• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.21.2008.tde-19062008-155746
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Petracco
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Corbisier, Thais Navajas (Presidente)
Amaral, Antonia Cecilia Zacagnini
Shimizu, Roberto Munehisa
Sumida, Paulo Yukio Gomes
Turra, Alexander
Título em português
Produção secundária da macrofauna bentônica da zona entremarés no segmento norte da praia do Una, litoral sul do estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Estação Ecológica Juréia-Itatins.
isótopos estáveis de C e N
macrofauna bentônica
métodos de produção
praias arenosas
produção secundária
taxa de renovação
Resumo em português
Este estudo teve como objetivo estimar a produção secundária e a taxa de renovação (P/B) do gastrópode Hastula cinerea, do isópode Excirolana armata e dos decápodes Austinixa patogoniensis e Callichirus major na zona entremarés da praia do Una, situada na Estação Ecológica Juréia-Itatins, litoral sul do estado de São Paulo. Para essa finalidade, coletas mensais foram realizadas durante o período de dezembro/03 a novembro/05 em duas áreas, A (24°28,67’S e 47°07,36’W) e B (24°27,53’S e 47°05,86’W), no segmento norte da praia que apresenta estado morfodinâmico dissipativo. H. cinerea apresentou distribuição diferencial de acordo com o tamanho dos organismos entre as áreas, com predominância de indivíduos menores na área A, o que conduziu à maior abundância, produção (ca 0,18 g PSLC m-2 ano-1) e razão P/B nessa área. Baixas razões P/B dessa espécie (entre 0,8 e 1,3 ano-1) foram decorrentes de crescimento lento, ausência de indíviduos recém-recrutados na zona entremarés e falha no recrutamento no segundo ano de estudo. Essas baixas razões foram corroboradas pela alta expectativa de vida estimada para essa espécie (4,8 anos). As estimativas de produções de E. armata, restritas à área B, foram semelhantes entre machos e fêmeas, assim como entre os anos (ca 0,25 g PSLC m-2 ano-1). As P/B dos machos (entre 3,2 e 4,3 ano-1) foram superiores às das fêmeas (ca 3,1 ano-1), decorrentes dos menores comprimentos alcançados pelos machos. Altos valores de P/B de E. armata na praia do Una foram decorrentes de crescimento rápido que se refletiram em altas taxas de mortalidade (Z) e baixas expectativas de vida. Verificou-se uma correlação significativa e inversa entre a P/B e a expectativa de vida ao utilizar estimativas dos cirolanídeos E. armata e E. braziliensis obtidas em estudos de praias arenosas brasileiras. O caranguejo A. patagoniensis apresentou densidade média anual de 1 indivíduo.galeria-1 do talassinídeo C. major e de cerca de 6 indivíduos.m-2. Essas baixas densidades conduziram à reduzida biomassa e, conseqüentemente, a uma pequena produção, apesar das consideráveis taxas de renovação estimadas para esse braquiúro (ca 2,5 ano-1). C. major apresentou a maior produção (2,33 g PSLC m-2 ano-1) dentre as espécies estudadas. Ao considerar a ampla distribuição dessa espécie ao longo da face praial na área B (mais de 50 metros), na qual foi obtida a sua produção, a estimativa em faixa de metro linear (ca 130 g PSLC m-1 ano-1) foi a mais adequada para demonstrar a importância dessa espécie. A baixa razão P/B de C. major, 0,9 ano-1, indica reduzida capacidade de compensar sobrexploração, fato esse crítico para uma espécie freqüentemente extraída em praias brasileiras para utilização como isca. Ao analisar os métodos de produção da taxa de crescimento específica em peso (TCEP) e da freqüência de comprimento (FC), a partir de algumas estimativas de estudos de praias arenosas brasileiras e do presente estudo, verificou-se que esses tenderam a gerar estimativas similares. Os métodos empíricos analisados, entretanto, tenderam a sobreou subestimar acentuadamente as estimativas de produções, não fornecendo estimativas confiáveis. Com relação às interações tróficas, as razões isotópicas estáveis de carbono e nitrogênio dos consumidores na praia do Una evidenciaram que os hábitos alimentares das espécies/gêneros estão de acordo com os referidos na literatura, no geral, e que o ecossistema da praia do Una depende basicamente do material particulado em suspensão, apesar de indícios de que o microfitobentos também possa ter papel relevante na trama trófica dessa praia. As plantas das dunas, entretanto, aparentemente não contribuem como produtores primários nesse ecossistema.
