• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2004.tde-25062004-113839
Documento
Autor
Nome completo
Tania Maria Delfraro Carmo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2004
Orientador
Banca examinadora
Bueno, Sonia Maria Villela (Presidente)
Carvalho, Ana Maria Pimenta
Leite, Maria Madalena Januario
Luis, Margarita Antonia Villar
Siqueira Junior, Antonio Carlos
Título em português
"Pesquisa-ação na relação creche-cuidador familiar em uma instituição comunitária"
Palavras-chave em português
creche
enfermagem
família
pesquisa-ação
Resumo em português
Procuramos desenvolver nesta investigação um estudo sobre as relações creche-cuidador familiar em uma instituição comunitária. Objetivamos, estudar as relações creche-cuidador familiar identificando quais as condições dificultadoras e facilitadoras dessas relações. Isso pressupõe: levantar as condições existentes e problematização no relacionamento creche-cuidador familiar, tendo como foco a criança, evidenciado pelos funcionários e familiares; desenvolver ações educativas com os funcionários e família sobre os problemas prioritários levantados, preparando-os para lidarem com estas questões no cotidiano da criança e avaliar o processo de ensino e aprendizagem das ações desenvolvidas, possibilitando novos momentos de intervenção. Na metodologia, trabalhamos a Pesquisa-Ação, de forma qualiquantitativa, desenvolvendo o referencial teórico fundamentado em Paulo Freire, no que diz respeito a pedagogia da problematização e metodologia participativa e dialogal. Para o levantamento dos dados utilizamos a observação participativa da realidade e a entrevista individual, utilizando um formulário com questões semi-estruturadas e norteadoras como instrumento. Pesquisamos 12 trabalhadoras da creche e 71 cuidadores familiares. Os resultados evidenciaram que a relação entre a creche e os cuidadores familiares caracterizava-se pela distância. Não existia uma interação propriamente dita de troca, de reconhecimento de uma pela outra. Havia uma implicância mútua entre funcionárias e mães. Sentimentos de hostilidade, desconfiança, de culpa, ciúme, de apreensão e de agradecimento permeavam as relações entre os cuidadores familiares e as funcionárias. Observamos através dos relatos verbais emitidos pelas funcionárias e cuidadores familiares uma congruência nos fatores dificultadores da relação creche-família. Os problemas apresentados por ambos foram relativos a: participação, comunicação, relacionamento, gestão autoritária e falta de credibilidade ou de confiança. Portanto concluímos, que a relação creche-cuidadores familiares era permeada por interações negativas e que as dificuldades de relacionamento era geradora de vários atritos entre ambos dificultando compartilhar o cuidado e educação da criança, suscitando ações e intervenções educativas voltadas às temáticas em foco favorecendo novas posturas e visando a transformação da realidade. Trabalhamos posteriormente, ações e intervenções educativas e de saúde conjuntas, visando a transformação das relações creche-cuidadores familiares, mostrando mudanças nessas relações depois de alterar as condições detectadas como dificultadoras, integrando-as às facilitadoras.
Título em inglês
Research-action in the relation daycare-familiar caretaker in an institution of community.
Palavras-chave em inglês
daycare
family
nursing
research-action
Resumo em inglês
We have tried to develop in this investigation a study about the relation daycare-familiar caretaker. We have objectified, to study the relations daycare-familiar caretaker identifying which are the difficult conditions and the easy conditions of this relation. This has assumed: rising up the existent conditions and the problematization in the relation daycare-familiar caretaker, taking in focus the child, evidenced by the employees and relatives; developing educational actions with the employees and relatives about the main problems risen up, preparing them to deal with these questions in the quotidian of the child and to evaluate the teaching and learning process of the developed actions, enabling new moments of intervention. In the method, we have worked on the Research-action, quali-quantitative, developing the theoretical reference founded in Paulo Freire, who concerns the pedagogy problematization, participating and dialoguing methodology. To rise up the data we have used the participating observation of reality and the individual interview, using a form with semi-structured questions and guiding as an instrument. We have researched 12 workwomen of the daycare and 71 familiar caretaker. The results evidenced that the relation between the daycare and the caretaker familiar characterized themselves by the distance. There wasn’t an interaction properly said of change, of recognition to each other. There was a mutual implication between the employees and mothers. Feelings of hostility and distrust, of guilty and jealousy, of apprehension and gratefulness permeated the relation between the familiar caretaker and the employees. We observed through the verbal reports expelled by the employees and the familiar caretaker a congruent in the difficult factors in the relation daycare-familiar caretaker. The problems presented by both of them were relative to: the participation, communication, relation, authority administration and lack of credibility or confidence. However, we have concluded that the relation daycare-familiar caretaker was permeated by negative interactions and that the difficulties of relation was the source of several attrition between both, making it difficult to share the care and education of the child, rousing educative actions and interventions related to thematic focus, favoring new postures and aiming the transformation of the relation daycare-familiar caretaker, presenting changes in this relation after the alteration of the conditions detected as uneasy conditions, integrating them to the easy ones.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese.pdf (6.52 Mbytes)
Data de Publicação
2004-08-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.