• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2005.tde-30062005-095855
Documento
Autor
Nome completo
Zeyne Alves Pires Scherer
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2005
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Ana Maria Pimenta (Presidente)
Colares, Maria de Fátima Aveiro
Contel, Jose Onildo Betioli
Santos, Manoel Antonio dos
Sordi, Mara Regina Lemes de
Título em português
"Grupoterapia e enfermagem: o estudante e a transição teórico-prática"
Palavras-chave em português
educação em enfermagem
ensino
estudantes de enfermagem
psicoterapia de grupo
Resumo em português
O ensino da enfermagem, ao longo da sua história, vem sendo caracterizado pela constante implementação de mudanças curriculares nos cursos de graduação e discussões de propostas pedagógicas. Na atualidade, dentro do contexto bio-psico-social-econômico-cultural, tem sido necessário considerar a complexidade do ser humano e o meio em que vive, no sentido de viabilizar recursos que possibilitem a formação de profissionais competentes para lidar com os desafios do século XXI. Não se pode, portanto, perder de vista as visões humanitárias, ameaçadas pela própria contemporaneidade com suas relações virtuais e cada vez mais distante do toque e do calor humano. Os estudantes de graduação da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto-USP (EERP-USP), freqüentemente, trazem aos educadores as dificuldades que manifestam ao se depararem com as atividades da prática profissional do enfermeiro, nova para os mesmos, e os questionamentos e dúvidas que levantam em relação ao curso. Este estudo teve como objetivos: verificar através das verbalizações em grupo a existência de sentimentos de ansiedade, angústia e medo que, segundo a literatura, podem aparecer nos alunos de graduação em enfermagem na transição teórico-prática; discutir os resultados obtidos neste trabalho de grupo à luz das fases do desenvolvimento de grupo, com base no referencial de Yalom (1995) e Lasalle e Lasalle (2001); investigar a opinião das participantes do estudo sobre aspectos positivos e negativos dos encontros grupais, através do procedimento de entrevista individual. O grupo foi realizado na EERP-USP, totalizando 16 encontros, com a participação de 12 alunas matriculadas na disciplina ERG-218 Fundamentos II. Trata-se de uma investigação qualitativa conduzida pela observação participante. O estudo envolveu três momentos: pré-grupo (passos que precederam a coleta de dados), encontros grupais (coleta de dados propriamente dita) e avaliação (através de entrevista individual). A análise de dados foi feita com base no levantamento de temas presentes em cada encontro, relacionando-os às fases do processo grupal (fase inicial, fase operacional e fase de término) e dos revelados nas entrevistas de avaliação. Estes temas foram discutidos através de comentários reflexivos. Fatores terapêuticos como: coesão, catarse, altruísmo e universalidade permearam os encontros grupais. Foram identificadas, ainda, características de funcionamento como apoio, ênfase no aqui-agora e diretividade como fatores que proporcionaram a estruturação do grupo. Conclui-se que, embora limitada a um grupo específico de alunos, esta estratégia de suporte foi útil e merece atenção de estudos futuros. O trabalho em grupo facilita as trocas de experiências relacionadas ao curso, bem como traz a oportunidade de exposição de medos e angústias, enfrentados pelos estudantes, auxiliando na formação de seres humanos incumbidos da tarefa de cuidar do outro.
Título em inglês
Group therapy and nursing: the student and the theoretical-practical transition.
Palavras-chave em inglês
group psychotherapy
nursing education
nursing students
teaching
Resumo em inglês
Throughout its history, nursing teaching has been characterized by the constant implementation of curricular changes in undergraduate courses and discussions on pedagogical proposals. Nowadays, in the biopsychosocial, economic and cultural context, there has been a need to take into account the complexity of human beings and the environment they live in, so as to constitute resources that allow for the formation of competent professionals to deal with the challenges of the XXIst century. Hence, we cannot forget about the humanitarian views, which are threatened by modernity, with its virtual relations that are increasingly distant from touch and human warmth. Undergraduate students at the Ribeirão Preto College of Nursing -USP (EERP-USP) frequently present their teachers with the difficulties they face when they are confronted with professional nursing practices, which are new to them, and with the inquiries and doubts they bring up with respect to the course. This study aimed to verify the existence of anxiety, anguish and fear which, according to literature, undergraduate students may experience in the transition process from theory to practice, on the basis of comments presented in a group activity; to discuss the results of this group work in view of group development phases, in accordance with Yalom (1995) and Lasalle and Lasalle (2001); and to examine the study participants’ opinion about positive and negative aspects of group meetings through individual interviews. 16 group meetings were held at EERP-USP, with the participation of 12 students enrolled in subject ERG-218 Fundamentals II. A qualitative study was carried out by means of participant observation. The study involved three phases: pre-group (steps before data collection), group meetings (actual data collection) and evaluation (through individual interviews). Data analysis was based on a survey of the subjects present in each meeting, which were related to the phases of the group process (initial, operational and final phase), as well as subjects that came up during the evaluation interviews. These subjects were discussed through reflective comments. Therapeutic factors like cohesion, catharsis, altruism and universality permeated the group meetings. Furthermore, we identified characteristics of functioning as support, emphasis on the here and now and directiveness as factors that structured the group. We conclude that, although limited to a specific student group, this support strategy was useful and deserves further study. Group work facilitates the exchange of course-related experiences and offers the opportunity to expose fears and anxieties faced by the students, thus assisting in the formation of human beings who are charged with delivering care to others.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
SCHERER_ZAP.pdf (1.08 Mbytes)
Data de Publicação
2005-07-26
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • SCHERER, Zeyne Alves Pires, and SCHERER, Edson Arthur. Reflections on nursing teaching in the post-modernity era and the metaphor of a theory-practice gap [doi:10.1590/S0104-11692007000300021]. Revista Latino-Americana de Enfermagem [online], 2007, vol. 15, n. 3, p. 498-501.
  • SCHERER, Zeyne Alves Pires, SCHERER, Edson Arthur, and CARVALHO, Ana Maria Pimenta. Group therapy with nursing students during the theory-practice transition [doi:10.1590/S0104-11692007000200005]. Revista Latino-Americana de Enfermagem [online], 2007, vol. 15, n. 2, p. 214-223.
  • SCHERER, Zeyne Alves Pires, SCHERER, Edson Arthur, and CARVALHO, Ana Maria Pimenta. Reflexões sobre o ensino da enfermagem e os primeiros contatos do aluno com a profissão [doi:10.1590/S0104-11692006000200020]. Revista Latino-Americana de Enfermagem [online], 2006, vol. 14, n. 2, p. 285-291.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.