• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2019.tde-06122018-134419
Documento
Autor
Nome completo
Thamiris Cavazzani Vegro Czempik
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Rocha, Fernanda Ludmilla Rossi (Presidente)
Campos, Juliana Alvares Duarte Bonini
Fonseca, Marisa de Cássia Registro
Gabriel, Carmen Silvia
Título em português
Adaptação cultural e validação do Organizational Culture Assessment Instrument para uma amostra de profissionais de enfermagem brasileiros
Palavras-chave em português
Cultura organizacional ; Estudos de validação ; Profissionais de enfermagem ; Psicometria
Resumo em português
Este estudo teve por objetivo traduzir, adaptar culturalmente e validar o Organizational Culture Assessment Instrument - OCAI para uma amostra de trabalhadores de enfermagem brasileiros. Trata-se de um estudo observacional do tipo transversal com amostragem não probabilística. O processo de adaptação cultural seguiu as etapas: tradução, síntese e consenso das traduções, avaliação da versão traduzida por Comitê de Juízes, retrotradução, análise semântica e pré-teste. A tradução foi realizada por dois tradutores e a síntese das traduções por um terceiro tradutor. Estas versões foram analisadas por um Comitê de Juízes, gerando uma versão consensual que foi retrotraduzida e enviada para os autores do instrumento original, os quais a aprovaram. A análise semântica e o pré-teste foram realizadas por 30 profissionais de enfermagem e, após a realização das alterações sugeridas, foi gerada a versão adaptada para o contexto brasileiro do OCAI em uma amostra de trabalhadores de enfermagem (OCAI-Nurs). Em relação à avaliação das propriedades psicométricas, foram estimadas: a sensibilidade psicométrica dos itens; a validade de construto fatorial, por meio da Análise Fatorial Confirmatória e do método da máxima verossimilhança, utilizando-se os índices de qualidade de ajustamento ?2/gl, GFI, CFI e RMSEA; a validade de construto convergente, estimada pela Variância Extraída Média; a invariância fatorial, avaliada pela análise multigrupos (teste da diferença de qui-quadrado em amostras independentes); e a confiabilidade do instrumento, avaliada por meio da consistência interna dos fatores (alfa de Cronbach e confiabilidade composta). O processo de validação foi realizado com 277 profissionais de enfermagem de quatro hospitais do interior do Estado de São Paulo. Observou-se predominância de mulheres (82,3%); a média de idade foi de 36,25 anos; o tempo médio de atuação nos hospitais foi de seis anos e de atuação profissional de 12 anos. Os resultados obtidos na adaptação cultural mostraram que o OCAI-Nurs é compreensível, fácil de ser respondido e adequado para a amostra de profissionais de enfermagem brasileiros. No processo de validação, os resultados mostraram que a sensibilidade psicométrica dos itens foi considerada adequada; a validade de construto fatorial apresentou propriedades psicométricas insatisfatórias nos itens CD1A, GC3B, CD1Bf, EE5Bf, CD1C, GC3D, LO2D e LO2Df e, portanto, foram excluídos; a validade de construto convergente apresentou limitação em todos os perfis, exceto no Perfil de Controle (presente); houve invariância estrita dos modelos fatoriais para todos os perfis, exceto no perfil Colaboração (futuro) e Competitivo (presente); quanto à confiabilidade, o OCAI-Nurs apresentou ? adequado no perfil Competitivo no presente e CC adequada nos perfis de Controle e Competitivo no presente. Deste modo, o OCAI-Nurs obteve índices de ajustamento bons, indicando que o instrumento é adequado para a amostra estudada, porém, mostrou pesos fatoriais baixos e confiabilidade comprometida, os quais podem ser justificados pelas diferenças entre os valores que caracterizam a cultura dos hospitais e da enfermagem e aqueles que determinam os perfis culturais do OCAI. Por este motivo, sugerese a realização de estudos futuros na tentativa de se obter uma estrutura fatorial mais estável do OCAI-Nurs e o desenvolvimento de instrumentos que sejam capazes de captar as especificidades do trabalho em saúde e de enfermagem
Título em inglês
Cultural adaptation and validation of the Organizational Culture Assessment Instrument for a sample of brazilian nursing professionals
Palavras-chave em inglês
Nurse practitioners ; Organizational culture ; Psychometrics ; Validation studies
Resumo em inglês
This study aimed to translate, culturally adapt and validate the Organizational Culture Assessment Instrument - OCAI for a sample of Brazilian nursing workers. This is an observational cross-sectional study with non-probabilistic sampling. The process of cultural adaptation followed the steps: translation, synthesis and consensus of translations, evaluation of the version translated by Committee of Judges, back-translation, semantic analysis and pre-test. The translation was done by two translators and the synthesis of the translations by a third translator. These versions were analyzed by a Committee of Judges, generating a consensual version that was backtranslated and sent to the authors of the original instrument, which approved it. Semantic analysis and pre-test were performed by 30 nursing professionals and, after the proposed changes were made, the adapted version to the Brazilian context of OCAI in a sample of nursing workers (OCAINurs) was generated. In relation to the evaluation of the psychometric properties, the psychometric sensitivity of the items were estimated; the factorial construct validity, using the Confirmatory Factor Analysis and the maximum likelihood method, using the quality indexes of adjustment ?2/gl, GFI, CFI and RMSEA; the convergent construct validity, estimated by Average Extraction Variance; factorial invariance, assessed by multi-group analysis (chi-square test in independent samples); and the reliability of the instrument, evaluated through the internal consistency of the factors (Cronbach's alpha and composite reliability). The validation process was performed with 277 nursing professionals from four hospitals in the interior of the State of São Paulo. A predominance of women (82.3%) was observed; the mean age was 36.25 years; the average time of operation in the hospitals was six years and of professional performance was 12 years. The results obtained in the cultural adaptation showed that OCAI-Nurs is understandable, easy to answer and suitable for the sample of Brazilian nursing professionals. In the validation process, the results showed that the psychometric sensitivity of the items was considered adequate; the factorial construct validity showed unsatisfactory psychometric properties in items CD1A, GC3B, CD1Bf, EE5Bf, CD1C, GC3D, LO2D and LO2Df and, therefore, were excluded; the convergent construct validity presented limitation in all the profiles, except in the Control Profile (present); there was a strict invariance of the factorial models for all profiles, except in the Collaborate (future) and Compete profile (present); as to reliability, OCAI-Nurs presented adequate ? in the Competitive profile in the present and adequate CC in the Control and Compete profiles in the present. Thus, the OCAI-Nurs obtained good adjustment indexes, indicating that the instrument is adequate for the studied sample, but showed low factorial weights and compromised reliability, which can be justified by the differences between the values that characterize the hospitals and nursing culture and those who determine the cultural profiles of OCAI. For this reason, it is suggested to carry out future studies in an attempt to obtain a factorial structure of OCAI-Nurs more stable and the development of instruments that are able to capture the specificities of work in health and nursing
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-01-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.