double shifts of work, either formal or informal, the overtime hours and the short periods of time to sleep and have some leisure. The psychic loads were seen as of special relevance as they are presented in an insidious way, expressing the hardships of the work, the workers history of life, and the social and economical difficulties a great number of them have experienced; thus these are also potentialized by the workers. The insufficient number of personnel, the high rate of unexpected absenteeism, and the historical and social contingencies experienced in the public entity turn this jobrelated accident context into a not-so-important consideration in face of other existent daily situations. The organization of moments when debates about the nursing work context may take place, a larger participation of the workers in their representative unions, the educational actions developed in the Hospital, and the implementation of the work carried out in the Sector of Occupational Medicine should be some of the preventive measures that could largely contribute for the improvement of the life and work conditions of this group who takes care of other people s health and at the same time needs to have their own health taken care of.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
IaraSecco.pdf (2.83 Mbytes)
Data de Publicação
2007-05-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.