• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Arthur Chaves Costa
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2019
Orientador
Banca examinadora
Vieira, Marcelo Andrade da Costa (Presidente)
Escarpinati, Mauricio Cunha
Nonato, Luis Gustavo
Título em português
Detecção de distorção arquitetural mamária em mamografia digital utilizando rede neural convolucional profunda
Palavras-chave em português
Diagnóstico auxiliado por computador
Distorção arquitetural mamária
Mamografia digital
Rede neural convolucional profunda
Resumo em português
A proposta deste trabalho foi analisar diferentes metodologias de treinamento de uma rede neural convolucional profunda (CNN) para a detecção de distorção arquitetural mamária (DA) em imagens de mamografia digital. A DA é uma contração sutil do tecido mamário que pode representar o sinal mais precoce de um câncer de mama em formação. Os sistemas computacionais de auxílio ao diagnóstico (CAD) existentes ainda apresentam desempenho insatisfatório para a detecção da DA. Sistemas baseados em CNN têm atraído a atenção da comunidade científica, inclusive na área médica para a otimização dos sistemas CAD. No entanto, as CNNs necessitam de um grande volume de dados para serem treinadas adequadamente, o que é particularmente difícil na área médica. Dessa forma, foi realizada neste trabalho, uma comparação de diferentes abordagens de treinamento para uma arquitetura CNN avaliando-se o efeito de técnicas de geração de novas amostras (data augmentation) sobre o desempenho da rede. Para isso, foram utilizadas 240 mamografias digitais clínicas. Uma das redes (CNN-SW) foi treinada com recortes extraídos por varredura em janela sobre a área interna da mama (aprox. 21600 em média) e a outra rede (CNN-SW+) contou com o mesmo conjunto ampliado por data augmentation (aprox. 345000 em média). Para avaliar o método, foi utilizada validação cruzada por k-fold, gerando-se em rodízio, 10 modelos de cada rede. Os testes analisaram todas as ROIs extraídas da mama, sendo testados 14 mamogramas por fold, e obtendo-se uma diferença estatisticamente significativa entre os resultados (AUC de 0,81 para a CNN-SW e 0,83 para a CNN-SW+). Mapas de calor ilustraram as predições da rede, permitindo uma análise visual e quantitativa do comportamento de ambos os modelos.
Título em inglês
Detection of architectural distortion in digital mammography using deep convolutional neural network
Palavras-chave em inglês
Architectural distortion of the breast
Computer-aided detection
Deep convolutional neural network
Digital mammography
Resumo em inglês
The purpose of this work was to analyze different training methodologies of a deep convolutional neural network (CNN) to detect breast architectural distortion (AD) in digital mammography images. AD is a subtle contraction of the breast tissue that may represent the earliest sign of a breast cancer in formation. Current Computer-Aided Detection (CAD) systems still have an unsatisfactory performance on AD detection. CNN-based systems have attracted the attention of the scientific community, including in the medical field for CAD optimization. However, CNNs require a large amount of data to be properly trained, which is particularly difficult in the medical field. Thus, in this work, different training approaches for a CNN architecture are compared evaluating the effect of data augmentation techniques on the data set. For this, 240 clinical digital mammography were used. One of the networks (CNN-SW) was trained with regions of interest (ROI) extracted by a sliding window over the inner breast area (approx 21600 on average) and the other network (CNN-SW+) had the same set enlarged by data augmentation (about 345000 on average). To evaluate the method, k-fold cross-validation was used, generating 10 instances of each model. The tests looked at all the ROIs extracted from the breast (14 mammograms per fold), and results showed a statistically significant difference between both networks (AUC of 0.81 for CNN-SW and 0.83 for CNN-SW+). Heat maps illustrated the predictions of the networks, allowing a visual and quantitative analysis of the behavior of both models.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Arthur.pdf (20.58 Mbytes)
Data de Publicação
2019-04-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.