• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2008.tde-12012009-155507
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Straioto de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Galera, Sueli Aparecida Frari (Presidente)
Pedrão, Luiz Jorge
Sanches, Rafael Faria
Título em português
O impacto do transtorno afetivo bipolar na família
Palavras-chave em português
Família
Impacto
Transtorno Afetivo Bipolar
Resumo em português
O Transtorno Afetivo Bipolar (TAB) é um transtorno mental crônico e recorrente. Está situado entre as principais doenças que causam incapacitação e morbidade em todo mundo. A substituição do modelo de atendimento ao doente mental centrado no hospital, por uma rede de serviços prestados na comunidade, tem como conseqüência o aumento do número de pacientes vivendo em família. Estas famílias são solicitadas a oferecer apoio emocional, tolerar estigma, lidar com perdas financeiras e laboral, interrupções na rotina do lar, entre outras. Tais implicações correspondem à sobrecarga que são as conseqüências que o familiar enfrenta ao conviver com pessoa portadora de transtorno mental. O objetivo deste estudo foi identificar e descrever a sobrecarga do TAB nas famílias que convivem com algum portador deste transtorno. Foram entrevistados 15 familiares, sendo três filhos, quatro irmãs, duas cunhadas, uma ex- cunhada, três cônjuges, uma tia e uma mãe. Foram utilizados para a coleta de dados um questionário com informações sobre dados clínicos do paciente com TAB, Critério Padrão de Classificação Econômica Brasil 2008 e roteiro de entrevista semi-estruturado adaptado por Koga (1997) que engloba a sobrecarga familiar. As respostas foram analisadas utilizando-se a técnica de análise de conteúdo de Bardin. O impacto do TAB sobre a família foi descrito nos seguintes aspectos: trabalho, gastos, lazer, relacionamento interpessoal, futuro, recursos e adoecimento do familiar como expressão de sobrecarga. Observou-se que a família se sente mais sobrecarregada nos períodos de crise da doença. Nos períodos estáveis somente os aspectos trabalho e relacionamento interpessoal permanecem como ponto de preocupação e sofrimento familiar. O fato de não se conhecer as causas e tampouco a cura, faz com que apareçam insegurança e temor quanto ao futuro. Este estudo contribuiu para compreender que TAB também sobrecarrega a família que necessita e solicita apoio dos profissionais de saúde para obter melhora na qualidade de vida. A principal limitação do presente estudo é o número pequeno de familiares entrevistados e o fato de todos terem sido recrutados em um único serviço de saúde. Pesquisas semelhantes deverão ser realizadas a fim de verificar se outras famílias manifestam sobrecarga semelhante as apresentadas pelos familiares deste estudo.
Título em inglês
The impact of bipolar disorder in the family.
Palavras-chave em inglês
family and bipolar disorder
impact
Resumo em inglês
The bipolar disorder (BD) is a chronic and recurring mental disorder. Nowadays, it is one of most important disease that is responsible for incapacity and morbidity worldwide. The replacement treatment model of mental illness that was focus at hospital for services accessible to community is responsible for increase of number of patients living in family contexts. These families are responsible to offer emotional support, sometimes tolerate stigma, deal with financial and work loses, disruption at home routine and other ones. These implications are the result of relationship with a person with mental illness. The aim of this study was to identify and describe the burden of bipolar disorder in the family that lives with a person that has this disorder. Questioners were applied for fifteen relatives: tree children, four sisters, tree sistersin- law, tree spouse, 1 aunt and 1 mother. The data were collected using questionnaires with information about clinic data of BD patients, Standard Economic Classification Brazil 2008 and semi structured interview adapted by Koga. The results were analyzed by Bardins content technique. The impact in the family resulting of the relationship with BD patients was described following these aspects: work, costs with daily life, leisure, interpersonal relationship, future, resource and falling ill like expression of burden. As a result BD patients family reported that they were burdensome in the severe periods of disease. In the stable periods, only work and interpersonal aspects are continuous factors of worry and familiar suffer. Ignore the causes and the cure emerge insecurity and fear about the future. This study contributed to comprehension of that BD also burdensome the family of the patients. In addition, this people require support of health professionals to provide quality of life. The limits of this study were the short number of relatives submitted to questioners and they were come from the one source. More studies will be necessary to analyze other families and the pattern of BD illness burdensome.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-01-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.