• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.21.1983.tde-19012009-110039
Documento
Autor
Nome completo
Maria Aparecida Guimaraes Ribeiro
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1983
Orientador
Banca examinadora
Wakabara, Yoko (Presidente)
Qualifik, Paul
Vazzoler, Gelso
Título em português
Crustacea (Em Especial Amphipoda) do Conteúdo Estomacal de Sciaenidae da Plataforma Continental do Brasil (Lat. 29º21'S e 33º41'S).
Palavras-chave em português
Amphipoda
conteúdo estomacal
hábito alimentar
peixes bentófagos
Sciaenidae
Resumo em português
Considerando a reconhecida importância dos Crustáceos para os peixes da família Sciaenidae, decidiu-se estudar a alimentação das espécies: Cynoscion jamaiacensis Cynoscion striatus, Macrodon ancylodon, Micropogonias furnieri, Paralonchurus brasiliensis e Umbrina canosai, em relação aos itens-Crustacea e em especial aos Amphipoda. O material em estudo foi obtido de três cruzeiros do Convênio GEDIP e IOUSP, coletados na Plataforma Continental, entre as latitudes 29º 21'S (Torres) e 33º 41's (Chuí) entre outubro de 1968 e março de 1969. Embora em C.jamaicensis, P.brasiliensis o número de exemp1ares examinados fosse pequeno, foram calculados para a aná1ise do conteúdo estomacal (itens-Crustacea): a freqüência de ocorrência, porcentagem numérica, volume percentual e IRI (índice de re1ativa importância). O número de itens-Crustacea encontrado para as espécies de Sciaenidae foi muito variado. Assim, em M.ancylodon e P.brasiliensis foram encontrados 4 itens, em C.jamaicensis 5, em C.striatus 9, em M.furnieri 13 e em U.canosai 15. O IRI forneceu os itens mais importantes para cada espécie como segue: Amphipoda para C.jamaicensia, P.braisiliensis e U.canosai; Natantia para C.striatus e M.ancylodon e Brachyura para M.furnieri. A análise sobre a variação do regime alimentar com o aumento do tamanho do peixe, revelou que em M.ancylodon, M.furnier, P.brasiliensis e U.canosai, os peixes maiores vão adicionando outros itens, ampliando o seu espectro alimentar. À medida que o peixe cresce, diminui a freqüência de ingestão de presas maiores e aumenta a de presas maiores. O número de espécies de Amphipoda predadores por esses peixes também foi variável. Algumas espécies de Amphipoda foram encontradas em uma só espécie de peixe, outras ao contrário são presas comuns a vários peixes; outras ainda foram encontradas eu alta porcentagem numérica nos estômagos. C.jamaicensis, C. striatus e U.canosai consumiram mais espécies de Amphipoda da infauna, P. brasiliensis ingeriu mais espécies da epifauna, enquanto M. furnieri parece não ter preferência por nenhum desses dois grupos de Amphipoda. Espécies de Amphipoda registradas no levantamento bentônico feito na mesma região de captura dos peixes, revelou uma coincidência de várias espécies encontradas no conteúdo estomacal, indicando que os peixes devem capturar pelo menos parte de sua dieta sobre os organismos disponíveis no seu habitat. Muitas das espécies de Amphipoda predadas pelos Sciaenidae podem também ser as presas de peixes Pleuronectiformes da mesma região. Seis espécies de Amphipoda não haviam sido assinaladas em conteúdo estomacal de peixes, enquanto duas espécies já haviam sido encontradas em estômagos de outras espécies de Sciaenidae. A sobreposição alimentar verificada para pares de espécies de peixes a níve1de ordem dos itens alimentares foi confirmada quando da identificação específica do item Amphipoda.
Título em inglês
Crustacea (specially Amphipoda) in the Sciaenidae stomach contents of the Brazil continental shelf (Lta. 29º 21´S and 33º 41´S).
