• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.18.2015.tde-16112015-095604
Documento
Autor
Nome completo
Priscila Rodrigues Gomes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2015
Orientador
Banca examinadora
Fernandes, Valdir (Presidente)
Coutinho, Sonia Maria Viggiani
Hanai, Frederico Yuri
Ometto, Aldo Roberto
Sampaio, Carlos Alberto Cioce
Título em português
Estrutura analítica sistêmica na seleção de modelos de avaliação de sustentabilidade: uma proposta com base no caso do etanol de cana-de-açúcar no estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Abordagem sistêmica
Avaliação de sustentabilidade
Critérios de avaliação
Energia
Etanol de cana-de-açúcar
Modelos de avaliação
Políticas públicas
Redes
Resumo em português
Dentre as fontes renováveis de energia, os biocombustíveis têm apresentado amplo destaque como alternativa sustentável e potenciais substitutos aos combustíveis fósseis, e são vistos por muitos decisores políticos e cientistas como recursos de baixo impacto ambiental e de boa rentabilidade econômica. No Brasil o biocombustível que tem apresentado maior destaque tem sido o etanol da cana-de-açúcar. Entretanto, existem questionamentos sobre sua produção e consumo. De um lado ocorrem ganhos pelo fato desta ser uma atividade energética renovável, mas por outro lado, observa-se a ocorrência de degradações sociais e ambientais, derivadas da monocultura extensiva, bem como, problemas econômicos de instabilidade de mercado. Ademais, é importante considerar a existência de uma rede de atores políticos, técnicos e de consumidores relacionados ao processo de tomada de decisão, processos econômicos e às questões sociais e ambientais. Estes agentes podem influenciar de forma direta e/ou indireta no futuro da cana-de-açúcar no Brasil. A interação entre estes vários elementos torna complexa a realidade do setor e potencializa as várias preocupações sobre a evolução da atividade. Desse modo, postular a sustentabilidade como uma característica fundamental para a atividade, tem se apresentado como um difícil, porém importante desafio. Um dos aspectos essenciais para responder a estes desafios, é a avaliação de sustentabilidade. Porém muitas das ferramentas de avaliação possuem limitações em contemplar critérios de sustentabilidade de maneira sistêmica. Com a gama de opções existentes, a decisão pela adoção de métodos de avaliação de sustentabilidade também se apresenta complexa, já que cada ferramenta "abraça" uma visão especifica de mundo, de sustentabilidade, de valores, de acordo com suas teorias, abordagens e conceitos. Nesse sentido, esta tese se concentrou na pergunta sobre como estas questões de complexidade são consideradas no processo de seleção dos modelos de avaliação, bem como, de que forma estes modelos são escolhidos e, assim propôs, por meio da elaboração de procedimentos e critérios sistêmicos, uma estrutura analítica de seleção de modelos e/ou ferramentas de avaliação de sustentabilidade. Para tanto, a pesquisa: utilizou-se do arcabouço teórico da teoria geral de sistemas e da avaliação de sustentabilidade; realizou uma análise contextual e identificou pontos de intervenção para o sistema e a complexidade envolvida na temática do etanol de cana-de-açúcar; identificou pontos críticos envolvidos nos processos de operacionalização do conceito de sustentabilidade e sua avaliação e, levantou atributos necessários a elaboração dos critérios sistêmicos. Por fim, a pesquisa concluiu que não se observa uma adequada aderência entre os modelos de análise e sua seleção, prejudicando a operacionalidade da sustentabilidade e sua avaliação. Com tal estrutura é possível fornecer subsídios ao processo de tomada de decisão e à formulação e/ou avaliação de políticas públicas voltadas à para a sustentabilidade do setor.
Título em inglês
Systemic analytical framework in selecting sustainability assessment models: a supporting proposal to the sugarcane ethanol case from São Paulo state
Palavras-chave em inglês
Energy
Ethanol from sugar cane
Evaluation criteria
Evaluation tools
Networks
Public policy
Sustainability evaluation
System approach
Resumo em inglês
Amongst the renewable energy sources, the biofuels have presented extent prominence as a sustainable alternative, ever since they present themselves as potential substitutes to fossil fuels and have been considered, by many policy makers and scientists, as low environmental impact and good economic profitability resources. In Brazil, the sugarcane ethanol is the biofuel which has had greater highlighting. However, there are some discussions about its production and consumption. On the one hand gains occur since the pollution decline and on account of ethanol is a renewable energy. On the other, it is observed the occurrence of social and environmental degeneration derived from extensive monoculture, as well, market instability. Furthermore, it is important to consider the existence of political, technical and consumer's network related to the decision making process, and economic, social and environmental issues. These agents can influence directly and /or indirectly in the future of sugarcane in Brazil. The interaction among this range of elements complicates the ethanol industry's reality and enhances the concerns about the activity evolution. Thus, postulating sustainability as a essential feature for the activity has emerged as a difficult but important challenge. One of the key aspects to respond to these challenges is the sustainability assessment. But many of assessment tools have limitations in contemplating systemically sustainability criteria. With the range of options available, the adoption decision of sustainability assessment methods also affords complexity, seeing that each tool "embraces" a world vision, sustainability, values, according to their theories, approaches and concepts. In this sense, this thesis focused on the question of how these complex issues are considered in the selection of valuation models process as well as how these models are chosen and proposed, by the development of systemic procedures and criteria, composing an analytical framework for model selection and/or sustainability assessment tools. Hence, for the search: were used the theoretical framework of the general theory of systems and evaluation of sustainability; was conducted a contextual analysis and identified intervention points for the system and complexity of sugarcane ethanol, identified critical issues involved in the implementation process of the sustainability concept and its assessment, and was ranked attributes required to systemic criteria. Finally, the research concluded that there hasn´t been an adequate linkage between the analysis models and their selection, harming the operational sustainability and evaluation. By such a structure can provide input and contribute to the decision-making process and the formulation and/or evaluation of public policies aimed for the sector's sustainability.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-11-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.