• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2007.tde-02012008-090428
Documento
Autor
Nome completo
Cleotilde Garcia Reza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Nogueira, Maria Suely (Presidente)
Alves, Leila Maria Marchi
Cesarino, Claudia Bernardi
Cesarino, Evandro José
Hayashida, Miyeko
Título em português
O cotidiano do hipertenso na perspectiva do modelo de campo de saúde de Lalonde
Palavras-chave em português
fatores de risco
hipertensão
modelo de campo de saúde
Resumo em português
A presente pesquisa for desenvolvida junto a pacientes hipertensos cadastrados em um Programa de Exercício Aeróbio de um Centro de Saúde do Município de Toluca - México, tendo por objetivo caracterizá-los de acordo com as variáveis do Modelo de Campo de Saúde de Lalonde: biologia humana, meio ambiente, estilo de vida e organização dos serviços de saúde e, analisar o sentir e o pensar destes pacientes sobre sua doença e os cuidados com a mesma. Participaram da pesquisa quarenta e oito pacientes, cujos dados foram obtido em duas fases; primeiramente obteve-se os dados referentes aos quatro elementos do Modelo de Campo de Saúde de Lalonde em seguida, por meio de cinco questões orientadoras foi possível identificar a experiência dos hipertensos com a doença, enfocando o pensar e o sentir destes pacientes, desde o diagnóstico até as mudanças e cuidados impostos pela doença; após a obtenção dos valores da PA, os pacientes, foram classificados em dois grupos: aqueles com PA controlada e aqueles de PA não controlada, de acordo com as recomendações do JNC-7 (2006). Entre os pacientes do grupo de PA controlada 77,08% eram mulheres: 54,16% tinham idade superior a 60 anos; 81,25% estavam com a PA controlada; 27,08% apresentavam sobrepeso e 68,75% possuíam RCQ maior que 90; 45,83% não sabiam indicar antecedentes familiares para a doença; 20,83% indicaram ser hipertensos há mais de dez anos; 72,91% faziam tratamento para a hipertensão arterial, 43,73% indicaram conhecer os valores de PA; 39,59% eram viúvos; 52,08% procediam do meio urbano; 68,75% possuíam nível de escolaridade baixo; 54,16% ocupavam-se dos afazeres domésticos; 70,83% indicaram realizar exercício físico, sendo a caminhada indicada por 66,67% deles; 75,0% não fumavam e 68,75% não consumiam bebida alcoólica; 66,67% indicaram apresentar estresse, sendo este mais freqüente em função de problemas familiares e no lar; 72,91% indicam fazer em média três refeições diárias e consumir alimentos com pouco sal (68,75%); 68,75% indicaram usar os serviços de saúde do sistema público, sendo que 54,16% indicaram procurar o serviço somente quando não se sentissem bem. Em relação ao que pensavam sobre sua doença e o cuidado, pode-se identificar que os hipertensos percebem como necessária a mudança de comportamento a partir da descoberta da doença, embora o início da doença não tenha gerado nenhuma mudança significativa. Os resultados deste estudo são importantes para o universo dos serviços de saúde do México, uma vez que demanda a necessidade de aprofundar estudos que gerem novos conhecimentos que possam contribuir para a melhoria do cuidado ao hipertenso.
Título em inglês
The everyday life of hypertensive individuals from the perspective of the Lalonde's Health Field Model.
Palavras-chave em inglês
health field model
hypertension
risk factors
Resumo em inglês
This study was developed with hypertensive patients registered in an Aerobic Exercise Program in a Health Care Center in the city of Toluca-Mexico. The study objective is to characterize these individuals according to the Lalonde's Health Field Model variables: human biology, environment, life style, and health service organization. The study also aimed to analyze these patients' feelings and considerations regarding their illness and their care towards it. Forty-eight patients took part in the study. Patient data was obtained in two phases: first, the data regarding the four Lalonde's Health Field Model elements were obtained, and, then, using five guiding questions, it was possible to identify the hypertensive patients' experience with the illness, focusing on their thoughts and feelings from the moment of diagnosis to the changes imposed by the illness. After obtaining the patients' blood pressure (BP) values, they were classified in two groups, according to JNC-7 (2006) recommendations: those with BP under control, and those with uncontrolled BP. Among patients in the controlled BP group, 77.08% were women, 54.16% were aged above 60 years, 81.25% did not have the BP under control, 27.08% were overweight, and 68.75% had a waist-hip ration (WHR) above 90. Among the hypertensive patients, 45.83% were unable to report any family history for the illness, 20.83% reported being hypertensive for over 10 years, 72.91% were under hypertension treatment, 43.73% reported knowing their BP values, 39.59% were widowed, 52.08% originated from the urban environment, 68.75% had a low educational level, 54.16% performed household chores, 70.83% reported doing physical exercises, with 66.67% reporting walking regularly, 75.0% are non-smokers, 68.75% do not drink alcoholic beverages, 66.67% reported having stress, which is rather often due to family problems, 72.91% reported eating at least three meals a day and eating foods with littlesalt (68.75%), 68,75% indicated using the public system's health care service, of which54.16% reported seeking the service only when they did not feel well. Regarding what the patients considerations about the illness and health care, is was possible to identify that they perceived that the change in behavior as something necessary for the change in behavior from as of the moment the illness is identified, regardless if the onset has not yet caused any significant change. The study results are important for the universe of health services in Mexico, since the requires the need for more profound studies that would generate new knowledge that could enhance the care offered to hypertensive individuals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Cleotildegarciareza.pdf (728.62 Kbytes)
Data de Publicação
2008-01-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.