Título em inglês
Secondary production of brnthonic macrofauna in the intertidal zone in the northern segment of Una beach, on the coast of the estate of São Paulo
Palavras-chave em inglês
benthonic macrofauna
Estação Ecológica Juréia-Itatins.
methods of production
sandy beaches
secondary production
stable isotopes of C and N
turnover rate
Resumo em inglês
This study has as objective to estimate the secondary production and turnover rate (P/B) of the gastropod Hastula cinerea, the isopod Excirolana armata and the decapods Austinixa patogoniensis e Callichirus major in the intertidal zone of Una beach, situated in Estação Ecológica Juréia-Itatins, on the southern coast of the state of São Paulo. For that purpose, monthly samplings were carried out during the period going from December/03 to November/05 in two areas, A (24°28,67’S and 47°07,36’W) and B (24°27,53’S and 47°05,86’W), in the northern segment of the beach, which presents dissipative morphodynamic state. H. cinerea presented differential distribution according to the individual sizes between the areas, with predominance of smaller individuals in area A, which led to the higher abundance, production (ca 0.18 g PSLC m-2 ano-1) and P/B ratio in this area. Low P/B ratios of this species (between 0.8 e 1.3 ano-1) were caused by slow growth, lack of newly recruited individuals in the intertidal zone and flaws in the recruitment in the second year of study. These low ratios were corroborated by the high life span estimated for this species (4.8 years). The production estimates for E. armata, limited to area B, were similar between males and females, as well as between the years (ca 0.25 g PSLC m-2 year-1). Male P/B (between 3.2 and 4.3 year-1) were superior to the female ones (ca 3.1 year-1), resulting from the smaller lengths reached by males. High P/B values for E. armata in Una beach resulted from its fast growth, which were shown in high mortality rates (Z) and low lifespans. A significant and inverse correlation between P/B and life span was verified as estimates obtained in studies of Brazilian sandy beaches for the cirolanidae E. armata and E. braziliensis were used. The crab A. patagoniensis presented an average annual density of 1 individual.burrow-1 for the talassinidae C. major and of approximately 6 individuals.m-2. These low densities led to the limited biomass and, consequently, to a small production, in spite of the considerable turnover rates estimated for this brachyurous (ca 2.5 year-1). C. major presented the highest production (2.33 g PSLC m- 2 year-1) among the studied species. When considering the vast distribution of this species along the beach face in area B (more than 50 meters), in which its production was obtained, the estimate in linear meter strip (ca 130 g PSLC m-1 year-1) was more appropriate to demonstrate the importance of this species. The low P/B ratio of C. major, 0.9 year-1, indicates limited capacity to compensate over exploration, which is critical for a species frequently extracted in Brazilian beaches to be used as bait. While analyzing the methods of production of specific growth rate in weight (SGRW) and of length frequency (LF), from some estimates in studies of Brazilian sandy beaches and in the present study as well, it was verified that the mentioned methods tended to generate similar estimates. The empirical methods that were analyzed, however, tended to strongly super or underestimate the production estimates, thus not providing reliable estimates. With relation to trophic relations, the stable isotopic ratios of carbon and nitrogen of consumers in Una beach made it evident that the feeding habits of the species/genders are in accordance with the ones referred to in literature, generally speaking, and that the Una beach ecosystem depends basically on the suspended particulate material, in spite of indications that microphytobenthos may also play a relevant role in the trophic web in this beach. The plants in the dunes, nevertheless, apparently do not contribute as primary producers in this ecosystem.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MarceloPetracco.pdf (1.44 Mbytes)
Data de Publicação
2008-06-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.