• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2007.tde-28112007-095503
Documento
Autor
Nome completo
Leonardo Hitoshi Hotta
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2007
Orientador
Banca examinadora
Silva, Antônio Nélson Rodrigues da (Presidente)
Faria, Carlos Alberto
Ferraz, Antônio Clóvis Pinto
Título em português
Avaliação comparativa de tecnologia de transporte público urbano: ônibus x transporte público individualizado
Palavras-chave em português
AHP
Avaliação de projetos em transportes
PRT
Transporte público individualizado
Transporte público urbano
Resumo em português
Este trabalho apresenta uma metodologia para avaliação de novas tecnologias de transporte público urbano. O objetivo é aplicar esta metodologia para tornar possível a comparação entre diferentes tecnologias para o transporte público. Este trabalho também considera ainda a introdução de uma nova tecnologia em uma cidade média brasileira. Trata-se do transporte público individualizado (TPI) ou personal rapid transit (PRT), como potencial substituto do ônibus. O TPI, que é uma tecnologia pouco conhecida, porém tem um potencial a ser explorado, já que possui características de transporte individual e ao mesmo tempo, é um serviço de transporte público. A metodologia consiste em duas etapas: a primeira etapa emprega a técnica conhecida como analytic hierarchy process (AHP), que já foi utilizada para avaliar projetos de transporte que envolvem atributos de diferentes naturezas e que são de difícil comparação utilizando outras técnicas. A estrutura desenvolvida contemplou a seleção de critérios, a determinação dos pesos dos critérios, o levantamento dos dados de cada tecnologia para comparação, a comparação dos dados das tecnologias dentro de cada critério e, por fim, a determinação da tecnologia mais adequada. Dois grupos de avaliadores foram considerados: pesquisadores especialistas em transporte público e usuários. A segunda etapa consiste em comparar diretamente o desempenho operacional das tecnologias. Foram comparados o tempo de atendimento, a capacidade máxima de atendimento, o tempo de viagem por passageiro e pelo sistema. A avaliação da primeira etapa deu ao TPI uma ligeira vantagem para os dois grupos, o que pode evidenciar a necessidade de se modificar o conceito de transporte público urbano. A avaliação para a segunda etapa demonstrou que o TPI atenderia a demanda numa cidade média com qualidade superior ao ônibus, porém a capacidade de atendimento, na forma apresentada, é inferior ao ônibus. Com base nos resultados, o TPI surge como uma alternativa interessante ao ônibus, porém sofre restrições por conta de seu alto custo de investimento.
Título em inglês
A comparative assessment of transit technologies: bus x personal rapid transit (PRT)
Palavras-chave em inglês
AHP
Personal rapid transit
PRT
Transportation project assessment
Urban public transportation
Resumo em inglês
This work discusses a methodology for the appraisal of new technologies of urban public transportation. The objective is to apply such a methodology to make possible a comparison of different technologies for public transportation. This work also considers the introduction of the personal rapid transit (PRT) in a brazilian medium-sized city as a potential candidate to replace the traditional bus technology. Although not yet a widespread alternative, PRT is a promising transportation technology, given its characteristics of individual transportation and, at the same time, the status of public service. The methodology consists in two steps: the first one uses the well-known technique named analytic hierarchy process (AHP), which has already been extensively used to assess transportation projects that involve different attributes and that cannot be easily compared with other techniques. The framework developed had the following phases: selection of criteria, identification of criteria weights, identification and comparison of the characteristics of each technology under comparison, and determination of the best alternative. Two groups of evaluators were considered in the analysis: experts and regular users of urban public transportation. The second phase is a direct comparison of the operational performance of the technologies under analysis. The analysis was done through the comparison of services times, maximum service capacity, and travel times per passenger and in the entire system. The final outcome of the evaluation has shown a slight advantage to PRT for both groups, what can suggest the need for changing the current view of urban public transportation. The second part of the evaluation has demonstrated that PRT could serve the demand of a medium-sized city with a higher level of service, although with capacity constraints in the case considered. The results suggest that PRT can be an interesting alternative to bus, if not limited by the very high investment costs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MestLHH.pdf (1.62 Mbytes)
Data de Publicação
2007-12-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.