• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2008.tde-06082008-143012
Documento
Autor
Nome completo
Aline Cristina Dadalte Carniel
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Pedrão, Luiz Jorge (Presidente)
Pitiá, Ana Celeste de Araujo
Santos, Sinval Avelino dos
Título em português
O acompanhamento terapêutico na assistência e reabilitação psicossocial do portador de transtorno mental
Palavras-chave em português
Acompanhamento terapêutico
Assistência psiquiátrica
Modalidade terapêutica
Reabilitação psicossocial
Resumo em português
A reforma psiquiátrica possibilitou transformações na assistência à saúde mental e o acompanhamento terapêutico (AT), como modalidade de assistência e reabilitação psicossocial do portador de transtorno mental, faz parte dessas transformações. Desde então, o acompanhante terapêutico vem ampliando seus conceitos e fundamentando suas bases teóricas, sendo sua prática cada vez mais aceita por diferentes profissionais e valorizada por preencher as lacunas deixadas pelos tratamentos psiquiátricos tradicionais, principalmente depois que as portas dos manicômios, que enclausuravam o referido portador de transtorno mental e as maneiras adequadas de assisti-lo e reabilitá-lo, foram definitivamente abertas. O objetivo do presente estudo foi investigar a contribuição do AT no processo de assistência e reabilitação psicossocial de um portador de transtorno mental assistido em um Centro de Atenção Psicossocial e escolhido com a ajuda de sua equipe multiprofissional. Para isso, foram estabelecidos 16 encontros de AT, os quais foram desenvolvidos em diferentes locais, observados, e seus conteúdos registrados após cada encontro, sintetizados e analisados, segundo o método qualitativo. Os resultados mostraram contribuição muito positiva do AT na assistência e reabilitação psicossocial do portador de transtorno mental, tais como: resgate de sua autoestima; retomada de realização de atividades que fazia anteriormente ao início dos sintomas de seu transtorno mental; motivação para novamente buscar o lazer e conviver de forma mais saudável no seu meio familiar e social; criação de momentos de confronto de seu estado mental com a realidade, possibilitando modificações no comportamento e melhoria da qualidade de vida. Assim sendo, foi possível considerar que o AT constitui-se em mais uma modalidade terapêutica contribuindo para a assistência e reabilitação psicossocial do portador de transtorno mental e pode ser incluído nos planos terapêuticos dos serviços de assistência à saúde mental, pois se trata de modalidade terapêutica não tradicional, totalmente inserida no contexto da reforma psiquiátrica, que tem como princípio básico a mudança no foco da assistência aos portadores de transtornos mentais.
Título em inglês
Therapeutic continuity in health care and psychosocial rehabilitation of mental disorder patients
Palavras-chave em inglês
psychiatric care
psychosocial rehabilitation
therapeutic continuity
therapeutic modality
Resumo em inglês
The psychiatric reform made it possible for transformations to take place in mental health care and therapeutic continuity (TC), as a health care modality and psychosocial rehabilitation of individuals with mental disorders. Since then, therapeutic continuity has broadened its concepts and founded its theoretical bases. Hence, its practice has become increasingly acknowledged by different professionals and valued for the fact it fills the gaps that were left from traditional psychiatric treatments, mainly after the doors to asylums, which used to keep mentally ill individuals cloistered, were completely open and appropriate forms of looking after these patients and rehabilitate them were implemented. The purpose of the present study was to investigate the contribution of TC over the health care process and psychosocial rehabilitation of an individual with mental disorders seen at a Psychosocial Care Center, and chosen with the help of its multiprofessional team. To do this, 16 TC appointments were scheduled, which were carried out at different locations. These meetings were observed and their contents were recorded, summarized, and analyzed according to the qualitative method. The results showed that TC has a very positive contribution in the health care and psychosocial rehabilitation of mental disorder patients, with actions such as: recovering selfesteem, going back to activities the patient did before his mental disorder symptoms appeared, motivation to once again become involved in leisure activities and lead a healthier life among his family and social environment, creating moments of confrontation between his mental condition and reality, which made it possible to change his behavior and improve his quality of life. Thus, it is understood that TC is another therapeutic modality that contributes with the psychosocial rehabilitation of patients with mental disorders. Furthermore, it can be included in the therapeutic plans of mental health care services, since it is a untraditional therapeutic modality totally inserted in the context of psychiatric reform, whose main principle is to change the focus of health care services to individuals with mental disorders.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-08-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.