• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2014.tde-06022015-182834
Documento
Autor
Nome completo
Marina Candiani Meles
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Labate, Renata Curi (Presidente)
Carvalho, Ana Maria Pimenta
Webster, Clarissa Mendonça Corradi
Título em português
O adolescente vivenciando o luto pela morte de um dos genitores: repercussões na esfera escolar
Palavras-chave em português
Adolescente
Escola
Luto
Morte
Resumo em português
A morte e o luto na atualidade são grandes tabus, sendo esse assunto evitado e muitas vezes ignorado. Em uma sociedade voltada para o prazer, a dor de vivenciar uma perda pode ser mais difícil de ser elaborada. A adolescência é uma fase da vida caracterizada por intensas mudanças físicas e psíquicas, exigindo do adolescente uma profunda reorganização. A vivência de uma morte real e significativa pode acarretar nele sentimentos mais exacerbados, exatamente por estar passando por esta fase do desenvolvimento cercada de instabilidade. O ambiente escolar, por ser um local de aprendizado e relacionamentos entre os pares, é de grande importância para a socialização desses adolescentes. Esta pesquisa qualitativa objetivou compreender a vivência do adolescente enlutado em consequência da morte de um dos pais e as repercussões desse luto no ambiente escolar. Trata-se de um estudo clínico- qualitativo, que busca a descrição e compreensão dos fenômenos humanos através dos sentidos e significados. Foram realizadas três entrevistas abertas com alunos de escolas públicas de Ribeirão Preto, todas foram audiogravadas e transcritas na íntegra. Os dados coletados foram submetidos à analise de conteúdo, de acordo com o métodos clínico- qualitativo. Após a realização das leituras flutuantes e análise do material, observou-se que a morte de um dos pais na adolescência impactou os jovens de diversas maneiras. Acompanhar o declínio da saúde dos pais, o processo da morte e todas as consequências dentro da família foram aspectos definidos como desestruturantes, levando a pedidos a Deus pela recuperação da saúde do pai/mãe enfermo. O momento da notícia do falecimento, as mudanças na rotina e nos hábitos, a reorganização familiar foram apontados como aspectos intensos do processo de luto. As formas encontradas de lidar com a perda estiveram relacionadas a vínculos ressignificados com os familiares, levando os adolescentes a manterem-se nos propósitos prometidos aos falecidos. As repercussões na escola envolveram falta de concentração, assiduidade prejudicada, comportamento agressivo e lembranças do falecido na sala de aula. Em relação aos professores e funcionários da escola, percebe-se que os aspectos práticos, como abonar faltas e rever notas foram evidentes e importantes. Porém, não foi percebido acolhimento emocional dos jovens, sendo este apoio dado muitas vezes pelos colegas de sala. O luto é vivido de maneira singular e única, porém a fase do desenvolvimento e o grau de vinculação indicam que o luto do adolescente por morte de um dos genitores pode ser mais difícil de se elaborar. A escola necessita trabalhar com o aluno de maneira integral, para que os adolescentes enlutados possam sentir-se acolhidos e/ou encaminhados para serviços especializados em casos mais graves. A implementação da "Educação para a Morte" pode auxiliar tanto os adolescentes quanto os profissionais da educação para lidar de maneira mais saudável com a morte e o luto
Título em inglês
Teenagers experience on mourning due to the death of a parent: repercussions at school
Palavras-chave em inglês
Adolescent
Death
Mourning
School
Resumo em inglês
Death and mourning are huge taboos nowadays - issues which are avoided and many times despised. In a society that enhances satisfaction, the pain of experiencing such loss may be harder to figure out. Adolescence is a time in life featured by huge physique and psychological changes, requiring from the teenager a profound reordering of things. Experiencing a real and significant death may lead to more exacerbated feelings in the teenager, just because he or she is going through this phase of development surrounded by instability. This schooling realm is very important for teens' social interaction: a place where he or she learns and interacts in pairs. This qualitative research aims at understanding the experience of mourning teens due to the death of a parent and its outcomes in the schooling realm. This study is both clinics and qualitative, aiming at the description and apprehension of human phenomena through senses and meanings. Three open interviews with public school students in Ribeirão Preto were accomplished, recorded in audio and written down in full. Data were collected and presented to be analyzed as for their contents, according to methods both clinical and quantitative. After the processes of reading and analyzing the material, it was observed that the passing away of a parent during the period of adolescence caused several different impacts on youths. Seeing the parent's health going down, the process of death and all its consequences inside the family were aspects known as 'destructive to the structure' of the teen, leading to requests to God for the health recovery of the ill parent. The time of death, the changes in habits and routines and the family reorganization were seen as intense aspects of the mourning process. The ways found to deal with such loss were related to a rearranged link in family bonds, leading the adolescents to keep those purposes formerly promised to the deceased one. Facts in the school environment involve lack of concentration, unbalanced presence, aggressive behavior and frequent remembrances of the deceased one in the classroom. As far as the school teachers and staff are concerned, we notice that the practical aspect is to 'forget' absences and reevaluate the pupil's grades; such practices are both evident and important. However, it was not noticed any emotional receptivity towards the youth among the above mentioned groups; such support seems to be granted by the pupil's classmates. The mourning is lived out in a unique way; however, the phase of development and the bonding degree show that a teen's mourning due to the death of a parent can be harder to work out. It is necessary for the school to deal thoroughly with the pupil, so that the suffering adolescent may be able to feel welcomed and/or addressed to specialized services in more severe cases. The implementation of the "Education for Death" can aid both teens and teaching professionals to deal with death and mourning in a healthier way
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MARINACANDIANIMELES.pdf (897.09 Kbytes)
Data de Publicação
2015-03-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.