• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2019.tde-28012019-111022
Documento
Autor
Nome completo
Helen Patricia do Valle
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Luciane Sá de (Presidente)
Gonçalves, Marlene Fagundes Carvalho
Scarpini, Neire Aparecida Machado
Silva, Marta Angélica Iossi
Título em português
Significações de professores do ensino fundamental sobre as ações da equipe de saúde na escola
Palavras-chave em português
Estratégia saúde da família ; Promoção da saúde ; Saúde escolar
Resumo em português
O fortalecimento da promoção da saúde considerando o espaço escolar como um ambiente de potencialidades para seu desenvolvimento está previsto nas ações intersetoriais entre a escola e os serviços de saúde, e está entre os objetivos centrais do trabalho da equipe Estratégia Saúde da Família (ESF) e do Programa Saúde na Escola (PSE). O estudo teve por objetivo analisar as significações de professores do ensino fundamental sobre as ações da equipe de saúde na escola em um município do interior paulista. O estudo foi realizado a partir de abordagem qualitativa de pesquisa, utilizando como técnica de construção de dados a entrevista semiestruturada com professores dos 1º aos 5º anos do ensino fundamental das escolas de abrangência de Unidades de Estratégia Saúde da Família de um município do interior paulista. Participaram do estudo 16 professores de seis escolas públicas municipais. A pesquisa fundamentou-se nos conceitos de promoção e educação em saúde, utilizando a abordagem histórico-cultural de Vigotski como referencial teórico. Utilizou-se a proposta de análise temática de Braun e Clarke (2006). Os resultados evidenciaram as significações construídas pelos professores, que indicam a importância da parceria entre saúde e educação. No entanto, outras significações indicaram fragilidades de tal parceria, com a tendência de os profissionais da educação significarem saúde a partir de uma concepção preventivista e de culpabilização das famílias pelos comportamentos não saudáveis dos alunos. Associado a isso, os professores relatam ações pontuais e fragmentadas relacionadas à saúde ocorrendo no contexto escolar, com pouca corresponsabilidade entre os setores. Quanto às ações programáticas de saúde, os professores construíram significações que indicam a importância de se construir um planejamento conjunto e identificaram estratégias para práticas intersetoriais mais efetivas. Considera-se que novas posturas devem ser adotadas pela equipe da ESF e do PSE, no sentido de fortalecer a relação com a equipe da escola, a partir de uma visão de que os sujeitos se transformam e se modificam a partir das relações
Título em inglês
Meanings of elementary school teachers about the actions of the health team in the school
Palavras-chave em inglês
Family health strategy ; Health promotion ; School health
Resumo em inglês
The strengthening of health promotion by considering the school space as an environment of potential for its development is foreseen in the intersectoral actions between the school and the health services and it is among the central goals of the work of the Family Health Strategy (FHS) team and Health in School Program (HSP). The aim of this study was to analyze the meanings of elementary school teachers about the actions of the health team in the school in a city in the countryside of São Paulo. The study was carried out from a qualitative research approach, using as a data construction technique the semi-structured interview with elementary school teachers from first to fifth grade of the schools surrounding the Family Health Strategy Units of a city in the countryside of São Paulo. Sixteen teachers from six municipal public schools participated in the study. The research was based on the concepts of promotion and health education, using the historical-cultural approach of Vygotsky as a theoretical reference. It was used the thematic analysis proposal of Braun and Clarke (2006). The results showed the significations built by the teachers that indicate the importance of the partnership between health and education. However, other meanings indicated fragilities of this partnership, with the tendency of the education professionals to mean health from a preventivist conception and blame of the families for the unhealthy behaviors of the students. Associated with this, the teachers report punctual and fragmented actions related to health occurring in the school context, with little co-responsibility between the sectors. As for programmatic health actions, the teachers built meanings that show the importance of constructing a joint planning and identified strategies for more effective intersectoral practices. It is considered that new postures should be adopted by the FHS and HSP team, in order to strengthen the relationship with the school team, based on a view that the subjects transform and change themselves from the relations
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-02-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.