• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.18.2008.tde-26052009-110046
Documento
Autor
Nome completo
Domingos Sávio Barbosa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2008
Orientador
Banca examinadora
Espíndola, Evaldo Luiz Gaeta (Presidente)
Bellin, Iramaia Corrêa
Fonseca, Ana Lúcia
Melão, Maria da Graça Gama
Rodgher, Suzelei
Título em português
Análise da interação entre substâncias húmicas e xenobióticos através de estudos ecotoxicológicos: propostas para a geração de tecnologias de detoxificação aquática
Palavras-chave em português
Avaliação de risco solo e água
Detoxificação
Ecotoxicologia
Substâncias húmicas
Resumo em português
Este estudo teve como objetivo avaliar a interação entre substâncias húmicas e xenobióticos através de estudos ecotoxicológicos. O principal foco foi avaliar a resposta entre diferentes níveis tróficos em organismos aquáticos (fitoplanctônicos, zooplanctônicos, peixes e macroinvertebrados bentônicos) e terrestres (vegetais superiores, insetos e anelídeos) avaliando os efeitos diretos e indiretos das SH e de sua mistura com xenobióticos sobre os organismos. O reconhecido efeito das SH aumentarem ou reduzirem o efeito tóxico de algumas substâncias foi estudado. Os principais pontos para discussão são: a) SH podem reduzir ou estimular o crescimento algal (P. subcapitata); b) A presença de SH podem proteger os organismos contra efeitos tóxicos de metais, no entanto, a presença de Cd/Cu afeta negativamente o crescimento de C. xanthus. d) Em uma análise integrada de processos de remediação solo/água, a presença de SH afetou negativamente ou positivamente os efeitos tóxicos da atrazina em alguns organismos. A significância das SH como tecnologia é discutida.
Título em inglês
Study of humic substances and xenobiotics interaction using ecotoxicological studies: aquatic detoxification technologies purposes
Palavras-chave em inglês
Detoxification
Ecological risk assessment
Ecotoxicology
Humic substances
Resumo em inglês
This study focuses the interaction of humic substances and xenonbiotics, throw ecotixicological studies. The main point was quantify and qualify the ecotoxicological responses of several throphic levels of freshwater (algae, zooplankton, fishes and benthic organisms) and soil organisms (higth plants, insects and annelids) analyzing the direct and indirect effects of humic substances (HS) and their mixture on organisms. The recognized ability of HS on improve or reduce the toxic effect of same substances has been studied. The main points of discussion are: a) humic can be both reduce or stimulate the algal growth (P. subcapitata); b) The presence of HS can be protect aquatic organisms to negative effects of metals. However, the presence of mixture of Cd/Cu affect negatively the growth of C. xanthus; d) In a integrated analysis of remediation process in soil/water microcosm, the presence of HS displayed negative or positive effects on atrazine toxicity for some organisms. The value of humic technology was discussed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-06-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.