• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.21.2001.tde-28092001-131903
Documento
Autor
Nome completo
Eduardo Machado de Almeida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Wongtschowski, Carmen Lucia Del Bianco Rossi (Presidente)
Cergole, Maria Cristina
Dias, June Ferraz
Título em português
Estrutura da população, crescimento e reprodução de Maurolicus stehmanni Parin & Kobylianski, 1993 (Teleostei: Sternoptychidae) na zona econômica e exclusiva do sul e sudeste do Brasil.
Palavras-chave em português
Maurolicus stehmanni
Maurolicus
crescimento
mesopelágico
migração vertical
quebra de plataforma continental
reprodução
sul e sudeste do Brasil
zona econômica exclusiva
Resumo em português
Maurolicus é um gênero representado por peixes mesopelágicos, com elevada biomassa na Zona Econômica Exclusiva sudeste sul brasileira. O material deste estudo provém de arrastos com rede de meia água efetuados com o N/Oc. Atlântico Sul, entre as isóbatas de 100 e 1500 m e entre as latitudes 22° e 35° S, realizados no inverno de 1996; outono de 1997 e primavera de 1997. A análise das características merísticas e morfológicas de 120 exemplares, coletados em 4 pontos distintos, indicou que na região ocorre M. stehmanni Parin & Kobyliansky, 1993. Através da análise da distribuição vertical e horizontal das capturas, verificou-se que a espécie está associada à região de quebra de plataforma continental, permanecendo em profundidades maiores que 200 metros durante o dia, migrando para camadas superiores a noite, com a diminuição da intensidade luminosa. Pela distribuição de freqüência de comprimento e proporção entre jovens e adultos constatou-se que ocorreu recrutamento em todos os períodos estudados. A partir da análise da proporção entre peixes jovens e adultos por comprimento estimou-se o L50médio em 32 mm. As análises da relação gonadossomática, da freqüência dos estádios de maturidade gonadal e do ∆K (diferença entre o fator de condição total e somático) indicaram que a espécie apresentou atividade reprodutiva em todas as áreas e épocas analisadas. A relação entre o raio do otólito e o tamanho dos indivíduos é linear, porém não foi possível identificar a periodicidade de formação dos anéis, impossibilitando estimativas adequadas dos parâmetros de crescimento. Aplicando-se a rotina ELEFAN I, do pacote computacional FISAT, aos dados de freqüência de comprimento foi estimado o L∞ em 53 mm e k em 0,9 ano-1, indicando que a espécie atinge o tamanho médio da 1 a maturação gonadal em torno do 1º ano de vida.
Título em inglês
Population structure, growth and reproduction of Maurolicus stehmanni Parin & Kobyliansky, 1993 (Teleostei: Sternoptychidae) in south-eastern and south Brazilian economic exclusive zone.
Palavras-chave em inglês
economic exclusive zone
growth
mesopelagic
reproduction
shelfbreak
south and souteastern of Brazil
vertical migration
Resumo em inglês
Maurolicus is a genus of mesopelagic fish very abundant in the south-eastern and south Brazilian Economic Exclusive Zone. The material of this study was sampled by mid water trawl during cruises of R/V Atlântico Sul in winter of 1996, autumn of 1997 and spring of 1997, between 100 and 1500 meters depth, from latitudes of 22° to 35° S. The meristic and morphological analysis of 120 specimens collected in 4 distinctive points, has indicated the occurrence of M. stehmanni Parin & Kobyliansky, 1993 in the area. Through the vertical and horizontal distribution of the catches it was verified that this species is associated with the shelf break, staying in depths higher than 200 m during the day, migrating to lower depths at night as the luminous intensity falls. The length frequency and the proportion between youngs and adults showed that the recruitment occured during the periods surveyed. By means of young-adult proportion by length a value of L50 about 32 mm was estimated. The study of gonadossomatic relationship, gonadal maturity frequency and ∆K (difference between total and somatic condition factor) indicated that M. stehmanni presented reproductive activity in the area during all the sampled seasons. There is a linear relationship between the standard length and the otolith radius, however the periodicity of the zone formation was not identified, which did not permit appropriate estimates of the growth parameters. The L∞ of 53 mm and k of 0,9 year–1 were estimated using ELEFAN I routine (FISAT) based on length frequency data, indicating that M. stehmanni attains maturity around its first year of life.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tde.pdf (2.66 Mbytes)
Data de Publicação
2001-11-13
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • ALMEIDA, Eduardo Machado, and WONGTCHOWSKI, Carmen Lucia Del Bianco Rossi. Fish, Sternoptychidae, Maurolicus stehmanni Parin & Kobyliansky, 1993 : Occurrence and distribution in south and southeastern Brazilian waters. Check List (UNESP) [online], 2007, vol. 3, n. 4, p. 321-329. [cited 2016-08-13]. Available from : <http://www.checklist.org.br/archive?vol=3&num=4>
  • ALMEIDA, Eduardo Machado, and WONGTCHOWSKI, Carmen Lucia Del Bianco Rossi. Maurolicus stehmani Parin & Kobyliansky, 1993 (Sternoptychidae) : length of first maturation, and spawning seasons in the south-southeast brazilian region [doi:10.1590/S1679-87592007000400007]. Brazilian Journal of Oceanography [online], 2007, vol. 55, n. 4, p. 309-322.
  • BELLUCO, André, et al. Growth parameters estimates of Maurolicus stehmanni Parin & Kobyliansky 1996 (Teleostei, sternoptichydae) from South and Southeastern Brasilian waters. Brazilian Journal of Oceanography [online], 2004, vol. 52, n. 3-4, p. 195-205. [cited 2016-08-14]. Available from : <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592004000300003>
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.