• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.2.2014.tde-11022015-082103
Documento
Autor
Nome completo
Karla Tayumi Ishiy
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Paschoal, Janaina Conceição (Presidente)
Costa, Helena Regina Lobo da
Teixeira, Alessandra
Título em português
A desconstrução da criminalidade feminina
Palavras-chave em português
Criminalidade
Mulher delinquente
Tráfico de drogas
Resumo em português
Diante da intensificação do processo de encarceramento feminino verificada na última década e das nefastas consequências que decorrem da prisionalização, a presente pesquisa voltar-se-á para a análise da criminalidade feminina a partir de uma perspectiva de gênero, a fim de identificar as especificidades do comportamento feminino e revelar como o gênero e as relações de poder dele decorrentes estão essencialmente entrelaçados na construção da realidade criminal. Para tanto, será adotada uma abordagem histórica sobre o conceito de gênero e da sua introdução analítica nas ciências jurídicas, a fim de compreender de que forma o paradigma de gênero colabora para a transformação do discurso jurídico. Em seguida, será exposta a trajetória das teorias criminológicas, passando pelos caminhos das teorias demonológicas até as feministas, com a finalidade de investigar as diversas abordagens da criminalidade feminina. Por fim, a partir da análise de processos criminais que tramitaram perante o Superior Tribunal de Justiça e abordaram o crime de tráfico de drogas para dentro dos presídios, serão investigados concretamente os diferentes aspectos que as questões de gênero podem relacionar-se com o fenômeno criminal.
Título em inglês
Deconstruction of the female criminality
Palavras-chave em inglês
Criminal law
Drug dealing
Female criminality
Feminist criminology
Gender paradigm
Resumo em inglês
In view of the intensification of female incarceration verified on the past decade and the nefarious consequences that follows the imprisonment, the following research will focus on the analysis of the female criminality from a gender perspective, willing to identify the female behavior specificities and reveal how the gender and the following power relations are essentially associated in the framing of the criminal reality. For this purpose, will be taken a historical approach about the concept of gender and its analytical introduction on the legal sciences, in order to understand how the gender paradigm collaborates for the legal discourse transformation. Afterwards, it will be established the criminological theories path, through the demonological theories up to the feminist theories, to investigate the various approaches about feminine criminality. Finally, from the analysis of processes that were processed before the Superior Tribunal de Justiça and addressed drug dealing into prisons, will be investigated truly the different aspects in with gender issues can relate with the criminal phenomenon.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.