• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2006.tde-24052006-133525
Documento
Autor
Nome completo
Lúcia Aparecida Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2006
Orientador
Banca examinadora
Valle, Elizabeth Ranier Martins do (Presidente)
Cano, Maria Aparecida Tedeschi
Farina Junior, Jayme Adriano
Santos, Manoel Antonio dos
Scatena, Maria Cecilia Morais
Título em português
"Ser-mãe-no-mundo com o filho que sofreu queimaduras: um estudo compreensivo"
Palavras-chave em português
assistência de enfermagem em queimaduras
fenomenologia
ser-mãe-no-mundo de criança com queimaduras
Resumo em português
Trata-se de uma pesquisa qualitativa, na linha fenomenológica, realizada com mães de crianças que sofreram queimaduras e foram internadas na Unidade de Queimados, do Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (UQ-HCFMRP – USP). Teve por objetivo compreender e interpretar à luz da psicologia fenomenológica o que é ser-mãe-no-mundo com um filho que sofreu queimaduras. Foram convidadas 10 (dez) mães de crianças que estiveram internadas na UQ-HCFMRP – USP, de janeiro a dezembro de 2004; sendo que destas, apenas oito consentiram em participar da pesquisa. Destas oito mães que participaram da pesquisa, utilizaram-se os seguintes critérios de inclusão: ter um filho queimado internado na Unidade de Queimados; a mãe estar acompanhando o filho, e a criança se encontrar na fase mediata ou de recuperação. Os dados foram obtidos através da entrevista fenomenológica, a partir de uma questão norteadora: "Gostaria que você descrevesse como é ser-mãe-no-mundo com o filho que sofreu queimaduras”. A Análise Fenomenológica foi baseada nas orientações de estudo desta linha. Foram identificadas seis categorias temáticas: Lembranças do momento do acidente (Temporalidade); Procedimentos adotados após o acidente (Temporalidade e Solicitude); Manifestações de sentimentos (Afetividade); A mãe fala de si: preocupações e questionamentos (Preocupações); A mãe fala do comportamento da criança (Ser-com); Refere-se ao hospital, à equipe de saúde, ao relacionamento com o hospital e a equipe (Ser-com) que revelaram sentimentos de medo, tristeza, raiva, angústia, ansiedade, dor, impotência e culpa que permearam todos os discursos das mães. A pesquisa desvelou o apoio das mães a seus filhos, mesmo que algumas vezes, de forma solitária, pois em algumas entrevistas evidenciou-se a ausência da figura paterna, sendo que em sua maioria encontraram apoio e suporte na equipe multidisciplinar. As preocupações e sofrimentos das mães, decorrentes da queimadura e longo tempo de internação, levaram-nas a experienciar situações que as fizeram refletir sobre a sua existência humana e, a partir daí, parece ter ocorrido uma transformação desse ser-mãe-no-mundo com o filho que sofreu queimaduras, transformação esta, importante que parece marcar o seu existir.
Título em inglês
"To be-a-mother-in-the world with a child victim of burns: a comprehensive study"
Palavras-chave em inglês
be-a-mother-in-the world of a child with burns
nursing care in burns
phenomenology
Resumo em inglês
This qualitative and phenomenological research was carried out among mothers of children who were victims of burns and were hospitalized at the Burns Nursing Unit of the Hospital das Clínicas at the University of São Paulo at Ribeirão Preto Medical School (BNU-HCFMRP – USP). The aim was to understand and interpret, in the light of phenomenological psychology, what it means to be-a-mother-in-the world with a child who is a burns victim. We invited 10 (ten) mothers of children who were hospitalized at the BNU-HCFMRP – USP between January and December 2004, only 8 of whom agreed to participate. The following inclusion criteria were used for the 8 mothers who participated: having a child victim of burns hospitalized at the Burns Unit; mother accompanying her child, and child in the mediate or recovery phase. Data were obtained through a phenomenological interview with one guiding question: "I would like you to describe to be what it is like to be-a-mother-in-the-world with a child victim of burns." Phenomenological Analysis was based on orientations for this line of study. Six thematic categories were identified: memories of the time of the accident (Temporality); Procedures adopted after the accident (Temporality and Solicitude); Manifestations of feelings (Affection); The mother talks about herself: concerns and inquiries (Preoccupations); The mother talks about the child’s behavior (To be-with); She refers to the hospital, the health team and the relation with hospital and team (To be-with). These showed feelings of fear, sadness, anger, anguish, anxiety, pain, impotence and guilt, which permeated the mothers’ discourse. This study evidenced the mothers’ support to their children, even if solitarily at times, as the absence of the father figure was clear in some interviews. Most mothers found support in the multidisciplinary team. As a result of their concerns and suffering, due to the burn and the long hospitalization, the mothers experienced situations that made them reflect on their human existence and, from this point onwards, a transformation of this being-a-mother-in-the-world with a child victim of burns seems to have happened. This important transformation seems to mark their existence.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-05-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.