• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2019.tde-06112018-202751
Documento
Autor
Nome completo
Vanessa dos Santos Ribeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Emília Campos de (Presidente)
Eduardo, Aline Helena Appoloni
Kusumota, Luciana
Morais, Sheila Coelho Ramalho Vasconcelos
Título em português
Contribuição da metodologia da problematização na aprendizagem de habilidades comunicativas para obtenção de dados subjetivos e manejo de emoções do paciente
Palavras-chave em português
Comunicação
Educação em enfermagem
Ensino
Metodologia
Simulação
Resumo em português
A Metodologia da Problematização, com uso do Arco de Maguerez, é composta por cinco fases: apresentação da realidade, identificação dos postos-chaves, teorização, hipóteses à solução do problema e aplicação à realidade. Este estudo teve o objetivo de analisar a contribuição da Metodologia da Problematização na aprendizagem de habilidades comunicativas de estudantes de enfermagem para obtenção de dados subjetivos e manejo de emoções do paciente. Para tanto, buscou evidenciar, nas fases do Arco de Maguerez, o processo de aprendizagem do conteúdo de comunicação, por meio da identificação dos pontos-chave de uma situação de comunicação, da teorização, da construção das respostas aos pontos-chave e pela aplicação à realidade do conhecimento adquirido por meio de uma simulação. Participaram do estudo 88 discentes dos cursos de graduação em enfermagem de uma instituição pública; eles atuaram em grupos de cinco estudantes cada. Para o alcance dos objetivos, um vídeo previamente validado foi usado como disparador da problematização na etapa de observação da realidade. Tal vídeo retratava um paciente, acompanhado da esposa, que aguardava o atendimento da enfermeira, após serem informados da necessidade de cirurgia por câncer. Na fase de identificação dos pontos-chave, os estudantes arrolaram aspectos relevantes da comunicação entre a enfermeira, o paciente e o acompanhante. Na teorização, após as buscas na literatura sobre as questões elaboradas, a docente incentivou os estudantes a apresentarem seus achados e complementou o conhecimento sobre "comunicação". Em seguida, na hipótese de solução, os graduandos responderam às questões formuladas inicialmente. No segundo dia da experiência de aprendizagem, foi realizada a aplicação à realidade. Aos estudantes foram atribuídos distintos papéis: um enfermeiro, um paciente com seu acompanhante e dois observadores. Os observadores usaram um checklist para assinalar os passos das técnicas comunicacionais realizadas pelo enfermeiro. Os que representaram pacientes e acompanhantes simularam estar com medo da amputação do pé, devido ao diabetes e à presença de sangramento. Os que representaram enfermeiros avaliaram a queixa do paciente e intervieram no manejo de emoções. Todos participaram do debriefing, respeitando sua participação. Os dados de todas as fases foram registrados. Ao longo do desenvolvimento do Arco foi possível identificar, nas falas dos participantes, os elementos considerados essenciais: Condução da entrevista, Obtenção de dados das queixas por meio da técnica OPQRST; Identificação do conhecimento sobre a condição clínica pelo paciente, dos Recursos de suporte disponíveis; Manejo de emoções usando as técnicas comunicacionais NURSE, Ask-Tell-Ask, Tell Me More e Comunicação Terapêutica; ainda, os tópicos identificados pelos estudantes. Portanto, os dados apontam que os participantes da pesquisa problematizaram, fizeram hipóteses para solução do problema que lhes foi apresentado e realizaram na prática a tarefa esperada. Na última fase, surgiram novos conteúdos que retratam a libertação em busca da autonomia e perspectiva de mudança da prática assistencial. Dessa forma, nas condições deste estudo, o Arco de Maguerez foi um método eficaz para o ensino do conteúdo proposto acerca de Comunicação em Enfermagem, nessa etapa curricular
Título em inglês
Contribution of the Problematization Methodology in the learning of communicative abilities to obtain subjective data and management of the patient's emotions
Palavras-chave em inglês
Communication
Methodology
Nursing Education
Simulation
Teaching
Resumo em inglês
The Problematization Methodology, using Maguerez's method, is composed of five phases: presentation of reality, identification of key-points, theorization, hypotheses to solve the problem and application to reality. The purpose of this study was to analyze the contribution of the Problematization Methodology to the learning of communicative skills of nursing students to obtain subjective data and the patient's emotion management. In order to do so, this study sought to demonstrate, in the phases of Maguerez's method, the process of learning the content of communication, through the identification of the key points in a communication situation, the theorization, the construction of the answers to the key points and in the application to the reality of the knowledge acquired through a simulation. Participants in the study were 88 students of undergraduate nursing courses from a public establishment; these ones participated in groups of five students each. To reach the objectives, a previously validated video was used as a trigger for problematization in the reality observation stage; this video portrayed a patient accompanied by the wife who waited for the nurse's assistance, after being informed of the necessity of a cancer surgery. In the identification phase of the key points, the students list relevant aspects of the communication between the nurse, the patient and the companion. In the theorizing moment, after the literature searches concerning the questions previously elaborated, the professor encouraged the students to present their findings and complemented the knowledge about communication. Then, in hypothesizing the solution, the students answered the questions formulated initially. On the second day of the learning experience, the application to reality was conducted. The students were assigned different roles: a nurse, a patient with a companion and two observers. The observers used a checklist to mark the steps of the communicational techniques performed by the nurse. Those who represented patients and companions simulated fear of foot amputation due to diabetes and the presence of bleeding. Those who represented nurses evaluated the patient's complaint and intervened in the management of emotions. All participants took part in the debriefing according to their participation. Data from all phases were recorded. Throughout the development of Maguerez's method, it was possible to identify, in the participants' speeches, the elements considered essential: conducting the interview, obtaining complaint data through the OPQRST technique; identification of the patient's knowledge about the clinical condition, the available support resources, of emotional management using the communicational techniques NURSE, Ask-TellAsk, Tell Me More and Therapeutic Communication; and also the topics identified by the students. Therefore, data indicate that the research participants have problematized, hypothesized to solve the problem presented to them and performed the expected task. In the last phase, new contents emerged which portrayed the liberation in search of the autonomy and perspective of change of the assistance practice. Thus, under the conditions of this study, the Maguerez's method was an effective method for the teaching of the proposed content about Communication in Nursing, in this curricular stage
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-01-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.