• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.18.2008.tde-02092008-142518
Documento
Autor
Nome completo
José Antonio Armani Paschoal
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2008
Orientador
Banca examinadora
Sichieri, Eduvaldo Paulo (Presidente)
Azoubel, Reinaldo
Ferreira, Osny Pellegrino
Moraes, Maria Silvia de
Sales, Almir
Título em português
Estudo do tecido urbano, da edificação e do habitat do paciente de hanseníase de São José do Rio Preto-SP
Palavras-chave em português
Aglomerado
Ambiente ocupado
Edificação
Geoprocessamento
Hanseníase
Tecido urbano
Resumo em português
A cidade de São José do Rio Preto com a intensidade de transformação tem-se identificado modificações no meio ambiente e na ocupação demográfica urbana. Muitas têm sido as maneiras de interferência nas condições habitacionais e na saúde pública. Por meio das constantes migrações, originaram-se superpopulações nas periferias da cidade que, em formas desordenadas de habitabilidade, seja por excesso de construções no interior do mesmo lote, ou por invasões de áreas públicas constituindo-se favelas e aglomerados em situação de muita precariedade, forçadas pelo baixo poder aquisitivo. Com decorrer do tempo, os bairros têm sido urbanizados pelo município, porém, com grandes densidades demográficas. O objetivo deste trabalho foi pesquisar os fatores intervenientes da proliferação da hanseníase em relação ao ambiente construído e habitado pelas famílias dos pacientes, identificados por meio do banco de dados do projeto Hansen/FAMERP/CNPq e o retrospecto das suas migrações dos doentes dos últimos dez anos. Estudo descritivo, ecológico onde se aplicou a técnica do geoprocessamento para a localização espaço-tempo de doentes e identificar os aglomerados sendo considerado a concentração de 5 ou mais doentes de hanseníase, tendo como caso-índice, o que apresentou a forma clínica multibacilar (MB) e mais antigo do aglomerado, reconhecido pela data do tratamento. Da residência do caso-índice, foi adotado um raio de abrangência de 300 m. A coleta de dados foi realizada por meio de visita domiciliar com a adoção de um chek list para se analisar as conformidades com o código sanitário do Estado de São Paulo. Buscou-se identificar o número de comunicantes por 'M POT.2' dentro da mesma habitação, participação em centros comunitários ou ambientes de trabalho de longa permanência, a migração, endereços de moradias anteriores nos estados, cidades e bairros, onde os pacientes fixaram residência. A pesquisa demonstrou que as populações mais atingidas pela doença são aquelas consideradas como C e D pelos critérios de valorização do terreno e imóvel em que habitavam, na cidade de São José do Rio Preto, SP; que muitas famílias têm o número de membros aumentados, ou se desdobram em outras, na mesma residência, ou construindo outra de forma contígua, criando os aglomerados familiares dentro de um único terreno; ficou demonstrada pelo teste empregado a tendência de aglomerados de portadores de hanseníase no município; que a maioria das edificações desrespeitavam o código de obras e sanitário; a ausência de profissional ligado à construção civil, assim como o respaldo construtivo aos aspectos de segurança e saúde; que a iluminação, ventilação, insolação, aberturas de caixilhos encontravam-se fora das dimensões mínimas exigidas nos ambientes considerados de longa permanência, assim como suas posições em relação ao sol; que os casos-índices eram residentes da cidade de São José do Rio Preto (autógenos); que os índices urbanísticos, de uma forma geral, foram afetados invadindo-se áreas livres, com características quase semelhantes às das favelas; que a forma de apossar-se do tecido urbano pode ser um dos fatores que tem contribuído para a transmissão; que a continuidade da observação e acompanhamento, dos aglomerados pode facilitar o diagnóstico precoce ou inibir a ocorrência de novos casos.
Título em inglês
Study of the urban tissue of the building and the habitat of the leprosy patients of Sao Jose do Rio Preto-SP
Palavras-chave em inglês
Building
Geoprocessing
Leprosy' patients
Urban tissue
Resumo em inglês
The city of São José do Rio Preto, SP with the transformation intensity has identified modifications in the environment and the urban demographic occupation. Many have been the ways of interference in the habitability conditions and the public health. By means of constant migrations, super populations in the peripheries of the city had originated that, in disordered forms of habitability, either for excess of constructions in the interior of the same lot, or for invasions of public areas consisting slum quarters and accumulations in situation of much precariousness, forced for the low purchasing power. With elapsing of the time, the quarters are urban by the city, however, with great demographic densities. The objective of this work was to search the intervening factors of the proliferation of leprosy in relation to the environment constructed and inhabited for the families of the patients, identified by means of the data base of the Hansen/FAMERP/CNPq project and migrations of the sick people of last the ten years. Descriptive, ecological study where if it applied the technique of the analysis of space-time for the localization space-time of sick people and to identify the clusters. A clusters was considered the concentration of the 5 or sick ones of leprosy, having as case-index, what it presented the clinical form MB and older of the clusters, recognized for the date of the treatment. Of the residence of the case-index, a ray of of 300 m was adopted. The collection of data was carried through by means of domiciliary visit with the adoption of a check list to analyze conformity with the sanitary code of the State of São Paulo. One searched to inside identify the number of household contacts of leprosy for 'M POT.2' of the same habitation, participation in communitarian or surrounding centers of work of long permanence, the migration, addresses of previous housings in the states, cities and quarters, where the patients had fixed residence. The research demonstrated that the populations more reached by the illness are those considered as C and D for the criteria of valuation of the land and property where they inhabited, in the city; that many families have the number of increased members, or if they unfold in others, in the same residence, or constructing another one of contiguous form, creating the familiar clusters inside of an only land; she was demonstrated for the employed test the trend of clusters of carriers of leprosy in the city; that the majority of the constructions disrespected the code of workmanships and bathroom; the absence of on professional to the civil construction, as well as the constructive endorsement to the aspects of security and health; that the illumination, ventilation, insolation, openings of window met outside of the demanded minimum dimensions in considered environments of long permanence, as well as its position in relation to the sun; that the case-indices were resident of the city; that the urban indices, of one form generality, had been affected invading free areas, with almost similar characteristics to the ones of the slum quarters; that the form to possess itself of the fabric urban can be one of the factors that have contributed for the transmission; that the continuity of the comment and accompaniment, of the clusters to facilitate diagnosis it precocious or to inhibit the occurrence of new cases.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TESE_PASCOAL.pdf (5.34 Mbytes)
Data de Publicação
2008-09-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.