• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2007.tde-10122007-094825
Documento
Autor
Nome completo
Alessandra Aparecida de Freitas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2007
Orientador
Banca examinadora
Oliveira Neto, José Dutra de (Presidente)
Escrivão Filho, Edmundo
Viana, Adriana Backx Noronha
Título em português
Aplicação dos estilos de aprendizagem na formação de equipes: um estudo de caso
Palavras-chave em português
Aprendizagem cooperativa
Ensino de engenharia
Estilos de aprendizagem
Trabalho em equipe
Resumo em português
Este trabalho tem como principal objetivo observar e analisar qual a influência dos estilos de aprendizagem, ou seja, as diferentes preferências por perceber e processar as informações, na formação de equipes de alto-desempenho (todos os membros integrantes da equipe estão comprometidos com a aprendizagem do outro visando alcançar índices elevados de desempenho em uma disciplina ou atividade proposta). Com intuito de atingir o objetivo proposto foram aplicados os inventários de Felder e Silverman (1988) e o de Keirsey e Bates (1984) em uma amostra de 53 alunos de alunos do primeiro e do quinto anos de graduação do curso de engenharia de produção mecânica, da Universidade de São Paulo - USP/São Carlos. A partir da análise dos dados coletados buscou-se traçar um perfil dos estilos de aprendizagem (dominantes) desses estudantes e correlacioná-los com a utilização do trabalho em equipe em três diferentes formações (aleatória, homogênea e heterogênea) como estratégia educacional objetivando melhorias no ensino/aprendizagem de graduação, segundo os preceitos estabelecidos pela teoria. Além disso, foi realizada revisão bibliográfica que abrangeu estudos sobre os estilos de aprendizagem e as técnicas do trabalho em equipe, seus benefícios e dificuldades. Com isso, foi possível observar e analisar as influências do conhecimento dos estilos de aprendizagem na formação das equipes tendo como parâmetro o desempenho dos alunos na disciplina abordagens para a identificação e solução de problemas em engenharia de produção. A pesquisa é caracterizada como exploratória e descritiva, por realizar descrições da situação, visando descobrir as relações (influências) existentes entre os elementos componentes da mesma, e por explorar o assunto anteriormente citado. Para a pesquisa teórico-empírica, aplicou-se na coleta de dados alguns questionários, os quais buscou verificar a percepção dos integrantes em relação a formação das equipes e a delegação de papéis. Com base nesses resultados foi possível realizar a análise e correlação entre as variáveis investigadas. De modo geral, observou-se nos resultados que, o conhecimento dos estilos de aprendizagem facilitou a formação das equipes uma vez que o auto-conhecimento propiciado pelos testes permitiram maior compreensão das dificuldades de algumas equipes e uma conseqüente intervenção de discentes e docentes visando maior aproveitamento e maior desempenho na respectiva disciplina.
Título em inglês
Application of the learning styles in team formation: a study of case
Palavras-chave em inglês
Cooperative education
Engineering education
Learning styles
Team work
Resumo em inglês
This assignment has as main aim to remark and analyse what is the influence of the learning styles, in other words, the different preferences by noticing and processing the information, in the high-performance teams formation (all the integrated members of the team are committed to the other´s learning, aiming to reach high levels of performance in a subject or proposed activity). With the sense of reaching the proposed aim Felder and Soloman (1988)´s inventories were put into practice and the Keirsey and Bates (1984)´s in a sample of 53 students from the first and fifth grades students of the mechanical production engineering course, from USP- Sao Carlos. From the collected data analysis on, there was an attempt to draw up a profile of the learning styles (dominant) of these students and to correlate them with the usage of the team work in three different formations (randomly, homogeneous and heterogeneous) with educational strategy aiming improvements on teaching/learning, according to the rules established by the theory. Besides, a wide bibliographical review was carried out which included studies about the learning styles and the team work techniques, their benefits and difficulties. So, it was possible to observe and analyze the influences of the knowledge of the learning styles in the teams formation using as a parameter the students´performance on the subject approaches to the problems identification in mechanical production engineering. The research is characterized as exploratory and descriptive, by doing situation descriptions, aiming to find out the existing relations (influences) among the component members of it, and by exploring the previously quoted matter. For the theoretical-empirical research, some questions were put into practice in the data collection, where there was an attempt to check the participants perception in relation to the teams formation and roles delegation. Considering these results it was possible to do the analysis and correlation among the researched variables. As a general rule, it was noticed in the results that, the knowledge of the learning styles eased the teams formation once the self- knowledge given by tests allowed bigger difficulties comprehension of some teams and a consequent pupil and docent intervention aiming a wider use and higher performance in the respective subject.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
mestrado3FINALparte1.pdf (273.04 Kbytes)
Mestradoparte3.pdf (31.27 Kbytes)
Data de Publicação
2007-12-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.