Palavras-chave em inglês
Amphipoda
benthos feeding fish
Sciaenidae.
stomach contents
Resumo em inglês
Considerando a reconhecida importância dos Crustáceos para os peixes da família Sciaenidae, decidiu-se estudar a alimentação das espécies: Cynoscion jamaiacensis Cynoscion striatus, Macrodon ancylodon, Micropogonias furnieri, Paralonchurus brasiliensis e Umbrina canosai, em relação aos itens-Crustacea e em especial aos Amphipoda. O material em estudo foi obtido de três cruzeiros do Convênio GEDIP e IOUSP, coletados na Plataforma Continental, entre as latitudes 29º 21'S (Torres) e 33º 41's (Chuí) entre outubro de 1968 e março de 1969. Embora em C.jamaicensis, P.brasiliensis o número de exemp1ares examinados fosse pequeno, foram calculados para a aná1ise do conteúdo estomacal (itens-Crustacea): a freqüência de ocorrência, porcentagem numérica, volume percentual e IRI (índice de re1ativa importância). O número de itens-Crustacea encontrado para as espécies de Sciaenidae foi muito variado. Assim, em M.ancylodon e P.brasiliensis foram encontrados 4 itens, em C.jamaicensis 5, em C.striatus 9, em M.furnieri 13 e em U.canosai 15. O IRI forneceu os itens mais importantes para cada espécie como segue: Amphipoda para C.jamaicensia, P.braisiliensis e U.canosai; Natantia para C.striatus e M.ancylodon e Brachyura para M.furnieri. A análise sobre a variação do regime alimentar com o aumento do tamanho do peixe, revelou que em M.ancylodon, M.furnier, P.brasiliensis e U.canosai, os peixes maiores vão adicionando outros itens, ampliando o seu espectro alimentar. À medida que o peixe cresce, diminui a freqüência de ingestão de presas maiores e aumenta a de presas maiores. O número de espécies de Amphipoda predadores por esses peixes também foi variável. Algumas espécies de Amphipoda foram encontradas em uma só espécie de peixe, outras ao contrário são presas comuns a vários peixes; outras ainda foram encontradas eu alta porcentagem numérica nos estômagos. C.jamaicensis, C. striatus e U.canosai consumiram mais espécies de Amphipoda da infauna, P. brasiliensis ingeriu mais espécies da epifauna, enquanto M. furnieri parece não ter preferência por nenhum desses dois grupos de Amphipoda. Espécies de Amphipoda registradas no levantamento bentônico feito na mesma região de captura dos peixes, revelou uma coincidência de várias espécies encontradas no conteúdo estomacal, indicando que os peixes devem capturar pelo menos parte de sua dieta sobre os organismos disponíveis no seu habitat. Muitas das espécies de Amphipoda predadas pelos Sciaenidae podem também ser as presas de peixes Pleuronectiformes da mesma região. Seis espécies de Amphipoda não haviam sido assinaladas em conteúdo estomacal de peixes, enquanto duas espécies já haviam sido encontradas em estômagos de outras espécies de Sciaenidae. A sobreposição alimentar verificada para pares de espécies de peixes a níve1de ordem dos itens alimentares foi confirmada quando da identificação específica do item Amphipoda. ABSTRACT Crustacea are considered one of the most important items of the Benithos feeding fish Sciaenidae. The present study analyses the Crustacea and more particular1y the Amphipoda found in the stomach of the Sciaenidae: Cynoscion jamaicensis, Cynoscion striatus, Macrodon ancylodon, Micropogonias furnieri, Parolonchurus brasiliensis and Umbrina canosai. The material was collected on the continental shelf in Southern Brazil (Lat. 29º 21'S and 33º 41'S) from October 1968 through March 1969. Although samples with only few specimens of C.jamaicensis and P.brasiliensis were obtained, the results gave important information about the feeding habits of the fish. The number of Crustacea itens varied from one fish species to another. The indice IRI (Pinkas et al., 1971) calculated for the different crustacean itens indicated Amphipoda for C.jamaicensis, P.brasiliensis and U.carosai ; Natantia for C.striatus and M.ancylodon and finally Brachyura for M.furnieri as the most important item. For M.ancylodon, M.furnieri, P.brasilinsis and U.canosai, it was observed that their food spectrun enlarges as their length increases. Each fish species consumed a diverse number of Amphipoda species, same of them being exclusive for only one fish, while others are common prey of several species. Few planktonic Amphipoda especies were found in the contents examined. Bentonic, epifaunal and infauna1 Amphipoda were comsumed in different percentages. Many Amphipoda found in the benthoc sampling of the fishing area were reacorded in the stomach contents. Same of the species preyed by Sciaenidae are the same as those recorded by a previous study (wakabara et al., 1982) on the feeding habits of P1euronectiformes from the same region. The food over1apping among pairs of fishes previous1y observed by Vazzo1er (1975) was confirmed by the specific identification of the preys although this preying is done in different percentages, in terms of composition.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Aparecida.pdf (3.26 Mbytes)
Data de Publicação
2009-01-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.