• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.21.2018.tde-13072018-155247
Documento
Autor
Nome completo
Andre da Silva Salvaterra
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Mahiques, Michel Michaelovitch de (Presidente)
Prado, Renato Luiz
Rosa, Maria Luiza Correa da Camara
Título em português
A investigação geotécnica como subsídio ao estudo da evolução quaternária de planícies costeiras
Palavras-chave em português
Baixada Santista
MIS3
nível do mar
planície costeira
Pleistoceno Superior
sondagens SPT
transgressão marinha
Resumo em português
A partir da avaliação de um banco de dados com 192 sondagens SPT realizadas na costa do Estado de São Paulo, foram detalhadas neste trabalho duas perfurações executadas na planície costeira da RMBS, Município de São Vicente, litoral sudeste do Brasil, com objetivo de contribuir com o estudo estratigráfico regional, apresentando a descrição macroscópica, NSPT, resultados granulométricos, geoquímicos e geocronológicos que indicam a correlação de depósitos lamosos amostrados em profundidade nestes furos com eventos transgressivos marinhos regionais. Tais resultados permitiram o reconhecimento de depósitos lamosos associados ao Estágio Isotópico Marinho 3 (MIS3) com idades entre 44890 AP e 40950 AP, formados em ambiente mixohalino desenvolvido entre 7 e 19 m abaixo do nível do mar atual, tendo-se ainda, proxies geoquímicos que sugerem uma transgressão marinha (ou mudança climática) entre 43000 e 42000 AP. Os resultados de granulometria indicaram o predomínio de areia fina nos intervalos arenosos e silte grosso nos lamosos, com NSPT das areias entre 2 e 40 e NSPT das lamas entre 1 e 8, sendo que para as areias os números mais elevados estão relacionados aos depósitos com melhor seleção granulométrica, possivelmente, pela ação de dunas e/ou posicionadas inferiormente na coluna estratigráfica (e/ou próximas à base de cada intervalo), e para as lamas os maiores valores são encontrados nas porções inferiores das sondagens, provavelmente, devido ao peso da coluna sedimentar sobrejacente. Os resultados de diâmetro médio (φ), NSPT e CaCO3 apresentaram correlação em ambas as sondagens, observando-se para os maiores valores de φ, os menores de NSPT e os maiores de CaCO3. A distribuição dos metais na sondagem SP-02 revelou a existência de dois grupos principais, sendo o primeiro associado à dominância de minerais argilosos (K, Ba, Sc, Al, Mg e Sr), e o segundo, associado a óxidos (Fe, Ti, Cr, V, Mn, Cu, Ni e Zn), com a sequência basal lamosa (MIS5e) associada à fácies terrestre, e, as lamas intermediárias (MIS3) associadas a um ambiente mixohalino, indicando a possibilidade de rochas-fonte distintas ou mudanças nas condições climáticas entre MIS5e e MIS3.
Título em inglês
The geotechnical investigation as a subsidy to the study of the Quaternary evolution of coastal plains
Palavras-chave em inglês
Brazilian coast
drillings
Late Pleistocene
Marine Isotope Stage 3
sea-level
Standard Penetration Test
Resumo em inglês
In this work, new evidence regarding a Marine Isotope Stage 3 (MIS3) transgression on the south-eastern Brazilian coast (Baixada Santista coastal plain) is shown. Data collected from two Standard Penetration Test (SPT) drillings allowed the distinction of four sandy intervals of three mud intervals, with the intermediate sequences revealing the occurrence of myxohaline sediments between BP 45,000 and 41,000 BP. A deeper sequence, which shows a clear transition from terrestrial to a myxohaline environment, was associated with the MIS5e. Organic and inorganic proxies have been used to recognize the variations on the terrestrial/myxohaline/marine deposits, as well as to infer about climate and energy of the depositional environment. Environmental change, which could correspond to a sea-level peak or the occurrence of drier conditions, was recognized between 43,000 and 42,000 BP. The SPT values in the sands varied between 2 and 40, while for muds the SPT values ranged from 1 to 8. The results of mean diameter (φ), SPT and CaCO3 presented a correlation in both drillings, with the highest values of φ, being the lowest of SPT and the highest of CaCO3. The results reinforce the need for future works on MIS3 variability on the South American Atlantic coast.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.