• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.18.2015.tde-02092015-095943
Documento
Autor
Nome completo
Magaly Natalia Pazzian Vasconcellos Romão
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2015
Orientador
Banca examinadora
Ferraz, Antonio Clóvis Pinto (Presidente)
Almqvist, Raquel Alves dos Santos
Larocca, Ana Paula Camargo
Raia Júnior, Archimedes Azevedo
Simões, Anabela dos Santos Aleixo
Título em português
Fundamentos metodológicos para a elaboração de campanhas de segurança viária
Palavras-chave em português
Campanhas de segurança viária
Comportamentos de risco
DBQ-Driver Behaviour Questionnaire
Fatores de risco
Grupos focais
Mortes no trânsito
Projeto CAST
Resumo em português
Neste trabalho foram estabelecidos os fundamentos metodológicos baseados na identificação dos fatores de risco, fatores de risco identificados, necessários na elaboração de campanhas de segurança viária, orientados pelas diretrizes estabelecidas no projeto CAST (Campaigns and Awareness-raising Strategies in Traffic Safety), o qual define a identificação do comportamento-problema gerador de acidentes como elemento essencial na definição do objetivo de cada campanha. Não havendo dados estatísticos consistentes e confiáveis dos quais seja possível extrair esta informação, foi necessário identificar os fatores comportamentais que estão na origem de atos inseguros e que devem ser prioritários na elaboração de campanhas de segurança viária. Para o efeito, foi necessário estabelecer uma metodologia que envolveu a utilização de diferentes instrumentos de coleta de dados com o objetivo de identificar os comportamentos-problema, assim como outros fatores relacionados à infraestrutura e ao meio ambiente que poderiam induzir esses comportamentos. Esta metodologia envolveu a aplicação de Grupos Focais que orientaram a elaboração de um questionário voltado para a identificação dos fatores de risco do sistema viário, comportamentos de risco e opiniões relacionados com os tipos de mensagens de campanhas. Este questionário foi posteriormente aplicado a uma amostra de condutores, juntamente com o DBQ – Driver Behaviour Questionnaire, este orientado para a identificação de comportamentos de risco de cada inquirido. A associação desses dois instrumentos permitiu a identificação de fatores de risco no sistema viário, assim como comportamentais de risco habituais e as preferências dos inquiridos sobre tipos e mensagens de campanhas, bem como meios de mídia. A análise estatística dos dados coletados permitiu identificar os seguintes fatores de risco relacionados à via: (1) más condições da infraestrutura da via, (2) más condições de sinalização, (3) más condições dos veículos que trafegam pelas vias, e (4) interação principalmente com pedestres. Foram ainda identificadas as suas opiniões relativamente a comportamentos-problema dos demais usuários do sistema viário, destacando-se os seguintes fatores: (1) sono, (2) bebidas, (3) drogas e (4) mensagens de texto. Quanto à importância das campanhas, os inquiridos consideram que elas devem: (1) ser dirigidas aos fatores de risco identificados, (2) estar associadas a outras ações como fiscalização e (3) seus resultados devem ser divulgados pelos órgãos de governo. Finalmente, acerca das mensagens das campanhas e tipos de mídia utilizados, os inquiridos consideraram que as mensagens devem: (1) utilizar laços afetivos, (2) ser mais impactantes, (3) conter cenas reais, (4) ter finalidade educativa; e as mídias mais adequadas seriam: (1) televisão, (2) internet (com ênfase às redes sociais) e (3) painéis de mensagens variáveis. Quanto ao questionário DBQ, foram identificados sete fatores comportamentais dos próprios inquiridos com maior peso e relação com atos inseguros: (1) Baixo nível de aptidão, (2) Infração, (3) Distração/Inatenção, (4) Condução agressiva, (5) Baixa consciência da situação, (6) Estresse e (7) Adaptação Comportamental. Esses fatores representam os tópicos prioritários que devem ser trabalhados em futuras campanhas.
Título em inglês
Methodological principles for road safety campaigns elaboration
Palavras-chave em inglês
CAST project
DBQ-Driver Behaviour Questionnaire
Focus groups
Risk factors
Risky behaviors
Road safety campaigns
Traffic fatalities
Resumo em inglês
This research established the methodological principles based on the identification of risk factors necessary for elaboration road safety campaigns, following the guidelines recommended by the CAST (Campaigns and Awareness-raising Strategies in Traffic Safety) project, which defines the identification of main problem behaviors generating accidents as an essential element in the definition of each campaign goal. Since there is no consistent and reliable statistical data proveding this information, it was necessary to identify the behavioral factors that originate unsafe acts and that should be priority in road safety campaigns. In order to achieve this result, it was necessary to establish a methodology involving the use of different data collection tools with the intention of identifying the problem behaviors, as well as other factors related to the infrastructure and environment capable to induce these behaviors. This methodology involved Focus Groups application that directed the elaboration of a questionnaire aiming at a identifing road system risk factors, risky behaviors and opinions regarding the types of campaigns messages. This questionnaire was further applied to a drivers' sample, together with the DBQ Driver Behavior Questionnaire, which was directed to the identification of risky behaviors of each respondent. The association between these two instruments enabled the identification of road system risk factors, as well as common risky behaviors and the respondents' preferences about the types of campaign messages and media means. The statistical analysis of the collected data enabled the identification of the following risk factors related to the road system: (1) poor road infrastructure conditions, (2) poor signing conditions, (3) poor vehicle conditions, and (4) interaction mainly with pedestrians. Opinions about problem-behaviors were also identified, stressing the following factors: (1) drowsiness, (2) drink and drive, (3) drugs and medication effects (4) texting driving. Concerning the campaigns importance, the respondents considered that they should: (1) be directed to identified risk factors, (2) be associated to other actions such as enforcement and (3) have its results published by the government entities. Finally, regarding the campaign messages and the used media types, the respondents considered that the messages should: (1) use affective anchors, (2) be more impactful, (3) contain real scenes, (4) have educative purpose; and the most adequate media would be: (1) television, (2) internet (with emphasis to the social networks) and (3) variable message panels. With respect to the DBQ questionnaire, seven behavioral factors based on the respondents own experience were identified as more important and related to unsafe attitudes: (1) poor fitness to drive, (2) violations, (3) distraction/inattention, (4) aggressive driving, (5) poor situation awareness, (6) stress and (7) behavioural adaptation. These factors represented the priority topics that should be handled in future campaigns.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MAGALYROMAO.pdf (8.04 Mbytes)
Data de Publicação
2015-09-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.