• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Vânia Cláudia Spoti Caran
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Robazzi, Maria Lucia do Carmo Cruz (Presidente)
Barreto, Margarida Maria Silveira
Navarro, Vera Lucia
Título em português
Riscos psicossociais e assédio moral no contexto acadêmico
Palavras-chave em português
Assédio Moral
Riscos Ocupacionais
Riscos Psicossociais
Violência
Resumo em português
O Assédio Moral e os riscos psicossociais tem sido fonte de estudos de diversos pesquisadores no século XXI, mas ainda é pouco abordado pela Saúde do Trabalhador. Assédio Moral é tema complexo, de difícil abordagem, pois está inserido em um âmbito da violência caracterizada pela percepção muitas vezes apenas da própria vítima. Nesta pesquisa estabelecemos os objetivos de identificar a existência de Riscos Pscicossociais e Assédio Moral e suas repercussões entre os docentes de uma Instituição de Ensino Superior, além dos objetivos específicos de :identificar características do trabalho dos docentes, identificar a existência de riscos psicossociais/pressão no ambiente de trabalho, identificar as alterações à saúde dos docentes provocadas pelos riscos psicossociais/pressão no trabalho. O estudo foi de abordagem quantitativa, transversal e descritivo do qual foi apresentado o instrumento de pesquisa um questionário de 26 perguntas com questões sociodemográficas e ocupacionais, além de 2 questões norteadoras sobre os riscos psicossociais e o assédio moral baseadas na literatura existente. Constituíram-se como sujeitos da pesquisa uma amostra de 54 docentes, 62,79% em relação ao total, sendo em sua maioria 92% do sexo feminino, 64,80% casados e 37,03% entre as idades de 40 à 49 anos,do qual 81,50% graduados em enfermagem, em sua maioria formados nas décadas de 70 e 80.dos quais 63% estão em cargos de Professor Doutor com regime de trabalho de dedicação exclusiva, recebendo entre 12 à 14 salários mínimos vigentes,e destes 50 % admitiram exercício de cargos administrativos, dos quais também informaram exercer cargos de Assessoria e Consultoria. A maioria informou que sua opção pela academia foi devido á realização pessoal e a probabilidade de trabalhar com pesquisa onde destacaram maior realização profissional ao ministrar aulas e menor ao exercer trabalhos administrativos. Destes sujeitos 94,4% admitiram à existência de riscos psicossociais em seu ambiente de trabalho atribuídos à sobrecarga de trabalho, carga mental intensa, estresse, tempo, relações inter-pessoais, excesso de responsabilidade e falta de planejamento, 92,60% admitiram sofrer pressão no trabalho, e destes 87% disseram sentir a saúde afetada, relataram queixas de maior incidência como: estresse, ansiedade, insônia/dificuldades no sono, cefaléia e gastrite. Questionados sobre o Assédio Moral a maioria 38% disseram ser um problema comum na universidade, dos quais 22% disseram ter sido vítima contraponto 22% que alegaram nunca ter sido vítima de Assédio Moral, enquanto 32% disseram ter conhecimento de um colega que sofreu. Foram descritos vários casos dos quais muitos coincidentes com a literatura. Evidenciou-se que o local de trabalho está caracterizado pelo aspecto de demanda excessiva, pressão e competição que afeta à saúde dos docentes e propicia o ambiente propício a existência de riscos psicossociais e do Assédio Moral.
Título em inglês
Psychosocial risk and moral harassent in the academic context
Palavras-chave em inglês
Moral harassment
Ocuppational risks
Psycosocial risks
Violence
Resumo em inglês
Psychosocial risks are constituted under factors or risks agents´ presence, at laboral environment, which alter workers´ wellness situation, resulting in their health damage. Among many psychosocial risks, we can find psychological violence or moral harassment that are understand as the intentional power use which are used against a person or a group, causing them: physical, mental, spiritual or moral alterations. This study intended to identify, among college professors, the existence of psychosocial risks in their laboral activities, in order to find out moral harassment occurrence in their laboral environment, and its repercussion between them. The study was transversal, descriptive and had a quantitative approach. It was developed in a public college institution; had 54 subjects as sample, which answered a previously validate data insurance form. As result, it was verified that these subjects are, in their majority, female, married, graduated between the 70´s - 80´s, PhD - who are working in full lecturing and research regime and receive as payment, an amount of 12 to 14 Brazilian wages. This majority admitted the psychosocial risks presence in their laboral environment, being reported as main factors: laboral excess, intense mental tasks, stress, work pressure, among other factors. All the presented health alterations are is, in their majority: stress, anxiety, sleeping disorder, migraine and gastritis. When inquired about the moral harassment existence, most subjects affirmed being a common problem at college, describing many coincidently situation in concomitance with the consulted literature. This harassment occurred in a horizontal and descendent form. College environment is a place where psychological violence is easily diagnosed, because of its competitive and rivalry environment. Possibly these situations are consequence of previous problems, not adequately solved and which have the tendency of emerging in serious situations. So, it is important a corporative effort in the universal identity seek, preserving the solidarity and equity values and observing the ethic limits established to the college life.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-02-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.