• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2015.tde-05112015-083941
Documento
Autor
Nome completo
Víctor Cussiol Macul
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2015
Orientador
Banca examinadora
Amaral, Daniel Capaldo (Presidente)
Santos, Aguinaldo dos
Zancul, Eduardo de Senzi
Título em português
Caracterização do processo de desenvolvimento de produtos em uma comunidade de open source design
Palavras-chave em português
Co-criação
Comunidade
Desenvolvimento colaborativo
Desenvolvimento de produtos
Design
Inovação
Observação participante
Open source
Resumo em português
O open source design ainda é um fenômeno nascente, no entanto representa um movimento que caminha em direção a mudanças radicais na maneira como nós adquirimos uma grande variedade de produtos. Baseado no conceito Do-It-Yourself, os usuários, ou seja, os indivíduos ou organizações que esperam se beneficiar do uso de um design, produto ou serviço, possuem um papel ativo e central no desenvolvimento de novos produtos. Por meio de comunidades auto-organizadas, os colaboradores compartilham esforços para geração de produtos, e os tornam disponíveis para que qualquer pessoa possa utilizá-los livremente. Embora as comunidades open source sejam mais conhecidas para o desenvolvimento de software, elas não estão restritas ao software. No entanto, são poucas as iniciativas que aplicam esse conceito para produtos físicos. A literatura apresenta um grande número de estudos relacionados ao processo de desenvolvimento de produtos, porém, o open source design apresenta um ambiente diferente do tradicional. O envolvimento de um grande número de pessoas auto-organizadas pode provocar efeitos negativos no processo de desenvolvimento de produtos, quando soluções ruins influenciarem significativamente na convergência para uma solução final. Pesquisas indicam a necessidade de um melhor entendimento do processo de desenvolvimento de produtos nesse ambiente, assim como das ferramentas utilizadas para apoiar às organizações na gestão de seus processos de forma eficiente. Alguns autores apontam a falta de estudos de caso como uma das grandes barreiras para o desenvolvimento das pesquisas neste campo. Com base nessas lacunas, o objetivo deste estudo é contribuir com a caracterização do desenvolvimento de produtos no open source design. Para atingir esse objetivo, são realizados uma revisão de literatura no tema e um estudo de caso de caráter etnográfico, apoiado em mais de 800 horas de observação participante, e na análise de documentos da comunidade Open Source Ecology, nos Estados Unidos. Como resultado, é apresentado um relato das experiências vivenciadas junto à comunidade, que permitiram o levantamento de características do processo de desenvolvimento de produtos no open source design, assim como algumas reflexões sobre os demais elementos deste fenômeno: a plataforma de colaboração, a comunidade, os fatores que motivam os colaboradores a se envolverem no open source design, e o modelo de negócio dessas organizações. Estes resultados nos levam a crer que, embora muito trabalho tenha sido feito nas comunidades de open source design, este movimento ainda possui um baixo nível de maturidade com relação à gestão do processo de desenvolvimento de produtos, e está longe de mostrar seu todo o seu potencial.
Título em inglês
Characterization of the product development process in an open source design community
Palavras-chave em inglês
Co-creation
Collaborative design
Community
Design
Innovation
Open source
Participant observation
Product development
Resumo em inglês
The open source design is still a nascent phenomenon, but is it represents a movement that goes toward radical changes in how we acquire a wide variety of products. Based on the Do-It-Yourself concept, the users, i.e. individuals or organizations who expect to benefit from the use of a design, product or service, have an active and central role in the development of new products. Through self-organized communities, contributors share efforts to generate product designs, and make them available so that anyone can make free use of them. Although the open source communities are best known for software development, they are not restricted to software. However, there are few initiatives that apply this concept to physical products. The literature shows a large number of studies related to the design process, however, the open source design has a different environment than traditional one. The involvement of a large number of selforganized people can result in negative effects on the design process, when bad solutions dominate and greatly influence the convergence to a solution. Some researches indicate the necessity of better understand the design process in this environment, as well as the tools that aid organizations and individuals to manage this process effectively. Some authors point out the lack of case studies as one of the major barriers to the development of research in this field. Based on these gaps, the objective of this study is to contribute to the characterization of the design process in the open source design. To achieve this goal, there are conducted a literature review on this topic and an ethnographic case study, supported by more than 800 hours of participant observation, and document analysis the Open Source Ecology community, in the United States. As a result, an account of experiences with this community is presented, which support the characterization of the design process in open source design, as well as some reflections on other elements of this phenomenon: the collaboration platform, the community, the drive that motivates participation, and the business models of these organizations. Our findings indicate that, even though many accomplishments have been achieved, the open source design movement still has a low level of maturity, and is far from showing its full potential.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-11-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.