• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.21.2011.tde-18042012-150106
Documento
Autor
Nome completo
Mauricio Shimabukuro
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Vanin, Ana Maria Setubal Pires (Presidente)
Amaral, Antonia Cecilia Zacagnini
Paiva, Paulo Cesar de
Título em português
Comunidades de Polychaeta (Annelida) da plataforma continental ao largo de Santos, SP: Composição, distribuição e estrutura trófica
Palavras-chave em português
composição
distribuição
plataforma sudeste brasileira
poliqueta
Resumo em português
A composição e distribuição de poliquetas foram estudadas na região da plataforma continental sudeste brasileira adjacente à Baixada Santista (Projeto temático ECOSAN), sendo realizadas coletas em 21 estações, durante dois períodos, por meio de um 'box-corer' (0.09m2). Poliqueta foi o grupo dominante da macrofauna, totalizando 16.274 indivíduos e 214 espécies. A distribuição da fauna relacionou-se com as características do sedimento, como o tamanho médio do grão e seu grau de seleção, ao longo de um gradiente batimétrico, verificando-se a existência de três comunidades distintas: comunidade costeira, situada ao longo da costa em locais de areia muito fina e fina bem selecionadas, dominada por Apoprionospio dayi; comunidade de transição, situada em sedimentosmistos e heterogêneos, entre 50-84m e caracacterizada por Aphelochaeta sp., Levinsenia gracilis e Aricidea (A.) catherinae; comunidade de plataforma externa, situada em sedimentos lamosos profundos, caracterizada por Sigambra grubii, Sternaspis capillata e Leitoscoloplos kerguelensis. Fatores oceanográficos, como hidrodinamismo e intrusão sazonal da ACAS, foram considerados como secundários na estruturação das comunidades. De modo geral, a riqueza e diversidade de poliqueta foram altos, variando de 20 a 66, e de 2,37 a 5,45 respectivamente. A região entre 50-84m apresentou picos desses descritores, provavelmente associados ao sedimento de maior heterogeneidade e à sobreposição de comunidades. Os grupos funcionais apresentaram distribuição semelhante a da composição de espécies. Os consumidores de interface foram dominantes na região costeira, enquanto depositívoros de superfície, e sub-superfície móveis de probóscide lisa, e carnívoros móveis mandibulados, foram dominantes na região entre 50 e 100m.
Título em inglês
Polychaetes Communities from continental shelf offshore of Santos, Brazil: composition, distribution and trophic structure
Palavras-chave em inglês
composition
distribution
polychaete
southeastern Brazilian continental shelf
Resumo em inglês
Composition and distribution of polychaetes were studied in southeastern Brazilian continental shelf adjacent to Santos (ECOSAN Thematic Project). Aiming a spatio-temporal community comprehension, 21 stations were sampled in duplicates during August/2005 and February/2006, with a box-corer (0.09 m2). Polychaete was the dominant macrofauna group, totalizing 16274 individuals and 214 species. The fauna distribution along the depth gradient was related to sediment type, mean grain size and sediment sorting, which partially promoted the existence of three distinct communities: (1) a shallow community, dominated by Apoprionospio dayi, inhabiting very fine and fine well selected sand; (2) a community dominated by Aphelochaeta sp., Levinsenia gracilis and Aricidea (A.) catherinae, inhabiting mixed sediments between 50-84 m depth; (3) and a community dominated by Sigambra grubii, Sternaspis capillata and Leitoscoloplos kerguelensis, inhabiting muddy sediments in a deeper region of the continental shelf. The local hydrodynamic regime and the deep intrusion of the South Atlantic Central Water (SACW) were considered secondary factors in the distribution of polychaetes. High values of richness and diversity were observed throughout the shelf, ranging from 20 to 66, and from 2.37 to 5.45 respectively. The region between 50-84m showed peaks of these community descriptors, probably associated with greater sediment heterogeneity, and the communities overlapping. The functional groups showed a similar distribution to species distribution. Interface-feeders were dominant functional group in coastal region, while motile surface and subsurface deposit feeders with soft proboscis and motile carnivores with jaws were dominant in the region between 50 and 100m.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Shimabukuro.pdf (14.28 Mbytes)
Data de Publicação
2013-01-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.