• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.18.2012.tde-10082012-105525
Documento
Autor
Nome completo
Daniela Cristina Antelmi Pigosso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2012
Orientador
Banca examinadora
Rozenfeld, Henrique (Presidente)
Amaral, Daniel Capaldo
McAloone, Tim Charles
Stevels, Albert Leendert Nicolaas
Valle, Rogério de Aragão Bastos do
Título em inglês
Ecodesign maturity model: a framework to support companies in the selection and implementation of ecodesign practices 
Palavras-chave em inglês
Ecodesign management
Ecodesign maturity model
Ecodesign practices
Resumo em inglês
Over the last few decades, ecodesign has emerged as a promising approach to integrate environmental concerns into the product development process in order to minimize environmental impacts throughout the products material life cycle, without compromising other essential criteria such as performance and cost. Despite the recognition of the ecodesign potential benefits, its application has not reached companies worldwide mainly due to difficulties in the management of ecodesign, which include: lack of systematization of ecodesign practices; lack of integration into the product development process, management and corporate strategy; and lack of a method to support the selection of the most suitable ecodesign practices to be applied. This thesis introduces the Ecodesign Maturity Model (EcoM2), a framework aimed at supporting companies in the ecodesign implementation and management. The EcoM2 was developed in the context of the hypothetic-deductive approach combining the theoretical and empirical developments. Initially, a theoretical approach is adopted in order to have a deep knowledge and understanding about the issue, define the main elements of the model and elaborate the content of the theoretical version. The main research method adopted in this phase is the systematic literature review combined with experts evaluation, in order to improve the theoretical version. Subsequently, the improved version of the EcoM2 is further developed following an empirical approach, with the application of the EcoM2 in an action research. Finally, in order test hypothesis of the research, i.e. that the EcoM2 can support companies in the selection of ecodesign practices to be applied into the product development process, two case studies for theory-testing are carried out. The results indicate that the EcoM2 can successfully support companies in the selection of the most suitable ecodesign practices to be applied, based on the current maturity profile of the company on ecodesign implementation and its strategic goals and drivers.
Título em português
Modelo de maturidade em ecodesign: um framework para apoiar as empresas na seleção e implementação de práticas de ecodesign
Palavras-chave em português
Design para o ambiente
Gestão do ecodesign
Modelo de maturidade em ecodesign
Resumo em português
Ao longo das últimas décadas, o ecodesign surgiu como uma abordagem promissora para integrar as questões ambientais ao processo de desenvolvimento de produtos de forma a minimizar os impactos ambientais ao longo de todo ciclo de vida material dos produtos, sem comprometer outros aspectos essenciais, tais como desempenho e custo. Apesar do reconhecimento dos benefícios potenciais do ecodesign, a sua aplicação ainda não é consolidada nas empresas em todo o mundo, principalmente devido às dificuldades na gestão do ecodesign, que incluem: falta de sistematização das práticas de ecodesign, falta de integração ao processo de desenvolvimento de produtos, gestão e estratégia empresariais; e falta de um método para apoiar a seleção das práticas de ecodesign a serem aplicadas. Esta tese apresenta o Modelo de Maturidade em Ecodesign (EcoM2), uma estrutura conceitual destinada a apoiar as empresas na aplicação e gestão do ecodesign. O EcoM2 foi desenvolvido no contexto da abordagem hipotético-dedutiva combinando o desenvolvimento teórico e empírico. Inicialmente, adota-se uma abordagem teórica de forma a obter conhecimento e entendimento sobre o assunto, definir os principais elementos do modelo e elaborar a versão teórica. O principal método de pesquisa adotado nessa fase é a revisão sistemática da literatura combinada com avaliação de especialistas, a fim de melhorar a versão teórica. Em sequência, a nova versão teórica do EcoM2 é aperfeiçoada por meio de uma abordagem empírica, com a aplicação do EcoM2 em uma pesquisa-ação. Finalmente, a fim de executar o teste da hipótese de pesquisa, isto é, de que o EcoM2 pode apoiar as empresas na seleção das práticas de ecodesign a serem aplicadas ao processo de desenvolvimento de produtos, são realizados dois estudos de caso para teste da teoria. Os resultados indicam que o EcoM2 pode apoiar as empresas na seleção das práticas de ecodesign, com base no perfil de maturidade atual da empresa na implementação do ecodesign e seus direcionadores e objetivos estratégicos.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-08-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.