• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2008.tde-02022009-143405
Documento
Autor
Nome completo
Maisa Fonseca de Almeida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2008
Orientador
Banca examinadora
Buzzar, Miguel Antonio (Presidente)
Camargo, Monica Junqueira de
Fujioka, Paulo Yassuhide
Título em português
Revista Acrópole publica residências modernas: análise da revista Acrópole e a sua publicação de residências unifamiliares modernas entre os anos de 1952 a 1971
Palavras-chave em português
Arquitetura brasileira
Modernismo brasileiro
Movimento moderno brasileiro
Residências modernas unifamiliares
Revista Acrópole
Resumo em português
Analisa e interpreta o desenvolvimento de tipologias espaciais e plásticas dentro da produção arquitetônica de residências modernas unifamiliares. Assim como, as soluções de seus ambientes e sua relação com a cidade no contexto dos seus condicionantes históricos, sociais, econômicos, tecnológicos e culturais no quadro da arquitetura brasileira. Questionando e verificando a existência da pertinência de uma tipologia espacial particular no interior do movimento moderno brasileiro que dê sustentação à formulação de uma distinção característica, a qual possui suas próprias particularidades diante do veio mais expressivo do modernismo brasileiro. Para tanto, utiliza como referência, as publicações deste gênero na revista Acrópole, considerada o periódico brasileiro especializado em arquitetura de maior período de funcionamento e publicações no Brasil (maio de 1938 a dezembro de 1971), desde sua mudança editorial, em setembro de 1952, a seu término, em dezembro de 1971. Esta revista sediada na cidade de São Paulo centra-se em expor obras residenciais unifamiliares, em sua maioria, na própria cidade, em um período em que a arquitetura moderna brasileira intensifica o debate sobre a sua produção teórica e prática, e esta cidade encontra-se em pleno processo de crescimento demográfico e desenvolvimento industrial. Diante desta intensificação das ações culturais, conjuntamente às discussões e apreensões em diversas escalas dos ideais de modernização e modernismo, a arquitetura brasileira desenvolve-se, retrabalhando suas dimensões modernas e adquirindo características consideradas particulares, vistas como conformadoras de uma identidade nacional. Por fim, este trabalho busca expor a grande diversidade arquitetônica que caracterizava a arquitetura moderna em São Paulo, verificando distinções divergentes de sua vertente maestra, a partir do momento em que adquire qualidades próprias e singulares da considerada "escola carioca". Esta maior pluralidade arquitetônica a qual se procura verificar explora conjuntamente as novas teorias, as novas características materiais e as possibilidades trazidas pela tecnologia dos novos materiais oferecidos na construção civil. Questões que foram incorporadas com maior pluralidade na arquitetura brasileira do que a simples aplicação de uma nova teoria poderia sugerir, principalmente, no período que antecede a definição de seu modelo reconhecido como hegemônico dentro da arquitetura moderna.
Título em inglês
Acropole magazine publishes modern homes: analysis of Acropole magazine and the publication of modern single homes between the years of 1952 and 1971
Palavras-chave em inglês
Acropole magazine
Brazilian architecture
Brazilian's modernism
Brazilian's modernism movement
Modern single homes
Resumo em inglês
It examines and interprets the development of spatial and plastic typologies in the production of architectural modern single homes. Their environments and relationship solutions related with the city in the context of their historical, social, economic, technological and cultural features as part of a brazilian architecture. Questioning and verifying the existence of a particular typology in the brazilian's modernism movement supporting the formulation of a distinguished feature, which has its own particularities inside the more expressive brazilian's modernism vein. According to the Acrópole magazine, a brazilian periodical specialized in architecture with the longest period of publications in Brazil (May 1938 to December 1971). This magazine based in the city of Sao Paulo focused on publishing single homes works, mainly in that city. This work uses as its reference temporal scale the magazines editorial change, since September 1952 (until December 1971). This period is considered the mainly search of resource in this essay when the brazilian modern architecture intensifies its theoretical and practical production debate. When the city's population was growing and the industrial sector was developing. The intensification of its cultural activities and modernization discussions was incorporated in a different scale of the modernity idea. At the same time the brazilian architecture develops itself working its own dimensions and acquiring modern particular features such as a national identity former. All in all, this essay demands to expose the architectural diversity in the modern architecture in Sao Paulo, verifying distinctions in its mainly slope from the moment it acquires its single and particular features distinguishing itself from the Rio de Janeiros school. Finally, this architectural plurality which this essay verifies explores new theories, guaranteed by new materials features and possibilities brought by the new technology offered in the building system. These issues have been incorporated with more plurality in the Brazilian architecture than a new theorys simple application might suggest, mainly in the previous period of its model recognized as hegemonic in the modern architecture.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
maisa_fonseca.pdf (50.42 Mbytes)
Data de Publicação
2009-09-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.