• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2014.tde-06022015-190734
Documento
Autor
Nome completo
Silvia Regina Baldo de Camargo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Gonçalves, Marlene Fagundes Carvalho (Presidente)
Mello, Maria Aparecida
Silva, Marta Angélica Iossi
Título em português
Significados de saúde para crianças de cinco anos e formação de conceitos à luz da abordagem histórico-cultural: reflexões para a promoção da saúde
Palavras-chave em português
Abordagem histórico-cultural
Educação infantil
Formação de conceitos
Promoção da saúde
Resumo em português
Esta pesquisa tem como objetivo geral analisar os significados que crianças de 5 anos atribuem à saúde, à luz da abordagem histórico-cultural. Apresenta como objetivos específicos: Identificar os significados atribuídos à saúde pelas crianças de 5 anos; Analisar tais significados no contexto da concepção teórica de promoção da saúde; Analisar a atribuição dos significados de saúde pela criança, à luz da abordagem histórico-cultural; Relacionar a atribuição dos significados pelas crianças ao processo de formação dos conceitos da abordagem histórico-cultural. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, apoiada no referencial de promoção da saúde que tem a perspectiva de engajar sujeitos na busca por um ambiente mais saudável, e com fundamentação teórico-metodológica pautada na abordagem histórico- cultural de Vigotski, cujo foco é o estudo do homem e suas funções psicológicas, destacando o pensamento e a linguagem em suas origens sociais, enfatizando a cultura como parte da natureza do indivíduo e atribuindo papel fundamental à educação, pois considera que o aprendizado entre seres humanos, imersos em uma mesma sociedade, dá o acesso aos bens produzidos culturalmente. A construção dos dados realizou-se em uma escola pública no interior do Estado de São Paulo, com 20 crianças de 5 anos, a partir do Procedimento de Desenhos-Estórias com Tema, em atividade individual com cada criança. Toda a atividade foi gravada em áudio, sendo as falas transcritas e os desenhos digitalizados. Os resultados foram organizados em quatro unidades de análise: O modelo biomédico/biológico da saúde; A significação da saúde como bem-estar de si e do outro; A relação entre a saúde e o cuidado; A ação do adulto ou do outro na saúde da criança. A análise indicou que há participantes que significam a saúde pela dimensão biologizante, como há os que o fazem pela perspectiva da promoção da saúde; apontam a importância do papel do adulto na saúde da criança bem como a relação intrínseca entre cuidado e saúde. As atribuições de significados pelas crianças constituem a base do processo de formação de conceitos sobre saúde, e diferentes etapas dessa construção foram identificadas. Entende-se que os significados sobre saúde aqui trazidos, bem como aspectos da formação de conceitos, podem nortear professores e profissionais da saúde nos trabalhos de educação em saúde na escola, favorecendo vivências a partir daquilo que as crianças ressignificam como seres histórico-culturais, propiciando a criatividade, a curiosidade e a crítica sobre o "ser saudável" e tendo em vista que o processo de significação acontece de forma contínua, na mediação do sujeito com o mundo
Título em inglês
Meanings of health for five-year-old children and concept formation in the light of historical-cultural approach: reflections for health promotion
Palavras-chave em inglês
Childhood education
Concept formation
Cultural-historical approach
Health promotion
Resumo em inglês
In this research, the main objective was to analyze the meanings that five-year-old children attributed to health in the light of historical-cultural approach, presenting the following specific objectives: To identify the meanings attributed to health by five-year-old children; To analyze these meanings in the context of the theoretical conception of health promotion; To analyze the attribution of the meanings of health by the child in the light of historical-cultural approach; To relate the attribution of meanings by children to the process of concept formation of cultural-historical approach. The study is a qualitative research, based on the concept of health promotion that aims to engage individuals in the search for a healthier environment, and with theoretical and methodological foundation guided by the cultural- historical approach of Vygotsky, whose focus is the study of the man and his psychological functions, highlighting the thought and the language in their social origins, emphasizing culture as part of the individual's nature and assigning a key role to education, since he considers that learning among humans, who are immersed in the same society, gives access to goods produced culturally. The construction of the data was carried out in a public school in the state of São Paulo, with 20 children of five years old using the Drawing-and-Story Procedure with theme in an individual activity with each child. Every activity was recorded in audio, the speeches were transcribed and the drawings were scanned. The results were organized into four units of analysis: The biomedical/biological model of health; The significance of health as well-being of oneself and others; The relation between health and care; The action of adults or others in the child's health. The analysis indicated that there are participants who meant health by biologizing dimension, as there are those who did so from the perspective of health promotion; pointing to the importance of the role of the adult in child's health as well as the intrinsic relationship between health and care. The attribution of meanings by children constitutes the basis of the process of concept formation about health and different stages of this construction were identified. It is understood that the meanings of health brought here, as well as aspects of concept formation, can guide teachers and health professionals in the work of health education in school, encouraging experiences from what children resignify as historical and cultural beings, providing creativity, curiosity and criticism about "being healthy" considering that the signification process happens continuously in the mediation of the individual with the world
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.