• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2018.tde-23012018-164332
Documento
Autor
Nome completo
Bruna Domingos dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Gonçalves, Marlene Fagundes Carvalho (Presidente)
Andrade, Joana de Jesus de
Scarpini, Neire Aparecida Machado
Silva, Marta Angélica Iossi
Título em português
Encontros e desencontros na inclusão escolar de alunos deficientes físicos: uma visão a partir da promoção da saúde
Palavras-chave em português
Crianças com Deficiência Física
Inclusão Educacional
Perspectiva Histórico-Cultural
Promoção da Saúde
Resumo em português
A história que permeia a deficiência está imbuída de significações ligadas a preconceito e exclusão que se fazem presentes na atualidade e dificultam que as mudanças políticas sejam transpostas para as atitudes sociais. Assim, crianças deficientes vivenciam dependência a terceiros, inclusão escolar prejudicada, discriminação, sentimento de incapacidade, e vulnerabilidade frente a falta de disposição de serviços públicos efetivos. Esse estudo pretendeu articular saúde e educação como aspectos indissociáveis da vida humana, e o objetivo foi compreender os processos de significação relacionados à inserção de escolares deficientes físicos na educação básica, a partir dos princípios da política de promoção da saúde. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa, fundamentado na abordagem histórico-cultural, no qual utilizamos entrevistas semiestruturadas, observação participante e diário de campo como recursos metodológicos. O trabalho de campo teve início após as devidas autorizações do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos e durou aproximadamente um ano. Ao final, quatro crianças, suas quatro mães e oito professores aceitaram participar da pesquisa, totalizando 16 sujeitos entrevistados e quatro contextos escolares observados. A análise temática indutiva proposta por Braun e Clarke (2007) foi empregada, sendo respeitado o percurso indicado por estas autoras. A construção dos dados acarretou na caracterização detalhada dos participantes e seus contextos socioculturais, bem como na produção de três temas, a saber: 1) Significações do conceito de deficiência e de deficiência física no processo de inclusão escolar; 2) Cadeira de rodas, dois lados da mesma moeda e 3) Escola inclusiva e promoção de saúde: uma perspectiva do modelo social da deficiência. Em suma, este estudo foi eficaz em alcançar seus objetivos propostos, apresentando importantes significações envolvidas no processo de inclusão do aluno deficiente físico. Esperamos que este trabalho contribua para a prática junto a estes escolares e inspire pesquisadores a investigarem a articulação da Educação Inclusiva com a Promoção da Saúde em seus diferentes estados, países e contextos, auxiliando profissionais que atuam na prática escolar e de saúde a lidarem com a temática
Título em inglês
Convergences and Divergences in school inclusion of physical disabled students: a Health Promotion perspective
Palavras-chave em inglês
Health Promotion
Historical-Cultural Approach
Physical Disabled Children
School Inclusion
Resumo em inglês
The history that permeates disability is imbued with meanings linked to prejudice and exclusion that are present today, making it difficult for political changes to be transposed into social attitudes. Disabled children may experience dependence on others, affected school inclusion, discrimination, feeling of incapacity, and vulnerability due to the lack provision of effective public services. This study intended to articulate health and education as inseparable aspects of human life. Our aim was to comprehend the signification processes related to the school inclusion of disabled children in basic education, based on the principles of the politics of health promotion. It is a qualitative study, based on the historical-cultural approach. Semi-structured interviews, participant observation and field diary was used as methodological resources. The field work lasted approximately one year, and began after the authorizations of the Ethics Committee in Human Research. In the end, four children, their mothers and eight teachers accepted to participate, totaling 16 subjects interviewed and four school contexts observed. The inductive thematic analysis proposed by Braun and Clarke (2007) was employed, respecting the paths indicated by these authors. Data construction entailed the detailed participants characterization and their socio-cultural contexts, as well as the production of three themes, namely: 1) Significance of the concept of disability and physical disability in the school inclusion process; 2) Wheelchair, two sides of the same coin; 3) Inclusive School and Health Promotion: a perspective of the social model of disability. That pointing out that health promoters are also promoters of Inclusive Education. In short, this study was effective in achieving its proposed objectives, presenting important meanings involved in the process of disabled student's inclusion. We hope that this work will contribute to the practice among these students and will inspire researchers to investigate the articulation between Inclusive Education and Health Promotion in their different states, countries and contexts, helping professionals who act in school and health to deal with this issue
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.