• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.21.2012.tde-10122012-165258
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Stefanon Cariello
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Sousa, Eduinetty Ceci Pereira Moreira de (Presidente)
Gomes, Vicente
Lourenço, Sergio de Oliveira
Título em português
Efeito do naftaleno na microalga marinha Dunaliella tertiolecta, ouriço-do-mar Lytechinus variegatus e no microcrustáceos estuarinos Nitokra sp e Leptocheirus plumulosus
Palavras-chave em português
Dunaliella tertiolecta
Ecotoxicologia
Leptocheirus plumulosus
Lytechinus variegatus
Naftaleno
Nitokra sp
Resumo em português
O naftaleno é um dos principais constituintes do petróleo solúvel em água e esta classe de poluentes está enquadrada na lista prioritária de contaminantes orgânicos persistentes. O presente trabalho traz informações sobre o efeito do naftaleno em ensaios ecotoxicológicos com quatro diferentes grupos de organismos aquáticos. Ensaios crônicos com a microalga marinha Dunaliella tertiolecta e com ouriço-do-mar Lytechinus variegatus, ensaios crônicos e agudos com o copépodo estuarino bentônico Nitokra sp e ensaios agudos com o anfípodo estuarino Leptocherius plumulosus. Na avaliação do efeito crônico, o valor médio da CI(I)50-96h encontrada para microalga marinha foi de 29,01 mg.L-1 e o valor médio da CE(I)50-24h para ouriço-do-mar foi de 0,30 mg.L-1. Para o copépodo, os ensaios crônicos tiveram os valores de 0,19 mg.L-1 para CENO(I) e 0,40 mg.L-1 para CEO(I). Nos ensaios agudos, este mesmo organismo apresentou uma média de CL(I)50-96h em 13,4 mg.L-1 e a média da CL(I)50-96h para o anfípodo estuarino foi de 2,38 mg.L-1. Estes resultados evidenciam potenciais de efeito para diferentes classes de organismos aquáticos e poderão auxiliar nas avaliações ambientais, quando houver limites disponíveis e diretrizes que estabeleçam condições e padrões de lançamento de efluentes nos corpos de água no Brasil.
Título em inglês
Effect of naphthaleme in marine microalgae Dunaliella tertiolectea, in sea urchin Lytechinus variegatus and estuarine microstaceans Nitokra so and Leptocherius plumulosus
Palavras-chave em inglês
Dunaliella tertiolecta
Ecotoxicology
Leptocheirus plumulosus
Lytechinus variegatus
Naphthalene
Nitokra sp
Resumo em inglês
Naphthalene is a major constituent of the oil soluble in water and this class of pollutants is framed in the priority list of persistent organic pollutants. The present study provides information on the effect of naphthalene in ecotoxicological tests with four different groups of aquatic organisms. Chronic tests with the marine microalgae Dunaliella tertiolecta and sea-urchin Lytechinus variegatus, acute and chronic tests with the estuarine benthic copepod Nitokra sp and acute tests with the estuarine amphipod Leptocheirus plumulosus. In the assessment of chronic effect, the average value of IC(I)50-96h to marine microalgae was 29.01 mg.L-1 and the mean EC(I)50-24h for sea urchin 0.30 mg.L-1. In chronic tests for estuarine copepod the obtained values to NOEC and OEC was ranged from 0.19 mg L-1 to 0.40 mg L-1. In acute tests the same organism have showed an average of LC(I)50-96h in 13.4 mg.L-1 and for the estuarine amphipod the mean LC(I)50-96h was 2.38 mg.L-1. These results demonstrate the potential effect on different classes of aquatic organisms. This may assist in environmental assessments in Brazil, when limits and guidelines are available and allow establishing conditions and standards of effluent discharge into water bodies in Brazil.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.