• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2015.tde-27072015-164051
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Verderoce Vieira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Cardoso, Lucilene (Presidente)
Juruena, Mário Francisco Pereira
Santos, Raionara Cristina de Araujo
Silveira, Cristiane Aparecida
Vives, Joana Fornés
Título em português
Esgotamento emocional e sua relação com a satisfação laboral e sobrecarga de trabalho na enfermagem em Saúde Mental: Estudo observacional
Palavras-chave em português
Enfermagem psiquiátrica
Esgotamento profissional
Satisfação de trabalho
Saúde mental
Sobrecarga de trabalho
Resumo em português
A equipe de enfermagem sofre influências do seu ambiente laboral que podem afetar sua saúde e desempenho no trabalho e tais influências relacionam-se a fatores que podem estar relacionados à instituição, características individuais e profissionais. Nesta situação o esgotamento emocional revela-se um problema de saúde pública, num contexto laboral sujeito a diferentes graus de sobrecarga de trabalho e satisfação laboral. Objetivos: Avaliar o nível de esgotamento emocional de enfermeiros profissionais que atuam na atenção de saúde mental e sua relação com variáveis sociodemográficas e ocupacionais, satisfação no trabalho e sobrecarga de trabalho percebida. Método: Foram entrevistados 116 profissionais da equipe de enfermagem de saúde mental de oito serviços de saúde em um município do interior de São Paulo (Brasil). Os instrumentos utilizados foram: um questionário ad hoc com informações sobre variáveis sociodemográficas e de trabalho, Escala de Avaliação do Impacto do Trabalho em Serviços de Saúde Mental, Escala de Avaliação da Satisfação da Equipe em Serviços de Saúde Mental e a dimensão de esgotamento emocional do Maslach Burnout Inventory. Realizou-se a análise das propriedades psicométricas (fatorial exploratória, a confiabilidade e consistência interna), análises descritivas (frequências, médias e desvios- padrão) e análise de correlação de Pearson entre a exaustão emocional e grau de satisfação e sobrecarga de trabalho. Adotou-se um nível de significância de 0,05. Resultados: Os resultados evidenciaram que a população investigada apresentou um nível médio-baixo para sobrecarga laboral, médio-alto para satisfação de trabalho e médio-alto para esgotamento emocional. Os resultados também confirmaram a correlação diretamente proporcional da sobrecarga de trabalho com o esgotamento emocional e inversamente proporcional da satisfação laboral com o esgotamento emocional. Os dados evidenciaram não haver correlações significativas entre nível de esgotamento emocional com as variáveis sociodemográficas. Os dados analisados também evidenciaram uma reestruturação em conteúdo e número de itens das escalas SATIS-BR abreviada e IMPACTO-BR abreviada. Conclusões: O elevado nível de esgotamento emocional para a maioria dos participantes sugere a existência de um risco de desgaste laboral ou síndrome de Burnout nos profissionais de enfermagem de saúde mental. As correlações negativas de esgotamento emocional com a satisfação laboral e as elevadas pontuações desta última, também sugerem a necessidade de considerar a importância em proporcionar ambientes que promovam a segurança e bem-estar no trabalho, uma vez que a satisfação poderia atuar como um fator de proteção ao desgaste. Um produto importante desta pesquisa foi a reestruturação das escalas SATIS-BR abreviada e IMPACTO-BR abreviada, adaptadas para profissionais da equipe de enfermagem
Título em inglês
Emotional exhaustion and your relationship with job satisfaction and workload in Mental Health Nursing: An observational study
Palavras-chave em inglês
Burnout professional
Mental health
Psychiatric nursing
Staff job satisfaction
Workload
Resumo em inglês
The nursing staff is influenced by their work environment that may affect their health and performance at work and such influences are related to factors that could be related to the institution, individual and professional characteristics. In this situation the emotional exhaustion proves to be a public health problem in workplace settings is subject to different degrees of workload and job satisfaction. Objectives: Evaluate the degree of emotional exhaustion of professional nurses working in mental health care and the relationship with sociodemographic and occupational variables, job satisfaction and perceived work overload. Method: 116 nursing team professionals in mental health of eight health services were interviewed in an inner city of São Paulo (Brazil). The instruments used were: a questionnaire ad hoc with informations about sociodemographic and occupational variables, Workload Assessment for Mental Health Services, Staff Satisfaction Assessment for Mental Health Services and the dimension of emotional exhaustion of the Maslach Burnout Inventory. Was conducted the psychometric properties analysis (exploratory factor, reliability and internal consistency), descriptive analyzes (frequencies, means and standard deviations) and Pearson correlation analysis between emotional exhaustion and satisfaction and workload. Was adopted a 0.05 of significance level. Results: The results showed that the investigated population has a medium-high level of emotional exhaustion and job satisfaction while the workload appears with a medium-low level. It is also confirmed that emotional exhaustion correlates positively and significantly with the increased workload and negatively related to job satisfaction. No significant correlations between the level of emotional exhaustion and sociodemographic variables were found. The analyzes performed on the SATIS-BR-BR abbreviated and the IMPACT-BR abbreviated scales suggest a restructuring of the factors according to the number and content of the items. Conclusions: The high level of emotional exhaustion for most participants suggests the existence of a risk for work wear or Burnout syndrome in mental health nursing team professionals. Negative correlations of emotional exhaustion with job satisfaction and the high scores of job satisfaction also suggest the need to consider the importance of providing an environment that fosters the safety and well-being at work, since the satisfaction could act as a factor of wear protection. An important product of this research was the restructuring of the SATIS-BR abbreviated scale and the IMPACT- BR abbreviated scale, adapted for nursing team professionals
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-07-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.