• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2004.tde-27102004-155419
Documento
Autor
Nome completo
Leticia Casique Casique
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2004
Orientador
Banca examinadora
Furegato, Antonia Regina Ferreira (Presidente)
Almeida, Ana Maria de
Costa Junior, Moacyr Lobo da
Fonseca, Rosa Maria Godoy Serpa da
Vieira, Elisabeth Meloni
Título em português
"Violência perpetrada por companheiros íntimos às mulheres em Celaya-México"
Palavras-chave em português
enfermagem
mulher
violência
Resumo em português
A mulher tem sido vítima de violência por parte de seu companheiro e se sabe que esta repercute em sua saúde. Ao realizar práticas de enfermagem em comunidades detectou-se o fenômeno de violência assim como uma atitude de submissão e abnegação da mulher. Estas situações motivaram a presente investigação. Os objetivos deste estudo foram: 1-descrever o perfil da mulher que procura atendimento no CENAVI por sofrer violência de seu parceiro íntimo e 2- identificar a violência física, psicológica e social entre estas mulheres e sua relação com sua auto-estima. Foram entrevistadas 300 mulheres, vítimas de violência, que procuraram o CENAVI-Centro de Atenção a Vítimas de Violência Intra-familiar, de novembro de 2003 a abril de 2004. Utilizou-se 2 instrumentos para a coleta de dados: o QIVM- Questionário para a Identificação da violência na Mulher e a Escala de Auto-estima de Janis e Field. O projeto foi aprovado pelo Comitê da Bioética em Celaya/México. A coleta de dados foi realizada no CENAVI- México, com o Consentimento Livre e Esclarecido das mulheres. As entrevistas duraram entre 25 a 30 minutos O perfil sócio-demográfico indica uma amostra de 300 mulheres entre 16 a 65 anos, sendo 66% casadas e 75% assinalou estar com o mesmo parceiro. A escolaridade esteve distribuída em todos os níveis e 88% são católicas. Para identificar a freqüência dos três tipos de violência, assim como o nível da auto-estima, adotou-se como regra geral a mediana, estabelecendo que os valores abaixo desta, representam a presença da violência e baixos níveis de auto-estima. Calculou-se os valores teóricos e os valores observados dos tipos de violência, assim como da auto-estima. Utilizou-se o Teste de Spearman para determinar a existência e relação entre as variáveis (violência física, psicológica e social e auto-estima) e os resultados indicam que existe correlação. Utilizou-se a análise de regressão multivariada entre as variáveis do estudo. A partir dos resultados destas análises comparou-se o tempo de convivência, com os 3 tipos de violência. Comparou-se os valores teóricos com os valores observados para identificar a existência de alguma relação entre a auto-estima da mulher maltratada e a violência sofrida por pessoas de sua convivência (mãe da mulher maltratada e pai do parceiro como um homem que agride). Os dados indicam que ao maior tempo de convivência com o parceiro corresponde a maior violência sofrida pela mulher, ou seja, que a violência tende a aumentar com o tempo de convivência. Além disso, os resultados obtidos das questões "sua mãe é (foi) maltratada por seu pai? e "o pai de seu parceiro é (foi) um homem agressor?, mostraram que há maior violência registrada nestas questões relacionadas com mais baixos níveis de auto-estima. Verificou-se que nas famílias mexicanas existe violência, segundo a literatura assim como nos resultados do presente estudo; entretanto, as mulheres preferem omitir o que acontece para manter a integridade da família, tão valorizada socialmente. As ações de enfermagem podem ocorrer nos três níveis de atenção para ajudar a mulher, vítima de violência. Recomenda-se que a enfermeira realize trabalhos interdisciplinares e através da inter-relação terapêutica ofereça os cuidados que ajudem a mulher, vítima de violência.
Título em inglês
Violence perpetrated by intimate partners against women in Celaya-Mexico
Palavras-chave em inglês
nursing
violence
woman
Resumo em inglês
Women have been victims of violence by their partner, with acknowledged repercussions on their health. The realization of nursing practices in communities revealed the violence phenomenon, as well as the women’s attitude of submission and abnegation. These situations served as a motive to carry out this research. This study aimed to: 1-describe the profile of women seeking care at CENAVI-Intrafamily Violence Victim Care Center, who suffer violence from their intimate partner and 2-identify the physical, psychological and social violence against these women and its relation with their self-esteem. We interviewed 300 women who were victims of violence and turned to CENAVI between November 2003 and April 2004. 2 instruments were used for data collection: the QIVM- Questionnaire for the Identification of Violence in Women and Janis and Field Self-Esteem Scale. The project was approved by the Bioethics Committee in Celaya/Mexico. Data were collected at CENAVI- Mexico with the women’s free and informed consent. Interviews took between 25 and 30 minutes. The sociodemographic profile discloses a sample of 300 women between 16 and 65 years, 66% of whom were married. 75% marked that they were with the same partner. There were women from all educational levels and 88% were catholic. We adopted the mean value as a general rule to identify the frequency of the three kinds of violence and the level of self-esteem, with values below mean value representing the presence of violence and low levels of self-esteem, and calculated the theoretical and observed values of violence types and self-esteem. Spearman’s test was used to determine the existence and relation between the variables (physical, psychological and social violence and self-esteem) and the results indicate their correlation. We used multivariate regression analysis of the study variables. On the basis of the results of these analyses, we compared how long these women had lived together with their partners with the 3 kinds of violence. The theoretical values were compared with the observed values in order to identify whether the mistreated women’s self-esteem is somehow related to violence suffered by somebody they live with (mistreated woman’s mother and partner’s father as a mistreating man). Data point out that the longer the women live together with their partner, the greater the violence they suffer. Moreover, the results for the questions "is (was) your mother mistreated by your father?” and "is (was) the father of your partner an aggressor?”, revealed that greater violence is registered in these questions, related to lower levels of self-esteem. We observed the existence of violence in these Mexican families, according to literature as well as the study results; however, the women prefer to omit what happens to maintain family integrity, which is highly valued by society. Nursing actions can occur at the three care levels. We recommend that nurses work in an interdisciplinary way and, through the therapeutic interrelation, offer the care that helps women who are victims of violence.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
doutorado.pdf (4.19 Mbytes)
Data de Publicação
2004-10-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.